31 de out de 2010

FOI DADA A LARGADA, PROMULGADA A PEC 64

fonte: amai

A Mesa Diretiva da Assembleia Legislativa do Paraná assinou, na manhã da última quarta-feira, a promulgação da PEC 64/09. Assim, tem início o prazo de 180 dias para que o Governador do Paraná realize a implantação do subsídio como forma de remuneração dos policiais e bombeiros militares, através de uma lei ordinária. Esse prazo também é válido para a exigência do curso superior para o ingresso na corporação.

Durante os próximos seis meses, será realizada uma nova etapa de trabalhos, que consiste na discussão e negociação de valores e do escalonamento vertical a ser aplicado na nova forma de remuneração.

A AMAI agradece a todos os policias militares que, de alguma maneira, colaboraram positivamente para a aprovação da PEC 64/09, comparecendo nas votações na ALEP, enviando emails aos deputados e colegas de farda, colando adesivos em seus veículos, e todas as outras formas de apoio. E também aos vereadores, prefeitos, representantes de associações e demais autoridades de diversas cidades do Paraná, que participaram das audiências públicas realizadas e enviaram moções de apoio aos deputados.

A vitória pelo subsídio foi uma conquista muito importante para os policiais militares e para toda a comunidade paranaense, pois garante a valorização justa e merecida desses profissionais e melhorias na segurança pública.

NOTA DO AUTOR:

Para aqueles que votaram e ajudaram a eleger Beto Richa à governador, chegou a hora de fazer valer seu voto e cobrar o total apoio e agilidade do senhor governador do Paraná.

Segue o link para contato com Beto Richa, vamos enviar todos os dias e-mails para ele até que uma resposta positiva seja postada em seu site.

http://www.betoricha.com.br/contato

Confira abaixo o documento da promulgação.

PROMULGAÇÃO PEC 64/09

VÍDEO: FEDERAL - O FILME

fonte: g1

Essa nova safra de filmes brasileiros como "Tropa de Elite", "Nosso Lar" e agora "Federal", mostra a evolução do cinema brasileiro, antes falava-se em filmes nacionais, fugia-se do cinema, hoje vou conferir os filmes sempre com boas recomendações, os efeitos especiais estão de primeira, dignos de Holywood.

Estreou ontem nos cinemas, sexta-feira, 29 de outubro, Federal, um filme policial brasileiro que trata dos bastidores da atuação da nossa Polícia Federal.

O filme é dirigido por Erik de Castro, tendo no elenco grandes nomes como Carlos Alberto Riccelli e um dos mais festejados atores brasileiros da atualidade, Selton Mello.

Particularmente o filme parece ser bastante bom, claro, é difícil um filme competir com a febre do "Tropa de Elite 2", mas vale a pena assistir.

O elenco é de primeira e conta com a participação internacional do ator Michael Madsen.

Vejam o trailer:



VÍDEO: BÊBADO ATACA POLICIAL COM UM VIBRADOR

fonte: sedentário & hiperativo

Para descontrair um pouco e fazer os colegas policiais lembrarem o quanto a profissão policial pode nos colocar em situações inusitadas e embaraçosas.

Vejam o vídeo que se segue, aonde um cidadão bêbado usa um vibrador para reagir à ação do policial.

Muito engraçado…


Borracho ataca a un policia con un dildo

28 de out de 2010

VÍDEO: RONE PRENDE DUPLA EM ARAUCÁRIA

fonte: bo 24h

No inicio desta segunda-feira policiais da RONE prenderam dois indivíduos em flagrante no jardim Tupi com eles foi apreendido duas armas de fogo um revólver calibre 22 Argentino e uma pistola calibre 380 usada nos roubos cometidos pela dupla.

Com a dupla um veiculo Fiat Palio tomado de assalto na cidade de Almirante Tamandaré no ultimo dia (14) e estava escondido no bairro onde eles residem.

