30 de mai de 2011

PR: VOCÊ SABE PARA O QUÊ SERVE UM ASSESSOR MILITAR?

Quem sabe o nosso assessor militar da SESP - TC Péricles - agora consiga o pagamento da PEC 64. 

Tantos policiais presentes e sempre o PM serve de capachão.

VÍDEO: DISFARÇANDO UM TIROTEIO

fonte: youtube

Durante uma aula para crianças, um tiroteio começa a ocorrer nos arredores da escola: a professora manda os infantes se deitarem no chão, mas em vez de desesperá-los com a violenta realidade, simula uma brincadeira, e todos começam a cantar e se divertir com a pró. 

Paciência brilhante da educadora, que é professora no México.

PR: A CRISE NA SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO E ALGUNS ESCLARECIMENTOS DA EC 29


Apesar do clima tenso vivido entre o Governo e as polícias, o discurso sustentado pelo governador do estado é de passividade, como costumeiramente ocorre em situações do tipo em outras unidades da federação. 


“Nem mesmo 20 anos, o equivalente a cinco mandatos, seriam suficientes para o Governo de Minas resolver todos os problemas enfrentados pelas forças de segurança do Estado”, disse o secretário de segurança pública.


Naturalmente, nada se resolve de uma hora para outra, isto é sabido por todos. 

A grande curiosidade é: o que está sendo ou o que será feito para iniciar a evolução? 
Neste ponto o silêncio (ou a falácia) impera.

E o mais preocupante é que o próprio governador que antes das eleições visitava todos os batalhões e associações, agora se mantém distante e não mostra nenhuma instenção de mudar o quadro ou pelo menos se posicionar a respeito do assunto.

Mais especificamente a PEC 64 ou EC 29, aqui eu gostaria de deixar minha opinião em alguns pontos, que estão em discussão no mural de recados:

1) Posso entrar com o mandado de segurana para o pagamento da EC 29?
Companheiros não vamos cair na lábia de alguns advogados metidos a espertos, que só querem se prevalecer da inocência e desespero dos amigos milicianos. Com a aprovação da EC 29, a mesma definiu um prazo de 180 dias para o governo promulgar uma lei, aonde constaria os valores e a forma da implantação do subsídio.

Portanto não existe possibilidade alguma, de algum juiz, definir o pagamento da EC 29, pois não há valores definidos nela, tudo depende de uma lei complementar. Não caia no conto do vigário com advogados de porta de cadeia.

2) Os Oficiais já estão recebendo o subsídio?
Não, ninguém esta recebendo ou está ganhando na justiça o direito de receber por subsídio.

3) O governador teria informado o Dep. Prof. Lemos para o pagamento do subsídio apartir de setembro?
Toda essa história de que o Dep. Prof. Lemos teria passado pelo QCG e dito sobre o pagamento do subsídio apartir de setembro em 12x é uma tremenda mentira.

Até agora não existe nenhuma informação por parte do governador sobre o subsídio e o mesmo foge do assunto com o diabo foge da cruz.

4) O Cel. Furquim foi convidado para participar do governo Beto Richa?
Essa informação eu não consegui resposta, mas vamos analisar um a pequena situação aqui. Se for verdade que o Cel. Furquim foi convidado para participar do governo, será que ele realizaria um jantar e convidaria o ex-governador para participar.

Acredito que não, é verdade que a AMAI não faz nada pelos Praças da PMPR, mais nessa o Cel. Furquim não tem culpa(pelo menos é o que acho!).

5) Caso o governodor não cumpra com a EC 29, pode ser pedido o Impeachement?
Nesse caso não sou nenhum perito, e lendo a CE do PR achei algo bem interessante e só depende dos deputados.

CONSTITUIÇÃO ESTADUAL DO PARANÁ

 
 
...

...
 

MG: INSATISFAÇÃO NAS POLÍCIAS DE MINAS GERAIS

fonte: danillo ferreira

O ambiente corporativo das polícias de Minas Gerais não são dos melhores. Enquanto a Polícia Civil se mantém em greve, reivindicando melhoria salarial e incremento do efetivo, a Polícia Militar se mobiliza objetivando conseguir o piso salarial de R$4.000,00, exigindo que a promessa feita pelo governador eleito durante a campanha seja cumprida.

No último dia 25 de maio, representantes da categoria policial militar se reuniram com prepostos do Governo, que prometeu anunciar até o dia 08 de junho uma proposta de reajuste para os PM’s. A reunião ocorreu após os policiais militares realizarem uma belíssima manifestação com milhares de participantes nas ruas de Belo Horizonte, demonstrando a força e a união da categoria. O tom utilizado pelo vereador Cabo Júlio, um dos líderes da mobilização, num vídeo em que fala sobre a reunião com o Governo, dão conta do clima das reivindicações:

PEC 300: POLICIAIS E BOMBEIROS APELAM À FIFA E AO COI

fonte: danillo ferreira


Cansados de apelar às autoridades brasileiras, que se utilizam dos mesmos discursos e práticas para adiar a votação da Proposta de Emenda Constitucional nº 300, a PEC 300, que estabelece o Piso Salarial Nacional para os policiais brasileiros, os policiais e bombeiros do Brasil resolveram provocar o Presidente da FIFA (Fédération Internationale de Football Association) e do COI (Comitê Olímpico Internacional) denunciando as situações em que se encontram as polícias brasileiras.

Um modelo de abaixo-assinado está sendo compartilhado em várias redes sociais, para que policiais imprimam e recolham assinaturas de colegas, familiares e conhecidos, visando remeter o maior número de assinaturas possível ratificando a seguinte situação:


O modelo acima se refere ao Rio de Janeiro, podendo ser adaptável a cada estado da federação. Trata-se duma iniciativa inteligente e plenamente legal de reivindicação, que pode fazer com que os presidentes das entidades desportivas influenciem os legisladores brasileiros e os governos a se empenharem na aprovação da PEC.

Segundo vem sendo divulgado nos blogs e comunidades, em momento oportuno será anunciado o modo de reunir todas as assinaturas recolhidas no Brasil. Para baixar o modelo do documento clique aqui e aqui. É mais uma frente na luta pela PEC 300. Boa sorte a todos nós!

ACERTE O CARA COM O MOUSE

Clique no link e será direcionado para a página da brincadeira.

Muito criativo e interessante!

Self Control Freak

29 de mai de 2011

PR: MARIDO ABANDONADO FAZ CUNHADA DE REFÉM, EM ARAUCÁRIA. FORAM 3 HORAS DE NEGOCIAÇÃO

fonte: rádio banda b

Um sequestro ocorrido durante a noite desta sexta-feira (27), por volta das 21h45, em Araucária, durou mais de três horas. Um homem, inconformado em ser abandonado pela esposa, sequestrou a própria cunhada, quando estavam abastecendo um veículo no posto de gasolina Palomar, localizado na Rua Pedro de Alcântara Meira, no bairro Fazenda Velha.

Segundo informou o capitão Anderson Puglia, do COE (Comandos e Operações Especiais), o sequestrador, Adenilton Rodrigues de Souza (32), teria tentado estuprar a cunhada e, por este motivo, a esposa dele teria o abandonado, saindo de casa. “Inconformado, ele pegou a cunhada como refém, foi até o bar onde estava a esposa. Lá ele pegou o seu cunhado, também como refém, que é o dono desta Parati. Ele, a esposa e os cunhados vieram até aqui no posto de gasolina”, contou o capitão.

Ao chegaram ao posto Palomar, pararam a Parati para reabastecer e saíram do veículo. Durante o abastecimento, os frentistas do posto notaram que um dos ocupantes da Parati estava armado. Os funcionários do posto se esconderam e acionaram rapidamente a Polícia Militar. Em instantes uma viatura do 17º Batalhão chegou ao local e já encontrou o indivíduo armado. Foi então que Adenilton rendeu com uma arma a própria cunhada e a levou para dentro do veículo. “A polícia veio até o local com uma denúncia de que seria um assalto ao posto de gasolina, chegando aqui verificaram que era uma situação de refém. O 17º Batalhão acertadamente isolou o local, e chamou a unidade especializada”, explicou o capitão Puglia.

Policiais militares do COE (Comandos e Operações Especiais) chegaram rapidamente ao local e assumiram as negociações. De acordo com Anderson Puglia, o seqüestrador pedia que a esposa também viesse para dentro da Parati. “Ele estava bastante confuso. Ele pedia a presença da esposa no local. A técnica de negociação determina que a gente não traga uma pessoa, principalmente na condição de vítima. Nós temos no BOPE negociadores profissionais, temos o grupo tático, temos todas as alternativas táticas para resolução de uma crise como essa. E foi isso que foi utilizado hoje, para resolver o caso”, disse Anderson.

Ainda segundo o capitão Puglia, a negociação foi demorada. “No início da negociação ele não se mostrou disposto a se entregar. Então, com as técnicas de negociação, conseguimos convencê-lo a se entregar É lógico que isso demanda tempo”, comentou o capitão.

O sequestrador foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Araucária. A Rádio Banda B transmitiu ao vivo, dentro do Jornal da Banda B, por mais de duas horas, todos os fatos que movimentaram o sequestro. O desfecho do caso, ocorreu perto da 0h20, já no início da madrugada deste sábado (28).

MA: ASSALTANTE EM FUGA ROUBA VIATURA DA PM EM SÃO LUÍS

fonte: o globo

Um assaltante fugiu em viatura da Polícia Militar, na Rua do Outeiro, no centro de São Luís, após trocar tiros com policiais militares, nesta quarta-feira. Segundo informações da rádio Mirante AM, o criminoso e um comparsa roubaram R$ 10 mil reais de José de Ribamar Cardoso Lima, de 53 anos, dono de uma funerária.