Foi preso Maicon Luiz Taborda -21 anos e seu comparsa Dionatan de Ramos Gonçalves -18 anos , ambos foram autuado por roubo a mão armada ,posse ilegal de arma de fogo e assaltos a duas panificadoras no bairro Campo do Santana -Curitiba .

A operação foi comandada pelo Tenente Souza da Rone, segundo o Tenente havia denúncia que este veiculo estava circulando no jardim Tupi levantada pelo serviço de inteligência da Policia Militar .

Foram entregues a delegacia de Policia Civil local que assume as investigações de mais broncas desta dupla.
 
 

RJ, VÍDEO: BANDIDOS ATIRAM EM POLICIAIS EM BLITZ

fonte: youtube

Já postei aqui no blogger, sobre os cuidados necessários numa Blitz Policial e o quanto este procedimento vem sendo realizado de modo equivocado pelos policiais militares brasileiros.

Por outro lado, também já escrevi sobre a importância do uso de coletes a prova de balas.

Esta matéria da Rede Record mostra o momento exato da reação de criminosos a uma Blitz realizada pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – PMERJ. Impressionante…

27 de out de 2010

VÍDEO: DESAFIO, DESCUBRA QUEM ATIROU PRIMEIRO???

fonte: youtube

Nesse vídeo apresenta dois policiais em uma instrução de tiro na APMG e o desafio é descobrir quem atirou primeiro.

Essa cena é tão rara, que somente em filmes policiais é possível de registrar, aproveite e curta o vídeo que é uma raridade.

Um dos policiais, a esquerda do vídeo, é o recém formado Sargento Ferraz, fica aqui nossos parabéns.

PESSUTI AUTORIZA CRIAÇÃO DO BOPE

fonte: aen

O governador Orlando Pessuti assinou nesta quarta-feira (27) a elevação da Companhia de Polícia de Choque da PM a Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e a criação do Grupamento de Resgate Aéreo (Graer). Os dois têm sede em Curitiba, mas irão atuar em todo o Paraná. “O Bope e Graer são duas estruturas que vão contribuir muito para a segurança pública do nosso Estado”, disse Pessuti, após a assinatura dos documentos. “Eles são um primeiro passo na preparação da segurança do Estado para a Copa das Confederações, em 2013, e Copa do Mundo 2014.”

No evento, também foram entregues 43 viaturas Blazer para as Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) e a Polícia de Choque

O governador Orlando Pessuti assinou nesta quarta-feira (27) a elevação da Companhia de Polícia de Choque da PM a Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e a criação do Grupamento de Resgate Aéreo (Graer). Os dois têm sede em Curitiba, mas irão atuar em todo o Paraná.

“O BOPE e Graer são duas estruturas que vão contribuir muito para a segurança pública do nosso Estado”, disse Pessuti, após a assinatura dos documentos. “Eles são um primeiro passo na preparação da segurança do Estado para a Copa das Confederações, em 2013, e Copa do Mundo 2014.”

“Temos grandes eventos em Curitiba e em todo o Paraná que, muitas vezes, não tinham o policiamento especializado necessário. Agora, já temos policiais militares fazendo cursos em Brasília e outras cidades do Brasil, além do exterior. Só faltava a criação das unidades”, argumentou Pessuti.

No evento, também foram entregues 43 viaturas Blazer para as Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) e a Polícia de Choque. Do total, 18 veículos se destinam às Rotam das de Curitiba (13 carros), São José dos Pinhais (3) e Paranaguá (2).

As 25 viaturas entregues à Polícia de Choque serão utilizadas em Curitiba (18), Londrina (3), Cascavel (2) e Guarapuava (2). O Governo do Paraná investiu R$ 2,086 milhões nas viaturas.

O secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Aramis Linhares Serpa, disse que as mudanças ficarão na história da Polícia Militar. “O Paraná era um dos poucos estados do Brasil que ainda não possuía constituído um grupamento aéreo na Segurança Pública”, disse.