A vítima, que havia acabado de sacar a quantia, foi perseguida pela dupla em uma moto e abordada na imediação da Praça da Bíblia. Dois policiais militares foram acionados pelo empresário e saíram em perseguição dos criminosos até baterem na moto utilizada pela dupla.

Após o acidente, um dos criminosos, identificado Maurício Castro Reis, foragido do estado do Piauí, foi preso e conduzido para a delegacia de Roubos e Furtos. O outro trocou tiros com os PMS e, mesmo baleado, conseguiu pegar a viatura da Polícia Militar, aproveitando que a chave estava na ignição.

A viatura foi abandonada pelo criminoso no centro da capital maranhense. Policiais estão à procura do fugitivo.

RJ: DISCUSSÃO ENTRE POLICIAIS TERMINA COM A MORTE DE AMBOS NO RIO

fonte: último segundo

Os dois eram parentes e faziam compras quando começaram a briga, que acabou em troca de tiros.

Uma discussão entre um policial civil e um militar terminou com a morte dos dois ontem à noite no Bangu Shopping, na zona oeste do Rio. Segundo a polícia, eles começaram a discutir dentro de uma da loja de material de construção, por volta de 21h40. Os dois estavam armados, e a mulher de um deles ligou para o 190. Logo depois, chegaram dois policiais do 14º Batalhão da Política Militar (Bangu).

O policial civil, que seria um inspetor da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (Polinter), identificado apenas como Gilmar, teria sacado a arma e atirado na cabeça do segundo sargento, Tony, que trabalhava no Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). Um dos militares acionados para atender a ocorrência teria então revidado e atirado contra o policial civil.

Houve pânico e correria entre os clientes, e a loja foi fechada. Os dois baleados foram levados para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, também na zona oeste, mas não resistiram aos ferimentos.

O caso foi encaminhado à Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil. Segundo os agentes de plantão neste domingo, o caso será repassado amanhã a uma equipe que vai dar início às investigações. Segundo a polícia, o inspetor e o sargento seriam casados com duas irmãs, mas ainda não há informações sobre o que teria provocado a discussão.

27 de mai de 2011

HUMANIZAÇÃO DA TROPA

Humanizar é o verbo aplicado a todos os que trabalham diretamente com a sociedade, promovendo cidadania e respeito.

No entanto, os profissinais de segurança pública militares são desrespeitados.

Enumeramos alguns direitos que contemplam qualquer trabalhador, exceto os policiais militares do Brasil:

1- Adicional Noturno;
2- Adicional de Insalubridade;
3- Definição de carga horária semanal de trabalho (pelo menos conforme a CF/88, determina);
4- Prisões disciplinares;
5- Cerceamento da ampla defesa e contraditório, julgado apenas por um FATD (Formulário de Apuração de Transgressão Disciplinares);
6- Transferências sem nenhum critério definido, sendo que para a administração pública existe apenas dois modos de transferência: ex officio (necessidade de serviço) ou interesse próprio;
7- Progressão na carreira deficiênte, pois não atende aos anseios da tropa e nem mesmo respeita o tempo de serviço na graduação de cada profissional;
8- Disparidades salariais entre Policiais Civis e Militares, desmotivando e desvalorizando o trabalho realizado pelo militares, pois realizam 3/4 do ciclo completo de policiamento (preventivo, repressivo e ostensivo) faltando apenas somente o investigativo que é realizado de maneira excepcional pelo serviço reservado da PM, enfim.

Estes são alguns pontos que devem ser questionados, revisados e reparados antes que causem ainda mais desaminos e comprometa o sistema de segurança cidadã que visa a promover uma sociedade ainda mais HUMANA por aqueles que se comprometaram a fazer uma segurança pública de qualidade.

CORRA QUE A POLÍCIA VEM AÍ!

fonte: amauri oleron

Uma lição de hipocrisia popular e oficial, se eles (os PMs) tivessem chegado mais rápido à escola em Realengo, a notícia seria assim...

Dia 07 de abril de 2011 às 08h, policiais ao passar em frente a Escola Tasso de Oliveira no bairro Realengo-RJ, foram informados por um funcionário sobre a entrada de um elemento suspeito e armado. Os policiais imediatamente entraram na escola. Segundo informações do policial (sargento da PM Márcio Alves) o suspeito foi abordado quando este estava prestes a entrar em uma das salas de aula. Ao ouvir o chamado do policial, o elemento sacou uma arma da cintura. Imediatamente o policial atirou na direção do mesmo ferindo-o mortalmente. O barulho do disparo provocou pânico nas salas de aulas e no corre-corre alguns alunos sofreram contusões leves devido a choques com as carteiras escolares e em outros alunos.

A direção da escola e professores protestaram contra ação precipitada do policial que disparou a arma num ambiente escolar levando risco as crianças.

Ouvida pela imprensa, uma professora declarou não ter ouvido a ordem do policial ao rapaz antes do disparo e que o rapaz (Wellington Menezes, de 23 anos) tinha sido estudante da escola e era conhecido por alguns estudantes e professores da escola. O jovem assassinado pelo policial era morador da comunidade e segundo os vizinhos era um rapaz calmo, de poucos amigos, trabalhava e frequentava uma igreja local. O vigilante da escola disse que o rapaz o tinha informado que estava na escola para dar uma palestra sobre segurança, porém a direção da escola não confirmou o agendamento dessa palestra. O rapaz assassinado era órfão, morava só e tinha apenas uma irmã adotiva que mora em outra residência. O líder comunitário local se disse indignado pela ação truculenta e irresponsável da polícia que tem dirigido a classe pobre e negra da comunidade as consequência brutais do seu despreparo. A irmã de Wellington entrou hoje com uma ação indenizatória pelo assassinato do único irmão. Disse ainda que a ação não se justificava pelo dinheiro e sim pelo protesto perante a justiça da perda de seu ente querido. A OAB e entidades de Direitos Humanos estão articulando ações para responsabilizar o policial bem como a cúpula da Polícia Militar pelo episódio. A polícia Militar informou que os três policiais que participaram da ação foram afastados do serviço externo e o policial que efetuou o disparo prestará depoimento ao tribunal militar e após julgamento, o policial poderá ser punido com advertência, suspensão, prisão ou expulsão, conforme previsto no código militar. A cúpula da Polícia Militar lamenta o ocorrido e ressaltou o esforço que tem desprendido em treinamento baseado em cursos, palestras e práticas, no sentido de prover o policial da qualificação que a população exige e merece receber do seu pessoal. Em secção conjunta da Câmara dos Deputados e Senado, políticos da situação e oposição cobraram do Ministério da Segurança uma posição mais enérgica na cobrança a Polícia Militar da redução do índice de violência promovida pelo órgão, cujo documento encerra com a frase: “ afinal, eles são remunerados para dar segurança a população.”.

26 de mai de 2011

PR: RONE PRENDE DUPLA COM DROGAS E PRODUTOS FURTADOS

fonte: paraná online

Anderson e Paulo estão na delegacia do Alto Maracanã.
 Drogas e produtos furtados levaram dois suspeitos para a cadeia no início da tarde de ontem. Policiais militares da RONE prenderam Paulo César Rosa, 42 anos, e Anderson Evangelista da Silva, 28, e os encaminharam à delegacia do Alto Maracanã, em Colombo.

As prisões aconteceram por que o dono de um mercado arrombado recebeu denúncias sobre a localização de um dos produtos levados. O suspeito do arrombamento é conhecido como “Baiano”, mas quem foi preso foi Paulo, que mora na casa da frente. Ele foi detido na Rua da Gabirobeira, Jardim das Graças, com nove buchas de maconha e a bateria automotiva furtada do mercado.

Oferta

Paulo já foi preso várias vezes e ofereceu drogas e dinheiro para não ser levado novamente para o sistema penitenciário. Fingindo concordar com a negociação, a equipe encaminhou o suspeito até um ferro-velho na Rua José de Alencar, Alto Maracanã.

No endereço, Anderson foi preso com 32 quilos de maconha, mais de R$ 3 mil, uma balança de precisão e objetos que podem ter sido roubados ou furtados. A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, corrupção e receptação.

BR: "A PM PODE FAZER GREVE....SALÁRIO MIXO JUSTIFICA A GREVE DA PM", DIZ LULA

fonte: agência folha


"A PM pode fazer greve. Minha tese é que todas as categorias de trabalhadores que são consideradas atividades essenciais só podem ser proibidas de fazer greve se tiverem também salário essencial."

"Se considero a atividade essencial, mas pago salário mixo, esse cidadão tem direito a fazer greve. Na Suécia, até o Exército pode fazer greve fora da época de guerra", disse.

PR: EX-COMANDANTE DA PM É DENUNCIADO POR CORRUPÇÃO

fonte: janaina monteiro

O capitão e ex-comandante Polícia Militar de Castro, Campos Gerais, Alberto Sérgio Plocharski foi denunciado nesta semana por receber propina e desviar dinheiro da corporação.

A ação civil pública por ato de improbidade foi apresentada pela Promotoria de Justiça de Castro contra o policial e seu filho Sérgio Luiz Plocharski, além de duas empresas.

O coronel ocupou o comando da unidade entre 2006 e 2007 e também foi alvo de inquérito policial-militar. Em nota à imprensa, o Ministério Público afirmou que foram apuradas ilegalidades, como abastecimento de carros particulares às custas da corporação e superfaturamento de gasolina. Segundo a denúncia, o sócio do posto foi conivente com as fraudes.

Guincho

A promotoria ainda apurou que o capitão, em troca da exclusividade para guinchar os carros apreendidos em blitze,recebia parte do arrecadado pela empresa. Além disso, o PM é acusado de desviar alimentos do batalhão da PM e usar viaturas para fins particulares (inclusive permissão dada ao filho do capitão para dirigir sem habilitação). Se condenado, o capitão poderá ser afastado da função pública, pagar multa e devolver os valores desviados.

24 de mai de 2011

PR: TIROTEIO ENTRE A RONE E BANDIDOS ATERRORIZA O UMBARÁ

fonte: paraná online


Quatro homens foram presos e um morreu baleado após intensa troca de tiros com a polícia, na noite de quinta-feira, no Umbará. A quadrilha estava num Gol. Após dez minutos de perseguição e confronto com policiais, eles abandonaram o veículo e invadiram casas entre as ruas Profeta Elias e Isaías. Três revólveres foram apreendidos com os suspeitos.

De acordo com o capitão Fernando, Comandante da 1º Cia de RONE, pertencente ao Batalhão de Operações Policiais (Bope), por volta das 20h20, uma equipe do 13.º Batalhão da PM tentou abordar o Gol placa LXR-0370, ocupado pelos cinco suspeitos, na Rua João Amadeu Pedro Bom, Tatuquara. Houve troca de tiros e a equipe perdeu o carro de vista.

Cerco

Logo em seguida, policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) localizaram o veículo. Cercado por viaturas da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), Bope e do 13.º BPM, os bandidos abandonaram o carro no final da Rua Profeta Elias, que é sem saída. Um deles permaneceu dentro do Gol, atirando contra os policiais. “Contamos 12 tiros feitos de dentro para fora do carro”, disse o capitão.

Os comparsas invadiram uma residência para roubar o carro da família. De acordo com o capitão, os marginais foram violentos e deram um chute no rosto do morador, que foi medicado no local.

A polícia cercou a região e os bandidos escalaram muros e telhados das casas, assustando a vizinhança. Uma mulher disse que um dos marginais ficou no telhado de sua casa e quase desceu pelo forro. “Os policiais me mandaram ficar dentro de casa. Eu me joguei em cima da minha filha”, disse a mulher, apavorada.

Morte

Durante o confronto, um dos marginais, identificado como Arildo Bernardino Teixeira, 35 anos, foi atingido e morreu dentro da ambulância do Siate. Outros quatro foram presos e encaminhados ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) com as armas apreendidas.

No local, eles foram identificados como Ariel Colaço Cortes, Cleverson Ribeiro Nunes e Diego Caetano da Cruz, o “Cipó”, 27 anos e seu irmão Carlos, de 19 anos.

De acordo com o capitão, as primeiras informações são que um deles seria foragido da Lapa, outro da Colônia Penal Agrícola, de Piraquara, e um terceiro teria passagem por homicídio.

PR: GUARDAS MUNICIPAIS DE SJP SE APRIMORAMNA SWAT EM DALLAS

fonte: fábio campana

Dois guardas municipais de São José dos Pinhais participaram por uma semana da Conferência Internacional da SWAT, no início de maio, em Dallas (EUA). A Guarda Municipal da cidade é a primeira do Brasil a participar da conferência da polícia de elite norte-americana.

Os agentes Ricardo Kusch e Everson Marcos Gomes da Cunha realizaram aprimoramento em temas como pistola tática, tiro de fuzil, arrombamento tático, resgate de reféns e entradas táticas em baixa luminosidade, ministrados por policiais da SWAT de Dallas e San Marcos, e também visitaram o departamento de Polícia de Dallas e de Nova York.


Nesta terça-feira (24), os guardas municipais Kusch e Cunha fizeram breve homenagem ao prefeito de São José dos Pinhais Ivan Rodrigues. “Agradecemos ao prefeito Ivan Rodrigues por todos os benefícios que ele tem disponibilizado à Guarda Municipal, desde o aumento de salário até a melhoria de condições de trabalho. Fazemos questão de mostrar ao prefeito que com essa motivação, procuramos insistentemente uma capacitação mais apurada em benefício do cidadão são-joseense”, destaca o guarda municipal, Kusch.

“Estamos investindo cada vez mais em qualificação para nossos guardas. Acredito que essa é uma das principais ferramentas para se melhorar a segurança de qualquer cidade, pois assim como o crime evolui, as forças policiais têm que evoluir. E a melhor maneira de conseguirmos isso é acreditarmos no potencial de cada agente e qualificá-los para que a reciclagem seja um fator constante dentro da instituição”, afirma o prefeito Ivan Rodrigues.

BR: COMISSÃO DE SEGURANÇA DA CÂMARA DISCUTE CARGA HORÁRIA DE PMS E BMS DO BRASIL

fonte: apra/pr

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado vai realizar audiência pública na próxima terça-feira (24), às 14 horas, no plenário 6, para debater a carga horária semanal dos operadores de segurança pública – policiais, bombeiros, guardas municipais, entre outros. O assunto é tratado pelo Projeto de Lei 5799/09, do ex-deputado Capitão Assumção, que limita a carga horária desses profissionais a 6 horas diárias ou 30 horas semanais.

Foram convidados:
- o representante do Departamento de Polícia Rodoviária Federal Adriano Furtado;
- o representante do Colégio de Secretários de Segurança Pública (Consesp) Aloysio Franco de Oliveira;
- o presidente do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares (CNCG PM/BM), coronel Álvaro Batista Camilo;
- o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcos Vinício de Souza Wink;
- o presidente da Associação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais, Ernane Ribeiro Pitangui;
- o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), Jânio Bosco Gandra;
- o presidente em exercício da Associação Nacional de Entidades de Praças Militares Estaduais (Anaspra), Pedro Queiroz; e
- o representante das guardas municipais Maurício Domingues da Silva.

Para o deputado Delegado Waldir (PSDB-GO), que sugeriu o debate, o projeto em discussão é complexo e “poderá ocasionar graves consequências na administração da segurança pública do País”. Para ele, a proposta “impede aos policiais avanços importantes em direitos e condições de trabalho”.

Em conjunto com o PL 5799/09, também tramita o Projeto de Lei 6399/09, do deputado Mauro Nazif (PSB-RO), que prevê carga horária semanal máxima de 48 horas para policiais militares e bombeiros militares.

Íntegra da proposta:
PL-5799/2009

PEC 64: ESCLARECIMENTOS SOBRE A EMENDA 29

fonte: apra/pr

Caros companheiros,

Antes de emitir opinião sobre o tema, devemos relembrar que o direito não é uma ciência exata, vários são os entendimentos acerca de um mesmo instituto, culminando em interpretações diversas com soluções diferentes.

É louvável a iniciativa dos policiais sob o ponto de vista político. Contudo, juridicamente inviável, pois:

Ainda que tramite no STF uma ADI em que se discute a constitucionalidade formal da Emenda 29, esta se encontra em plena vigência enquanto o STF não se manifestar em contrário;

Entretanto, a referida Emenda (como tantas outras normas constitucionais de eficácia limitada) depende de uma lei ordinária estadual que a regulamente.

Temos então um direito (ao subsídio) previsto na constituição, mas que não pode ser viabilizado enquanto não sobrevir a dita lei ordinária (de iniciativa do executivo);

Assim, não podemos utilizar a via do Mandado de Segurança, porquanto que nosso direito ao subsídio, ainda que concreto, não é líquido e certo!

Mas digamos que tais MS sejam admitidos e processados.
Quanto ao mérito, melhor sorte não assiste a causa. Seram ponderados princípios como a razoabilidade, em razão da lei de responsabilidade fiscal, e a separação dos poderes. Ainda, o estado questionará a constitucionalidade da Emenda com os mesmos argumentos que utilizaram na ADI. (lembremos que todo juíz pode/deve fazer o controle de constitucionalidade no caso concreto);

Também não será possivel a concessão de medida liminar em face do contido no art 7º, § 2º da Lei do MS: "Não será concedida medida liminar que tenha por objeto a compensação de créditos tributários, a entrega de mercadorias e bens provenientes do exterior, a reclassificação ou equiparação de servidores públicos e a concessão de aumento ou a extensão de vantagens ou pagamento de qualquer natureza. ".

Por tudo isso, eu não gastaria dinheiro impetrando um MS para que o Estado pague nosso subsídio.

Particularmente, estamos estudando a possibilidade de ajuizar um Mandado de Injunção, mas ainda estamos ponderando prós e contras. Estamos mais confiantes mesmo é em uma solução política, ou seja, acreditamos que o Estado resolva o impasse antes de obtermos alguma resposta do judiciário.

Era isso, opiniões diferentes são bem vindas, vamos debater!

Diretoria Jurídica APRA

GO: COMANDANTE GERAL PROPÕE DISPENSA DO LIMITE DE IDADE PARA INSCRIÇÃO NO CFO

fonte: pmgo

O Comando Geral da Corporação prepara importantes mudanças em legislações que regulam a atividade policial militar e em decorrência, direitos, deveres e obrigações dos policiais militares.

Com o intuito de proporcionar a todos os policiais militares o acesso à carreira de oficial QOPM, uma importante proposta de mudança na lei de organização básica da PM é a que dispensa o limite de idade para inscrição no CFO (Curso de Formação de Oficiais).

Segundo o Subcomandante Geral, Coronel Weligton, a decisão do Comandante Geral Coronel Raimundo Nonato em proporcionar o acesso ao Oficialato idependentemente da idade é o resgate de um antigo desejo de todas as praças policiais militares de Goiás.

A proposta seguira para a Secretaria de Estado da Casa Civil e posteriormente para a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás.

20 de mai de 2011

COMANDANTE DA RONE, VAMOS ABRIR O OLHO!!!