O BOPE irá atuar na retomada de locais ou áreas ocupadas, realizará patrulhamento tático em todo o Paraná, cuidará de restabelecer a ordem em rebeliões penais e urbanas, fará escoltas especiais e agirá em situações que uma unidade de área não consegue resolver.

A Companhia de Polícia de Choque, unidade de elite da Polícia Militar, foi criada em 1964, e agora se transforma em batalhão. “Essa transformação está prevista na nova lei de organização básica, que prevê a expansão e criação de várias unidades na PM, a descentralização dos serviços e uma melhoria dos serviços prestados, em todo o Estado”, disse o comandante-geral da PM, coronel Luiz Rodrigo Larson Carstens.

Com a elevação, o BOPE ficará sob o comando de um tenente-coronel — era chefiado por um major — e terá seis companhias. Além disso, o efetivo, que atualmente é de 254 homens, será ao menos dobrado. “Também teremos novas instalações, adequadas para abrigar as seis companhias (quatro de RONE, uma de Operações Especiais e um o Canil), além de um Grupo de Negociação e Pelotão de Comando e Serviço”, diz.

“Vamos fortalecer a doutrina, a qualificação e o treinamento, para que estes homens possam enfrentar a criminalidade e prestar serviços com qualidade”, afirmou o comandante. A criação do BOPE se justifica a progressão do Estado, ao crescimento populacional, ao aumento dos índices de criminalidade e aos grandes eventos públicos que serão realizados no Paraná.

“É preciso destacar também a importância da Companhia de Choque na história desta corporação e na história das instituições. Ela cumpre um papel importante, ora garantindo as instituições para que possam exercer sua atividade, ora garantindo a proteção à sociedade, servindo como força de recobrimento na área operacional, em razão de algumas situações de maior periculosidade e em que a comunidade anseia uma resposta mais imediata da corporação”, destaca o comandante-geral.

De acordo com o comandante da Companhia de Choque, major Rui Rota da Purificação, a transformação é um avanço para o grupo. “As polícias do Brasil estão se reestruturando com as atividades de Operações Especiais. No Paraná, a partir de agora, elas também serão ampliadas para atender toda a população”, frisou.

O Grupamento Aeropolicial – Resgate Aéreo possui, até o momento, dois helicópteros. A unidade será responsável pelo policiamento aéreo, ações de socorro, Defesa Civil e operações policiais e de bombeiros, além do apoio a órgãos federais, estaduais e municípios de todo o Estado.

O grupo conta com 52 policiais militares capacitados para a atividade e necessitava, segundo o comandante-geral da PM, de segmento próprio aerotransportado para o desenvolvimento de atividades.

Os helicópteros Falcão 2 que a PM possui pode carregar até cinco pessoas. Em operações, costumam estar a bordo uma tripulação composta por piloto e co-piloto e dois policiais, um deles armado. Em resgates, os policiais são substituídos por médico e uma maca para transporte de vítimas.

Em operações de patrulha, o helicóptero voa a uma altura de 100 a 150 metros e passa informações ao Centro de Operações Policiais Militares (Copom) e a viaturas em terra.

“A aeronave pode, por exemplo, localizar um alvo em terra e indicá-lo para as viaturas”, explicou o comandante do Grupamento Aéreo, major Orlando Artur da Costa.

Também participaram do evento o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Aurélio Alves Chaves da Conceição, o subcomandante da PM, coronel Mauro Pirolo, e comandantes.

RONE PARTICIPA DE OPERAÇÃO “KOLLER”

fonte: aen

Foram cumpridos 20 mandados de prisão e mais 14 de busca e apreensão em dez municípios e que resultaram na prisão de 19 pessoas e na apreensão de dois quilos de crack, 100 gramas de maconha, eletroeletrônicos, além de documentos, como extratos bancários e correspondências. Do total de presos nesta terça-feira (26), 7 são de Foz do Iguaçu, dois de Cascavel, um de Curitiba, e o restante da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e de outras cidades no interior do Estado.