Antes que venham me criticar ou dizer que estou causando intrigas entre os integrantes.

O comentário abaixo foi postado no blogger, portanto não foi públicado por nenhum dos integrantes do blogger e ninguém de nossa equipe informou tal acontecimento.

Eu não estava lá e também não sei quem estava, mais com certeza os policiais da ocorrrência sabem de quem estão falando, cabe aos comandantes da RONE que tem um nome a zelar, e não é o do BOPE, abrir o olho.

Este blogger sempre defendeu o nome da RONE, mais como o companheiro que postou o recado disse: "Que saudades da velha RONE PRETA!!!

Amigos é lamentável... Ontem dia 19 de maio na ocorrência do umbara, na troca de tiros e a busca aos marginais. Me deu saudades da velha RONE PRETA, o Oficial Rone Comando (tenente) dava tiros pra cima e gritava para os marginais se renderem, detalhe: abrigado atrás de um portão de grade... Tenho certeza que os antigos integrantes da RONE ficariam, como eu fiquei, "SURPRESO" com o alto grau de despreparo... Nada pessoal, apenas um comentário... Que feio, que ficou.....

 Stive_13BPM

PR: MORRE EM TROCA DE TIROS COM POLICIAIS NO JARDIM DAS AMÉRICAS

fonte: janaina monteiro

Francisco tombou perto de carro com produto do furto.

Um homem foi preso e outro morreu, depois de arrombar uma residência e trocar tiros com policiais militares do 20.º Batalhão, na noite de quarta-feira, no Jardim das Américas.

Dois comparsas conseguiram fugir. Os objetos levados da casa foram encontrados num veículo, perto do suspeito morto, numa rua marginal à Avenida Comendador Franco (Avenida das Torres).

De acordo com o tenente Wagner de Araújo, os marginais invadiram a residência por volta das 20h30. Não havia ninguém em casa. Ao avistar a chegada da viatura, os marginais fugiram a pé pela Rua Lima Barreto e foram perseguidos.

Três ladrões conseguiram fugir, mas Francisco Augusto Mota Lima, 27 anos, foi alcançado a poucas quadras da casa arrombada e tombou em frente ao muro de uma residência após enfrentar a PM.

Cerco

“Ele foi cercado, disparou contra os policiais e continuou fugindo. Foi feito novo cerco, quando ele tentou invadir outra casa. O suspeito fez mais disparos contra a equipe, foi alvejado e morreu com pistola 9 milímetros, em punho”, descreveu Araújo.

A poucos metros, a polícia localizou um Gol preto com vários objetos e aparelhos roubados, como televisão de plasma e DVD. Pouco tempo depois, uma viatura do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), patrulhava a região e abordou um rapaz.

Durante a revista, o rapaz disse que não sabia de assalto nenhum, que apenas estava indo para a casa, no entanto, no bolso da calça foram encontradas as chaves do carro usado para carregar os produtos roubados. Ele, a arma apreendida com o ladrão morto, e todos os objetos do furto foram encaminhados para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).

MG: CÃES DA PM QUE MORRERAM EM SERVIÇO SÃO CREMADOS COM HONRAS EM BH

fonte: g1

Esta foi a primeira vez que a PM de Minas realizou uma cremação de cães. Polícia quer criar uma galeria de heróis.


Dois cães policiais, que morreram durante uma operação policial em Ribeirão das Neves, na Grande BH, foram cremados na manhã desta sexta-feira (20). A cerimônia contou com a presença de dezenas de militares da 1ª Companhia de Missões Especiais, de Contagem.

Os cachorros, da raça pastor alemão, Lyon e Dox receberam honras militares por morrer em serviço. Eles foram baleados por criminosos durante uma fuga.

Segundo a polícia, os cães são treinados desde filhotes para o cargo e são considerados oficiais da PM. Cada animal possui um condutor, um militar que se torna o companheiro do cachorro.

Um dos oficiais mais comovidos na cerimônia era o condutor do cachorro Lyon, há três anos, sargento Wellys Lucindo. Ele não conseguiu conter as lágrimas na hora da despedida. "É a mesma coisa que perder um familiar.

Sabemos que eles são treinados para isso, que são como kamikazes, mas não estamos preparados para perdê-los". Durante a cerimônia, Wellys relembrou com os companheiros o ótimo desempenho do cão em várias operações.

“TODOS OS CORONÉIS SÃO POLÍTICOS”

fonte: danillo ferreira


Não é raro se ouvir entre os policiais militares da base da pirâmide que este ou aquele oficial é “político”, principalmente os coronéis “full”, posto máximo a ser alcançado nas PM’s. O significado de “político” varia conforme o contexto em que é aplicado, mas geralmente afirmar que um oficial é político é o mesmo que dizer que ele não toma medidas que atinjam sua condição ou suas pretensões profissionais/pessoais. Ou seja, sua atuação será em conformidade com o que esperam os agentes políticos aos quais esteja sujeito – com nenhum questionamento ou atitude que desagrade.

Os agentes políticos podem ser o prefeito de uma cidade, um deputado, o governador do estado, o comandante geral etc. O interesse permanente ou circunstancial pode ser a manutenção num cargo comissionado, a assunção dum cargo melhor, a promoção etc.


Não se pode acusar os oficiais de alto posto das PM’s de exclusivismo quanto a esta postura, já que em outras instâncias do Estado essas omissões interesseiras também ocorrem. Porém, no caso das PM’s, a incidência se dá de maneira possivelmente mais frequente, em virtude da quantidade de cargos a serem almejados, e pela estrutura hierárquica peculiar das corporações policiais militares.

Antes de criticar a falta de dignidade de alguns no empreendimento de seus anseios políticos, é preciso olhar para as nossas próprias práticas. Um soldado que é arbitrário e truculento nas periferias, e se comporta vassalamente em ocorrências envolvendo cidadãos abastados, não é menos político que o coronel que atende o pedido de policiamento para a área nobre e rejeita a prioridade de localidades pobres conflagradas.

Para controlar os desvios cometidos por atitudes que visam a agradabilidade, é fundamental que exista a cobrança de resultados adequados, legais e razoáveis pela sociedade, pelos superiores hierárquicos e pelos gestores públicos. Mas num país em que a cobrança de resultados se dá apenas quando a situação é calamitosa, a ingerência política, nos termos explicitados, chega aos limites que conhecemos.

RN, VÍDEO: UM DISCURSO DE ARREPIAR CONTRA O SISTEMA, VALE A PENA CONFERIR!

fonte: youtube

Numa audiência pública para debater a situação da educação no Rio Grande do Norte, surge uma professora com determinação e acidez necessárias para proferir um discurso que todo funcionário público brasileiro “da base” gostaria de de fazer.

É de arrepiar…

Professora Amanda Gurgel silencia Deputados em audiência pública, depoimento resumindo o quadro da educação no Brasil.

Educadora fala sobre condições precárias de trabalho no RN/BRASIL em 10/05/2011.

MUNDO, VÍDEO: HOMEM ARMADO DE FACÃO ENFRENTA 30 POLICIAIS

fonte: youtube

Mais uma ocorrência inusitada: um homem armado de facão, aparentemente fora das condições normais de juízo, enfrenta dezenas de policiais.

Nem mesmo o uso de agente químico conteve o suspeito, que investia enfurecidamente contra os policiais.

Estes, receosos, pareciam não saber bem como se defender e conter o indivíduo. De fato, não é tão simples imobilizar um sujeito que porta arma branca, ainda mais em seu estado desviado.

No final, tudo acabou bem. Se fosse você, policial, atuando com dois ou três homens, como agiria na situação? É bom refletir…

RJ, VÍDEO: SUSPEITO TENTA ROUBAR FUZIL DO POLICIAL FOGE, RETORNA E É PRESO

fonte: extra, globo.com

Uma das ocorrências mais esdrúxulas que já vi. Um homem reage à abordagem executada por dois policiais militares do Rio de Janeiro, chegando a tentar tomar o fuzil de um deles, e consegue fugir.

Segundo o áudio do vídeo, na fuga, ele é atropelado, sai correndo e volta à viatura, onde um dos policiais estava embarcado.

Um cidadão à paisana ajuda na contenção do suspeito, que continua a reagir e, momentos depois, é preso.

O que chama a atenção é a insanidade do criminoso, a confusão e a passividade dos policiais em alguns momentos da ocorrência.

19 de mai de 2011

PR: RONE APREENDE DOIS REVÓLVERES, DROGAS E JÓIAS EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

fonte: marcia santos


Uma equipe da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), pertencente ao Batalhão de Operações Especiais (BOPE), apreendeu dois revólveres, sendo um de calibre 38 e outro calibre 22, 460 gramas de crack, um notebook, joias, celulares e alto-falantes de veículos, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, na quarta-feira (11).

A equipe realizava um patrulhamento no bairro Afonso Pena, quando avistou um veículo em atitude suspeita, parado em frente a banco, ao realizar a revista pessoal dos dois ocupantes do carro, encontrou o revólver 38 na cintura de um, e, no bolso do segundo, embalagens plásticas contendo um pó branco, semelhante a cocaína.

Os policiais se deslocaram com os suspeitos até a casa deles, onde encontraram o restante da droga, 460 gramas de crack, e demais objetos de procedência ilícita, como as joias, celulares e o notebook. Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de São José dos Pinhais, que assumiu as investigações.

17 de mai de 2011

PR: ALEP APROVA REAJUSTE DE 6,5% DE REAJUSTE AOS FUNCIONALISMO

fonte: elizabete castro

Sem nenhuma emenda ao texto do governo, os deputados estaduais aprovaram nesta terça-feira, 17, a reposição salarial de 6,5% para os servidores públicos do Estado, incluindo os funcionários aposentados e pensionistas. Para dar tempo de incluir o percentual na folha de pagamento deste mês, o governo pediu regime de urgência para a proposta que foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em primeira e segunda discussões na mesma tarde.