Do total de presos nesta terça-feira (26), 7 são de Foz do Iguaçu, dois de Cascavel, um de Curitiba, e o restante da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e de outras cidades no interior

A Polícia Militar do Paraná desarticulou nesta terça-feira (26) uma grande quadrilha acusada de envolvimento com tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em todo o Estado. A Operação “Koller” foi desenvolvida por meio da Força Samurai, Companhia de Choque e Serviço Reservado da PM, juntamente com o Gaeco (Ministério Público) e a Polícia Civil, em todo o Estado.

Foram cumpridos 20 mandados de prisão e mais 14 de busca e apreensão em dez municípios e que resultaram na prisão de 19 pessoas e na apreensão de dois quilos de crack, 100 gramas de maconha, eletroeletrônicos, além de documentos, como extratos bancários e correspondências. Do total de presos nesta terça-feira (26), 7 foram de Foz do Iguaçu, dois de Cascavel, um de Curitiba, e o restante da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e de outras cidades no interior do Estado.

“Cinco dos 19 detidos já estavam em delegacias ou centros de triagem por outros crimes cometidos anteriormente e receberam nova voz de prisão por envolvimento em tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Alguns dos presos agiam inclusive de dentro das prisões”, ressalta o comandante da Força Samurai e da Agência Central de Inteligência da PM, coronel Milton Isack Fadel Junior.

Os mandados foram expedidos nas seguintes cidades de Foz do Iguaçu, Prudentópolis, Curitiba, Campina Grande do Sul, Fazenda Rio Grande, Piraquara, Pinhais, Antonina, Mandirituba e Cascavel.

RETROSPECTIVA – A Operação Koller vem sendo desenvolvida desde o mês de maio deste ano com o levantamento de informações e prisões de suspeitos, além da apreensão de drogas e armas. “Essa Operação representa um avanço para a segurança pública do Paraná, e quem ganha é a população do Estado”, afirma Fadel.

Em junho, foram presas duas pessoas em Pinhais (RMC) numa oficina mecânica, e com eles apreendidos 9 Kg de crack, uma pistola calibre 380 e duas caixas de munição, que somaram 100 cartuchos. “Esta ação foi a primeira de uma série que contribuiu para desmantelar essa quadrilha, especificamente”, diz coronel Fadel.

Em Cascavel, no mês de julho, um homem foi preso com 14 quilos de crack na continuidade da Operação. Já no último sábado de outubro (23), o chefe da quadrilha foi preso em Curitiba. Ele estava vindo de Foz do Iguaçu com documentação falsa. Hoje (26), foi cumprido um mandado por tráfico em nome do mesmo suspeito que já havia sido detido por falsidade ideológica naquele dia.

SALDO - Desde o início da Operação, já foram presas 23 pessoas e apreendidos aproximadamente 30 Kg de crack, 2 Kg de cocaína, 100 gramas de maconha, 2 pistolas calibre 380, diversos equipamentos eletrônicos – como computadores, celulares, entre outros.

Foram apreendidos ainda extratos bancários, correspondências e outros documentos que caracterizam os crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. Todo o material já está à disposição da Justiça.

PB: DEPUTADOS DA PARAÍBA ACABAM DE APROVAR POR UNÂNIMIDADE A "PEC 300" DA PARAÍBA

fonte: blog destacamento de malta

Em sessão ordinária, presidida pelo deputado João Henrique (DEM), o Plenário da Asembléia Legislativa da Paraíba aprovou na manhã desta quarta-feira (27), o projeto de lei, de autoria do governo do estado, que fixa novos subsídios para policiais militares e bombeiros da Paraíba, conhecido popularmente como PEC 300.

O projeto foi aprovado após a emissão dos pareceres orais da Comissão de Constituição e Justiça, pelo deputado Gervásio Filho (PMDB), Comissão de Orçamento e Finanças, deputado João Gonçalves (PSDB) e Comissão de Serviço Público, deputado Fabiano Lucena (PSDB).