A bancada de oposição optou por não propor nenhuma mudança na lei enviada pelo governador Beto Richa (PSDB) há uma semana. O deputado José Lemos (PT), que já integrou a coordenação do Fórum dos Servidores Públicos Estaduais, disse que os sindicatos e entidades representativas dos servidores avaliaram que não haveria necessidade de tentar alterar a proposta do governo.

"O projeto já veio para cá como resultado de intensa mobilização da categoria. Agora, as categorias de servidores vão continuar negociando com o governo suas reivindicações específicas", afirmou o deputado. Ele lembrou que a data base dos servidores públicos se destina apenas a recompor perdas relativas aos doze meses anteriores.

O percentual de reajuste corresponde ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrado nos últimos 12 meses, medido pelo IBGE. O cálculo do reajuste e do impacto sobre as finanças do Estado foi feito pela Secretaria da Administração e da Previdência, em conjunto com a Secretaria da Fazenda.

O líder do governo, Ademar Traiano (PSDB), elogiou o comportamento da oposição na votação do reajuste. "A oposição contribuiu, através do entendimento, para o que o aumento fosse aprovado", disse Traiano.

Para quem tinha alguma dúvida e para acabar com as expeculações o reajuste de 6,5% será pago esses mês!

PR: BETO RICHA ANALISA 'O BICO LEGAL' E A IMPLANTAÇÃO DE UPP

fonte: o estado do paraná

O Secretário de Segurança Almeida César, disse que levará ao governador Beto Richa duas propostas:

Bico legal: Que permite que policiais militares em folga possam trabalhar legalmente em convênios com prefeituras para ajudar na segurança de locais públicos, por exemplo, aumentando o efetivo e a renda dos policiais;

Bases Referenciais de Segurança: Com funcionamento semelhante às unidades pacificadoras da polícia carioca, mas em trailers, bases móveis para circular pelos bairros.

Essas duas propostas mostram muito bem como o atual Governo lida com a segurança ública e com os funcionários que na área.

BICO LEGAL: Não passa de um golpe do Governo para não arcar com suas responsabilidades de fornecer um salário digno aos policiais e transferir o peso para as prefeituras.

BASES REFERENCIAIS DE SEGURANÇA: Talvez eu esteja enganado, mais isso já não existe com os módulos móveis já existentes na PM?

Como sempre lá vem mais uma do "Betão Enrolation"!

PEC 64: GOVERNO CONTINUA ESTUDANDO A IMPLANTAÇÃO DA EC 29

fonte: mauro moraes

Bom, como tem acontecido desde que o atual Governo começou seus trabalhos, o Governo continua analisando como vai ser a implantação da emenda constitucional 29(a famosa PEC 64).

"a Secretaria da Fazenda já está fazendo um estudo para avaliar a implementação da emenda 29, que trata da remuneração policial através do pagamento do subsidio.”, informou o secretário.

Esse Governo já está marcado como o Governo "da Comissão", a única coisa eu o Governador sabe dizer é "vamos montar uma comissão para avaliar o assunto" e acredito que essa seja a orientação aos Secretários de Estado.

Caso continue como está, esse será um dos Governos mais negros para os Paranaenses. Estamos com 5 meses de trabalho e até agora nenhum projeto do atual Governo foi implementado, tudo que foi feito até agora são resquícios do Governo anterior.

RN: GOVERNO NÃO ATENDE REINVIDICAÇÕES E PC INICIA GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

fonte: tribuna do norte

Os policiais civis do Rio Grande do Norte iniciam greve por tempo indeterminado a partir das 8h da terça-feira (17). A assembleia da categoria deliberou na tarde desta segunda-feira (16) pela paralisação, depois de ouvirem do secretário de Defesa Social do estado, Aldair Rocha, que o Governo não iria atender às reivindicações dos profissionais.

Pouco antes da assembleia do Sindicato dos Policiais Civis do estado (Sinpol), a presidente Vilma Marinho teve reunião com o secretário Aldair da Rocha. Na conversa, a sindicalista ouviu a decisão do Governo de não atender às reivindicações da categoria quanto à implantação do enquadramento dos agentes e escrivães de Polícia Civil, que esperavam receber a remuneração com um reajuste de 50% sobre os vencimentos atuais já em maio. Mesmo percentual está previsto para outubro, conforme a lei 417/2010.

Vilma Marinho disse que o secretário falou como interlocutor do chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, com quem o Sinpol esperava ter uma audiência desde o começo da manhã desta segunda-feira. Contudo, a reunião não atendeu às expectativas dos profissionais.

Ela disse que o governo, apesar da entrevista concedida na semana passada pelo secretário Aldair Rocha, de que algumas medidas estavam sendo tomadas como a implantação do vale-refeição e contratação de pessoal terceirizado para fazer a limpeza das delegacias, não acentou com providências imediata relacionadas aos sete itens administrativos constantes da pauta de negociação.

Na assembleia, que teve início logo depois da reunião com o secretário, a categoria deliberou pelo início da greve por tempo indeterminado.

PEC 300: CARAVANA COM DESTINO A BRASÍLIA

fonte: apra/pr

Dia 31 de maio haverá a mais cogitada das audiências públicas da Câmara dos Deputados.

Através de um requerimento encaminhado à Presidência da Comissão de Segurança e Combate ao Crime Organizado pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB/AC) e também do deputado autor da PEC 300, Arnaldo Faria de Sá (PP/SP), a audiência promete estabelecer um marco nessa atual legislatura.

Diante de uma nova tentativa do governo intromissor nos trabalhos legislativos através da criação de uma comissão especial que quer analisar todas as proposições relativas à segurança pública tramitando na Câmara colocando no “bolo” a mais preciosa proposição, a PEC 300, essa iniciativa da audiência pública reacende o debate acerca de um tema de tão grande magnitude.

Elevando a temperatura do dia 31, junto a esse debate, que movimentará todo o parlamento, haverá também a inauguração da Frente Parlamentar em Defesa da PEC 300, presidida pelo ex-cabo do exército, deputado Otoniel Lima (PRB/SP). Essa frente será outra importantíssima ferramenta que terá como grande missão sensibilizar o parlamento no intuito de provocar a inclusão da PEC 300 na ordem do dia, votá-la em segundo turno e aprová-la definitivamente.

Além da grande mobilização que os internautas da globosfera policial estarão promovendo em Brasília nos dia 10 e 11, será de fundamental importância que os policiais e bombeiros brasileiros também se façam presentes nesse dia 31. Juntos até a vitória.


PARANÁ

SAÍDA: 29 DE MAIO
CHEGADA: 30 DE MAIO

EVENTO NA CÂMARA FEDERAL: 31 DE MAIO
SAÍDA DE BRASILIA:  31 DE MAIO ÀS 20HCHEGADA: 01 DE JUNHO

CB DIAS APRA TOLEDO
SD GUEDES APRA MARINGÁ

CB DIAS donizetedias@ibest.com.br
tel 014 45 9989-7622/014 45 9107-2212

SD GUELLER
tel 014 44 9935-1551/014 44 3346-2650

DEP FEDERAL FRANCISQUINI, está dando total apoio aos PM/BMs p ir para BRASÍLIA.

PR: RONE APREENDE DROGAS E COLETES BALÍSTICOS EM ARAUCÁRIA

 fonte: lobão


Uma viatura da RONE realizava patrulhamento na avenida dos Pinheirais quando cruzou com um veículo Fiat Punto de cor prata placa 5476, que estava com dois ocupantes, o carona de nome Edson e o motorista de nome Renato .

Ao revistar o veiculo foi localizado cerca de 105 gramas de crack em baixo do banco do carona, Renato assumiu a droga e levou os policiais até uma residência no jardim Plinio onde foi localizado dentro de uma caixa de papelão no quarto da casa cerca de dois quilos e meio de maconha prensada e um quilo e duzentos gramas de crack , isto daria cerca de 1200 pedra de crack após preparada para venda ,além de dois coletes balísticos e 48 munição de pistola calibre 9 milímetro .

A arma não estava no local mas o detido informou o endereço e o nome do dono das drogas e das munições.

O proprietário do Punto ganhava cerca de 100 Reais por viagem para levar drogas até o bairro do Sitio Cercado em Curitiba em seu veículo que era quente , desta maneira não despertava a atenção dos policiais .

O veiculo foi recolhido ao pátio da delegacia de Araucária e o seu proprietário preso em flagrante por posse de tóxico .

PR: RONE APREENDE DROGAS E ARMAS RMC

fonte: marcia santos


O setor de inteligência da Polícia Militar do Paraná (PMPR) juntamente com policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) e do 17º Batalhão de Polícia Militar (17ºBPM).

Apreenderam nesta quarta-feira (11) duas armas de fogo, um revólver calibre 22 e um revólver calibre 38 da marca Taurus, munição, 500 gramas de crack e seis buchas de cocaína em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

A droga estava em poder de dois homens que já tinham passagem pelo sistema penitenciário.

Os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil (DP) local.

16 de mai de 2011

SC: O PM TEM DIREITO A HORA EXTRA? O DESEMBARGADOR DIZ QUE SIM...

fonte: villas boas

O policial militar Dilcei João Gonçalves Filho receberá do Estado de Santa Catarina o pagamento das horas extras que trabalhou durante cinco anos, e que não foram pagas.


Em contestação, o Estado disse que "os militares não têm direito ao pagamento".


Acrescentou, por fim, que a Lei Complementar nº. 137/95 limita o pagamento ao máximo de 40 horas semanais.


Segundo o julgado da 4ª Câmara de Direito Público do TJ-S, "comprovado o trabalho além da jornada normal, tem o policial militar o direito a receber o pagamento das horas extras realizadas, mesmo aquelas que excedem as 40 horas mensais previstas como limite máximo, em decreto limitador, uma vez que o Estado não pode locupletar-se indevidamente à custa do trabalho alheio sem quebrar o princípio da moralidade”.


O relator foi o desembargador Jaime Ramos.


Por votação unânime, foi mantida a sentença da comarca da Capital.


(Proc. nº 2011.018125-6 com informações do TJ-SC e da redação do Espaço Vital)

VER PROCESSO NA INTEGRA: PROCESSO Nº 2011.018125-6

O POLICIAL PODE RECEBER GRATIFICAÇÃO DA VÍTIMA DE OCORRÊNCIA?

fonte: danillo ferreira


Uma ocorrência comum no cotidiano policial é a recuperação de veículos roubados ou furtados, com a posterior restituição ao proprietário. Às vezes o tempo entre o cometimento do crime e a recuperação do bem é o suficiente para que a vítima tenha o carro ou moto como perdido, sendo uma boa surpresa saber da atuação eficiente da polícia – notadamente quando o veículo não está no seguro.

Em ocorrências do tipo, em que as vítimas se percebem recuperadas dum provável dano financeiro, ocorre muitas vezes de ser oferecida aos policiais algum tipo de gratificação, geralmente uma recompensa pecuniária pelo bom serviço prestado. Seja aos policiais civis que investigaram e devolveram o bem a seu dono, seja aos policiais militares que tiveram o tino de farejar nas ruas o objeto fruto de roubo. A pergunta que fica, é: o policial pode receber este tipo de gratificação?

A princípio, não. Isso porque existe um crime definido no Código Penal como “Corrupção Passiva”, que descreve a seguinte conduta:

Corrupção passiva

Art. 317 - Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem:

Pena - reclusão, de 2 (dois) a 12 (doze) anos, e multa.

O policial que recebe gratificação por ter realizado ato de ofício, está aparentemente enquadrado num caso de corrupção passiva. Pois ele “recebe”, “em razão da função”, “vantagem indevida”. Mas aqui podemos questionar ao que se refere a expressão “vantagem indevida”, que em algumas decisões têm tido o sentido de vantagens recebidas para realização da mercancia da função pública, onde o funcionário público deixa de fazer algo que tem obrigação, ou mesmo excede a ela.

Um motivo pelo qual a gratificação recebida por uma vítima pode ser vista como legítima é a prática de bonificação por apreensão de arma de fogo já existente nas polícias. Mesmo com a diferença de valores, elas se assemelham.

Uma alternativa possível para a prática destas gratificações seria mediante a confecção de documentos legais semelhantes aos termos de doações, que atestam a doação de bens de alguma entidade privada (física ou jurídica) à Administração Pública. Os Chefes ou Comandantes poderiam orientar previamente seus efetivos para a necessidade deste documento em caso de interesse de doação.

Por que toda esta cautela? Porque basta que seja interpretado que o policial exigiu ou solicitou a vantagem para que o crime de corrupção passiva ou concussão se consume:

Concussão

Art. 316 - Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida:

Pena - reclusão, de dois a oito anos, e multa.

É importante entender que o principal foco em questões do tipo é deixar claro que não houve qualquer tipo de privilégio no atendimento daquela ocorrência, nem que ela foi cumprida em virtude duma possível gratificação. E para deixar tudo claro, documentar a doação é o mais prudente – inclusive na presença de testemunhas que assinem o termo.

Antes de tudo, é função dos chefes orientarem seus efetivos, pois a diferença da gratificação para a propina é tênue, e tanto policiais corruptos podem alegar que receberam gratificações quando receberam propina, como supostas vítimas podem alegar achaques injustamente. Sem proibir a bonificação do serviço prestado, creio ser este um bom meio de controle, salvo melhor posicionamento jurídico de especialistas.

MG: MAIS DE 10.000 PMS E BMS SE MANIFESTARAM EM MINAS

fonte: danillo ferreira


Aos entusiastas da atuação coletiva em prol de evoluções sociais, as imagens da passeata realizada nesta quarta por policiais e bombeiros militares de Minas Gerais são de arrepiar. Os PM’s e BM’s, após realizarem uma Assembléia no Clube dos Oficiais da PMMG saíram com faixas e cartazes pelas ruas de Belo Horizonte, reivindicando melhorias salariais para a categoria.

Na Assembléia ficou decidido que no próximo dia 25 de maio haverá uma reunião com o Governo do Estado, e uma nova Assembléia no dia 08 de junho para julgamento da proposta do governo e definição da medida a ser adotada, caso a proposta não seja satisfatória:

De acordo com o vice-presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (Aspra/BM) Marco Antônio Bahia, durante o encontro desta quarta-feira os militares decidiram não entrar em greve. “Vamos esperar uma nova reunião com o governo que acontece no dia 25 de maio. Se nada for decidido neste dia, entraremos em greve”, afirma Bahia. Segundo ele, cerca de 12 mil policiais militares e bombeiros estavam na reunião. Eles seguem em passeata rumo à Praça Sete.

De acordo com a BHTrans, o trânsito está lento no centro da cidade por causa da manifestação.

Os militares estão reivindicando piso de R$ 4 mil para a categoria e o pagamento do abono compensatório ao bônus de produtividade para os militares da reserva, reformados e pensionistas.

A PMMG e o BMMG deram nesta quarta uma eloquente demonstração de força e união. Certamente o governo pensará duas vezes antes de apresentar propostas pífias à categoria.

RS: SARGENTO DA BRIGADA MILITAR HABILITA CELULAR ROUBADO

fonte: jornal pioneiro
Sargento da Brigada Militar de Caxias do Sul está afastado do policiamento


Caxias do Sul – Por se apoderar de um telefone celular apreendido com criminosos, um sargento da Brigada Militar (BM) da cidade está afastado do policiamento, pode ser expulso e até mesmo preso.

O aparelho havia sido levado por ladrões durante um assalto em Farroupilha e foi recuperado em uma operação da BM em Caxias. Mas o sargento, de 39 anos, não entregou o celular à Polícia Civil. Pelo contrário, ocultou a apreensão, habilitou o equipamento avaliado em R$ 1,4 mil e presentou sua mulher com o telefone roubado.

O brigadiano admitiu ter ficado com o celular. Ao entregá-lo para a mulher, supostamente tentou amenizar uma crise no casamento. O aparelho foi devolvido voluntariamente pelo sargento, mas apenas depois de a Polícia Civil cumprir um mandado de busca na casa dele.

A história foi descoberta por meio de uma interceptação telefônica autorizada pela Justiça. Agentes da Polícia Civil de Farroupilha investigavam o roubo de mais de R$ 180 mil em dinheiro e cheques de uma distribuidora de frutas localizada no bairro São Luiz. O crime aconteceu no final da tarde de 10 de janeiro deste ano. Bandidos renderam funcionários e obrigaram as vítimas a abrir o cofre.

Na noite de 14 de janeiro, no loteamento Espaço Novo, em Caxias, policiais militares prenderam dois homens e uma mulher em uma residência. Na casa, os brigadianos, comandados pelo sargento investigado, apreenderam uma pistola 9 milímetros, um fuzil calibre .556, e seis telefones celulares.

Ainda na moradia, PMs fizeram uma fotografia da apreensão. Só que a imagem, enviada à imprensa, não condizia com o material apresentado na 2ª Delegacia de Polícia de Prontoatendimento (2ª DPPA).

À Polícia Civil, foram entregues dois dos seis telefones. Três aparelhos, por serem de modelos antigos e sem uso, não foram apreendidos, segundo a alegação do sargento. O sexto aparelho foi ocultado pelo policial, que o habilitou em seu nome e entregou à mulher. O nome do PM não foi divulgado.

EUA: OPERAÇÃO CONTRA BIN LADEN USOU 'SUPERCÃO', DIZ TERINADOR DE ANIMAIS

fonte: g1

Animal teria dentes de titânio capazes de perfurar colete à prova de balas. Alex Dunbar é ex-fuzileiro e fornece cães militares para os EUA há 25 anos.

O treinador de cães e ex-fuzileiro naval Alex Dunbar, que fornece pastores alemães para fins militares às forças armadas dos Estados Unidos há 25 anos, afirmou nesta terça-feira (10) acreditar que a operação que resultou na morte de Osama bin Laden utilizou um "supercão" treinado especialmente para atacar o líder da al-Qaeda.

Segundo o treinador, residente do estado de Colorado, o cachorro da raça pastor alemão teria dentes de titânio implantados cirurgicamente e capazes de perfurar um colete à prova de balas feito de kevlar. Dunbar acredita que militares das forças especiais Seal teriam treinado o animal a reconhecer Bin Laden pelo cheiro e subjugá-lo depois de entrar na fortaleza onde o terrorista estaria vivendo, em Abbotabad, no Paquistão.

Um dos 'supercães' treinados por Dunbar late para a câmera, deixando visível um dente de titânio (Foto: Barcroft USA / Getty Images)

11 de mai de 2011

PEC 300: MOBILIZAÇÃO EM BRASÍLIA NO DIA 31 DE MAIO

No dia 31 de maio, policiais de todo o país estarão reunidos em Brasília para uma mobilização pela votação e aprovação da PEC 300 e também para discutir outros assuntos relacionados à segurança.

Os policiais militares paranaenses que estiverem interessados em participar, devem entrar em contato com o subtenente Lantmann, através do telefone 3224-1141.

Dois ônibus foram disponibilizados pelo Deputado Francischini e sairão de Curitiba e Cascavel. Os policias de Cascavel e região devem entrar em contato com o soldado Dota.

AL: PM DE ALAGOAS VAI "DESAQUARTELAR"

fonte: aqui acontece


Segundo vem divulgando a imprensa alagoana, os policiais militares da PMAL decidiram em assembléia na tarde de ontem que irão avançar nas reivindicações salariais, que não têm sido ouvidas pelo Governo do Estado. A decisão tomada foi uma medida chamada de “desaquartelamento”, ou seja, o não comparecimento dos PM’s por dois dias consecutivos nos quartéis em que estão lotados. Vejam:

Em assembleia geral realizada na tarde desta terça-feira (10), em Maceió, os militares alagoanos decidiram, “desaquartelar”, ou seja, não ir aos quartéis em repúdio pela falta de diálogo com o governador Teotônio Vilela Filho (PSDB). O resultado foi justamente o contrário do que o governo esperava dos policiais que preferiram “desaquartelar” e se apresentar ao trabalho, durante as próximas 48 horas. De acordo com a categoria essa foi a forma encontrada pelos policiais que visam pressionar o governo a conceder um reajuste superior aos 5,91% anunciado.

Segundo o sargento Teobaldo de Almeida, presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos, a manifestação dos militares não objetiva apenas a busca de melhores condições salariais, mas o respeito do governo com a categoria que vive uma espécie de sucateamento no serviço público estadual.

Nesta terça, 10, milhares de servidores públicos estaduais e representantes de diversos sindicatos, promoveram na capital alagoana, mais um ato público pelas ruas do Centro. Os gritos de ordem e os discursos dos manifestantes cobravam além de melhorias nas condições de trabalho um aumento salarial superior ao anunciado pelo governo.

Polícia Civil mantém greve

Ainda durante o ato público, o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) informou que depois de realizar mais uma assembleia geral, a Polícia Civil decidiu manter a greve iniciada no dia 26 de abril. De acordo com as informações prestadas pelo Sindpol, somente 30% dos serviços serão mantidos nas delegacias.

Sempre alertando para a necessidade de cuidar da integridade jurídica de cada policial, desejamos boa sorte na luta dos profissionais de segurança pública alagoanos…

RO: MOBILIZAÇÃO BEM-SUCEDIDA NA PMRO, REINVIDICAÇÕES ATENDIDAS

fonte: rondônia ao vivo


Não é raro se ouvir no âmbito policial que “o sucesso tem vários pais, e o fracasso é órfão”. O sucesso foi o que ocorreu ontem nas reivindicações dos policiais militares de Rondônia, que partiram para o “tudo ou nada” quando tomaram dois quartéis e enfrentaram a tropa da Força Nacional e o Batalhão de Choque. Uma ação ousada, arriscada e extrema, que poderia ter tido consequências drásticas, deixando seus participantes órfãos.

Felizmente, até mesmo os participantes das manifestações foram beneficiados, já que o governo resolveu anistiar todos aqueles que reivindicaram as cerca de vinte pautas para a PMRO. Vejam o que foi aprovado, em nota divulgada pelo site Rondônia ao Vivo:

Enfim a vitória foi conquistada pelos policiais militares que participaram da greve ocorrida no último fim de semana em Porto Velho e que gerou uma série de confusões. As propostas da categoria que foram enviadas pelo Executivo ao plenário da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia acabaram sendo aprovadas pelos 24 parlamentares.

Entre os itens aprovados a que deve provocar um precedente que servirá de referencial para casos dessa natureza diz respeito a anistia administrativa para os policiais militares envolvidos na paralisação, evitando que muitos deles sofra qualquer tipo de punição ou transferência. Vale ressaltar que essa anistia vale para todos os policiais que participaram de movimentos grevistas anteriores também ao ano de 2011.

Com essa aprovação a liderança do movimento grevista deve anexar esse item e passar para o Judiciário, que espera conseguir, finalmente, a liberdade de Jesuíno Boabaid, presidente da Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar (Assfapom).

Jesuíno foi preso na última quinta-feira, por determinação da 1ª Vara da Auditoria Militar, Edvino Preczevski. No outro dia uma assembléia foi realizada e no sábado (07) deflagrada a greve com o fechamento do 1º e 5º Batalhão da PM.

Entre outros benefícios aprovados constam: reajuste de 0,26% sobre o soldo/dia para custear a alimentação, 4,87% do soldo para fardamento, 100% de hora extra e um limite de crédito consignado de 30%.

Que o exemplo rondoniano possa ser entendido em seus erros e acertos, observando peculiaridades locais de contexto institucional e político. E, claro: parabéns pela conquista!

MG: MILHARES DE POLICIAIS SAEM EM PASSEATA PELO CENTRO DE BH

fonte: g1

Policiais e bombeiros militares fazem passeata no centro de BH (Foto: Reprodução / BHtrans)

De acordo com polícia de trânsito, protesto reúne sete mil pessoas.
Em Minas, Polícia Civil começou greve.


Policiais militares e bombeiros fazem passeata na Região Central de Belo Horizonte no fim da tarde desta quarta-feira (11). A manifestação teve início após assembleia para discutir a situação salarial das categorias. De acordo com o Batalhão de Polícia de Trânsito de Belo Horizonte, cerca de sete mil pessoas participam do protesto.

O movimento é organizado por sete entidades de classe. De acordo com o presidente da Associação dos Oficiais da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, major Ronaldo de Assis, a intenção é cobrar do governo estadual a atualização dos salários. “Pedimos um piso de R$ 4 mil para soldado ao logo dos quatro anos de governo para que o salário da polícia em Minas fique entre os três melhores do país”, disse.

Greve na Polícia Civil

Policiais civis de Minas Gerais iniciaram greve por tempo indeterminado nesta terça-feira (10). De acordo com informações do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado (Sindipol-MG), a categoria, que reivindica melhores salários e condições de trabalho, anunciou a paralisação em assembleia no dia 29 de abril.

As delegacias não vão ser fechadas, de acordo com o sindicato, mas alguns serviços não vão ser oferecidos à população. Segundo o sindicato, em caso de acidente sem mortos, a Polícia Civil não vai comparecer para realizar a perícia. Exames de corpo de delito, de responsabilidade do Instituto Médico Legal (IML), também não serão realizados. No Instituto de Identificação, o atendimento vai ser feito somente durante o período da manhã. Ainda de acordo com o Sindipol-MG, durante a greve, não serão feitas intimações para depoimentos e não serão instaurados inquéritos, com exceção de casos que envolvam réus e flagrantes.

Ainda segundo o sindicato, um dos pedidos da categoria é que o pagamento de escrivães e investigadores, que atualmente recebem salário-base de R$ 2.040, seja igualado ao dos peritos, cujo salário inicial é de R$ 4.420. Eles reivindicam também a equiparação do pagamento dos delegados, que atualmente recebem salário-base de R$ 5.700, com os dos promotores públicos, que têm salário base de R$ 21.000. A categoria pede, ainda, reajuste para os servidores administrativos, cujo salário-base é de cerca de R$ 540, segundo dados do Sindipol-MG.

Ainda segundo o sindicato, em uma reunião no dia 3 de maio, a chefia da Polícia Civil, responsável pelas negociações a pedido do governo, anunciou a abertura de um concurso para aumentar o efetivo de servidores. Mas, segundo o sindicato, este ato não atende às reivindicações da categoria, que apresenta defasagem de cerca de três mil servidores, de acordo com dados do Sindipol-MG.

Os policiais pedem, ainda, a construção de um hospital para os servidores e a reformulação da estrutura de trabalho, com mais viaturas e prédios.

9 de mai de 2011

BR, VÍDEO: TEMPLO É DINHEIRO E O MILAGRE DA PRIVADA

fonte: fábio campana


Fábio Campana e Sarah Corazza contam na reportagem de capa da Revista Ideias como as novas pentecostais ganham fortunas à custa dos fiéis.

Porém, o milagre da multiplicação do dinheiro não se resume apenas à conta bancária. Os pastores curam tudo, inclusive males físicos, de voltar a andar sem muletas até prisão de ventre. Acreditem se quiser.

Este vídeo do YouTube chamado “O milagre da privada” é um exemplo contundente de como os templos neopentecostais usam a fé.

Veja:

MG: POLÍCIA CIVIL ANÚNCIA GREVE

Delegacia regional vai paralisar os serviços em reivindicação a melhores salários e condições de trabalho

TEÓFILO OTONI - O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindpol/MG) anunciou que a categoria deve entrar em greve por tempo indeterminado no dia 10 de maio.

Acatando as deliberações da Sindpol, a delegacia regional anunciou a paralisação para a próxima terça-feira. O objetivo é reivindicar melhores salários e condições de trabalho.

Uma assembléia aconteceu na semana passada em Belo Horizonte, onde o Sindicato dos Agentes da Polícia civil de Minas Gerais discutiram com o governo, mas não obteve êxito nas negociações. A pauta foi entregue ao governo do estado no ano passado e até agora o governador não apresentou sequer uma contraproposta para a categoria.

De acordo com o agente Sandemberg Soares (‘Bel’), a manifestação vai atender as exigências legais. Os policiais civis esperam contar com o apoio da população no movimento, por entender que se trata de uma causa justa. “Os representantes fez uma reunião com o governo na tentativa de negociar uma melhoria de salário e condições de trabalho dos policiais. Infelizmente, essa reunião não foi produtiva. Não atenderam as necessidades, as exigências que estamos reivindicando. Uma vez que para apresentar um serviço de qualidade para a sociedade, nós precisamos de recursos para trabalhar com dignidade”, completa.

PE: MOBILIZAÇÃO SALARIAL NA PMPE

fonte: blog do sgt arnaldo


A Polícia Militar de Pernambuco está vivendo momentos de reivindicação salarial junto ao Governo do Estado, e realizará hoje uma Assembleia para analisar a proposta feita pela Secretaria de Administração do Estado aos presidentes de asssociações na última quinta-feira.

A Assembleia ocorrerá às duas da tarde, em frente ao memorial de medicina, ao lado do QCG, em Recife-PE. Segundo os organizadores, todos os participantes deverão comparecer vestindo preto, “simbolizando o luto pela morte do pacto pela vida”, programa de governo voltado para a área de segurança pública no estado. Abaixo, uma explicação acerca da proposta não muito atrativa colocada pelo governo, sobre a qual a tropa pernambucana decidirá em Assembleia se acatará ou não:

Hoje o Soldado recebe como soldo R$ 1.331,00 + Risco de vida R$ 550,00 (o maior valor), + R$ 154,00 de etapa de alimentação, chegando-se ao valor de R$ 2.035,00. O Governo quer que o Soldado chegue a R$ 2.100,00. Isso significa uma diferença de apenas R$ 65,00. Tira parte do risco de vida e coloca no soldo. O Valor do risco de vida passa a ser menor, R$ 400,00.

O soldo do Coronel é de R$ 6.090,00 e passará (caso não façamos nada) para R$ 8. 725,00. Um reajuste de R$ 2.634,75.

O soldo do Soldado é de R$ 1.331,30 e passaria para R$ 1.700,00. Um reajuste de APENAS R$ 368,70. Mas não esqueça que o risco de vida diminui para R$ 400,00. Tira de um lado e “dá” do outro. Entende agora com os números postos mais explicados? Isso o Governo e a nota do Comando Geral “esqueceram” de dizer. Nada contra os Coronéis, mas que TODOS tenham tratamento igual.

Aguardemos os resultados da Assembleia, que provavelmente irá recusar a proposta do governo, e fará uma contraproposta mais decente – que não “manobre” o aumento salarial, semelhantemente ao que fizeram e fazem muitos estados, injetando valores de gratificações no soldo.

Boa sorte aos PM’s pernambucanos!

RO: POLÍCIA CONTRA POLÍCIA EM RONDÔNIA

fonte: rondônia ao vivo, youtube


Lembram do movimento reivindicarório que a Polícia Militar de Rondônia viveu a algumas semanas atrás? Com o término da mobilização, alguns policiais foram punidos, inclusive um dos presidentes de asssociação que encabeçou as reivindicações, o soldado PM Jesuíno. As punições desagradaram a tropa, que resolveu entrar em nova greve, e ocupou a sede de dois batalhões de Porto Velho, o 1º e o 5º BPM.

A situação chegou a tal ponto que o governo convocou a Força Nacional de Segurança Pública e o Batalhão de Choque da PMRO para intervir nos batalhões ocupados, e cenas lamentáveis em que policiais se armaram contra policiais foram vistas:


A greve e a ocupação dos PM’s nos quartéis felizmente acabou sem vítimas, já que parlamentares se comprometeram a viabilizar a anistia aos PM’s:

Não depende do Governo do Estado anistiar os policiais militares envolvidos nas paralisações ocorridas nos últimos dias, mas eles receberam garantia do deputado federal Mauro Nazif (PSB) e do senador Valdir Raupp (PMDB) que uma proposta será feita em Brasília para ser aprovado pela Câmara e Senado. Nazif dizia estar falando em nome da bancada Esse era o último entrave para o fim da mobilização em Porto Velho e durante a madrugada os envolvidos chegaram a um acordo.

As duas partes começaram a amenizar o tom após bom senso dos dois lados. O Governo mandou a tropa de choque sair das proximidades do 1º BPM e com isso os manifestantes decidiram acabar com o protesto na ponte sobre o Rio Candeias.

Leia mais…

Os movimentos reivindicatórios realizados por policiais militares devem ser pensados e articulados de modo que policiais não sejam alcançados pela pesada legislação administrativa e penal militar. É desinteligente realizar manifestações em que a baderna prevaleça – os que “dão a cara a tapa” sabem o quanto se sofre por isso (demissões, prisões etc). Ao mesmo tempo, os governos, em nenhum lugar do mundo, são naturalmente benevolentes com as classes trabalhadoras. É preciso pressionar, reivindicar, questionar e protestar.

Porém, na profissão policial militar no Brasil tudo fica muito mais sensível e complexo. Por isso, os atos de reivindicação devem ser realizados com cautela e inteligência.

GO: PMGO TERÁ O SEGUNDO MELHOR SALÁRIO DO BRASIL

fonte: o popular

Pelo menos é o que divulgou o jornal “O Popular”, num trecho de entrevista feita ao Secretário da Fazenda, Simão Cirineu. Caso a medida seja concretizada, a PMGO ficará apenas atrás da PMDF, a instituição PM melhor paga no Brasil. Parabéns aos policiais e ao governo, que incentiva e valoriza os policiais goianos.

Sefaz descarta reajuste para servidores neste ano Jarbas Rodrigues Jr.

O secretário Simão Cirineu (Fazenda) diz que não há perspectiva de reajuste salarial neste ano para os servidores. Nem para reposição de 6,4% reivindicada pelas categorias que têm data-base neste mês. “Vamos negociar, mas adianto que o Estado ainda não tem capacidade financeira para qualquer aumento de despesa. Não temos nem sequer perspectiva para pagar a folha integralmentemente no mês trabalhado. Nos faltam R$ 200 milhões todo mês”. O secretário Giuseppe Vecci (Segplan) diz que o Estado vai apresentar números para os representantes dos servidores, que comprovariam as dificuldades financeiras. “Consideramos ser justa a reivindicação, mas não há recursos. O foco deste governo é o cidadão”, frisa. Vecci diz que, mesmo sem reajuste, algumas categorias serão beneficiadas neste ano. Cita a PM que, segundo o secretário, terá até meados do ano um ganho salarial que representará acréscimo de R$ 6 milhões por mês. “Será a segunda melhor paga do País”, promete.

DEVGRU: A TROPA DE ELITE QUE MATOU OSAMA BIN LADEN

fonte: danillo ferreira


Seriados e filmes norte-americanos dão conta de algumas possibilidades táticas de atuação das chamadas forças secretas: segmentos das forças armadas e/ou policiais que atuam em sigilo, muitas vezes sem sequer saber qual o desdobramento de suas ações, ou qual a intenção real da missão a ser cumprida. Alguns desses anônimos combatentes atuaram na operação que marcou a história do combate ao terrorismo, a execução do homem mais procurado do mundo, Osama Bin Laden.

Estamos nos referindo à Naval Special Warfare Development Group, ou DEVGRU, organização militar da Marinha dos EUA que, segundo o Governo norte-americano, foi responsável pela missão de neutralizar o terrorista. O DEVGRU surgiu na década de oitenta, com o nome de “Seal Time Six”, por causa do seguinte contexto:

A criação do Team 6 foi uma resposta direta ao fiasco na Crise dos Reféns no Irã. Em 1979, logo após a deposição do xá Rezah Pahlevi, radicais islâmicos invadiram a embaixada americana em Teerã e fizeram 52 reféns. A Delta Force, grupo de elite do exército americano, tentou resgatar os diplomatas em 1980, mas fracassou. O episódio mostrou que era necessária a formação de uma equipe contra terroristas capaz de operar com o máximo de discrição. A equipe recebeu o nome de Team 6 para confundir a inteligência soviética sobre o número de equipes Seal ativos na época — na ocasião, apenas 3 existiam.

Leia mais…

Muitos boatos existem sobre a atuação e treinamento dos militares do DEVGRU, que ao lado da Força Delta, do Exército americano, é considerada a força de confiança e mais preparada do Presidente da nação mais poderosa do mundo. Especula-se que existem mais de 200 homens empregados no grupamento, treinados exaustivamente em procedimentos técnicos e táticos de inteligência e contra-inteligência, defesa pessoal, pára-quedismo, operações marítimas, tiro, montanhismo etc. Em suma, trata-se dum efetivo de componentes “perfeitos”.

O pessoal do DEVGRU atua em operações de contra-terrorismo ativo (como a que vitimou Bin Laden), antidrogas, resgate de pessoal e equipamento, sequestro de pessoal selecionado, reconhecimento estratégico, segurança especial (VIP), operações de busca e apreensão de armas de destruição em massa, proteção diplomática e suporte a forças militares convencionais.

Trata-se de uma tropa com o selo de “operadores negros”, ou Black Operatives, termo que designa a fluidez do anonimato desses agentes, que muitas vezes atuam sigilosamente fora de protocolos e normas visando o cumprimento de suas missões.

Para se ter idéia da estrutura disponível para treinamento e atuação do DEVGRU, foi informado pelo Governo dos EUA que uma casa semelhante à que supostamente estava Osama Bin Laden fora construída para treinamento e simulação da operação.

Pois bem, caro leitor… O DEVGRU é mais ou menos isto, ou pode não ser nada disso. Conspiradores chegam a dizer até mesmo que o nome da unidade é desconhecido, sendo a sigla “DEVGRU” apenas um nome fantasia. O certo é que o trabalho de atuar numa operação contra o terrorista mais procurado do mundo não pode ser delegada a qualquer militar. Só mesmo homens bem preparados técnica e psicologicamente, leais e honestos, certos de sua missão, poderiam realizar tal atuação. No mínimo, é isto que é o “DEVGRU”.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...