Na seqüencia os projetos que fixam novos subsídios para Polícia Civil e agentes penitenciários.
Para elaboração dos projetos, que foram apelidados de “PEC-300”, a equipe econômica e administrativa do Poder Executivo Estadual tomou como base a tabela de vencimento dos policiais de Sergipe, que efetua, por graduações, os seguintes pagamentos:
Coronel: R$ 12.401,62;

Tenente Coronel: R$ 10.784,02;

Major: R$ 9.88 5,35;

Capitão: R$ 8.599,70;

1º Tenente R$ 7.166,41;

2º Tenente R$ 5.733,13;

Aspirante: R$ 5.512,63;

Subtenente: 4.793,59;

1º Sargento: R$ 4.566,32;

2º Sargento: R$ 4.004,67;

3º Sargento: R$ 3.512,87;

Cabo: R$ 3.193,52;

Soldado 1ª classe: R$ 3.012,75

OBS: VALORES SEM QUINQUÊNIOS !!!

VÍDEO: DUAS SITUAÇÕES DE AÇÕES POLICIAIS

fonte: youtube

A sede por ver o sucesso da ocorrência pode ter desdobramentos trágicos, ou hilários.

É o caso da operação policial deste 1º vídeo, que quase vitimou um policial, e não deixa de ser muito, muito engraçado.

No 2º vídeo a falta de atenção dos policiais e a falta do uso das algemas, implicaram em uma cena digina de filme de comédia.



26 de out de 2010

MESMO COM CONDIÇÕES ORÇAMENTÁRIAS, GOVERNO NÃO PAGA A 4º PARCELA DA REESTRUTURAÇÃO

fonte: amai

De acordo com o Demonstrativo da Despesa com Pessoal do Estado do Paraná, o governo tem condições financeiras de realizar o pagamento da quarta parcela da reestruturação da Polícia Militar do Paraná, mas até agora, os policiais militares receberam apenas a três primeiras.

Quando o Projeto de Lei da reestruturação salarial foi aprovado, no início do ano de 2010, apenas as duas primeiras fases tinham data definida para serem pagas. As outras duas dependeriam das condições financeiras do governo, nos valores destinados à despesa com pessoal. A terceira parcela foi paga em agosto e agora aguarda-se o pagamento da quarta e última.

O principal problema do não recebimento desta última parcela até novembro é que os policiais não receberão o décimo terceiro salário com os valores integrais do novo soldo. É importante ressaltar também que para o restante do funcionalismo público, os valores foram pagos em uma única parcela, em junho retroativo a maio, e para os policiais militares - extremamente importantes para garantir a segurança pública à comunidade paranaense - os valores foram parcelados em quatro vezes.

A AMAI, assim como toda a corporação, espera que o Governador do Paraná, Orlando Pessutti, realize o pagamento da quarta parcela para que ela possa incidir no décimo terceiro salário, impedindo novas perdas salariais e garantindo o direito do policial militar, com a valorização necessária e merecida.

NOTA DO AUTOR DO BLOG:

Para aqueles que ficam sensibilizados com o Governo e caem no conto do vigário, alegando que o estado não tem condições de bancar os salários, clique no link abaixo.

O limite máximo de gastos com despesas de pessoal é de 49% para o limite máximo e 46,55% para o limite prudencial, de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, sendo que o estado está com o patamar de gastos em 45,03%.


Clique no link e confira o Demonstrativo do Estado do Paraná

VIGILANTES PODERÃO SER PROIBIDOS DE PORTAR ARMA DE FOGO

fonte: agência câmara

Para Solange, vigilante de banco
não precisa de arma.
Tramita na Câmara o Projeto de Lei 7314/10, da deputada Solange Amaral (DEM-RJ), que proíbe vigilantes de portas armar de fogo, exceto quando estiver trabalhando em transporte de valores. Segundo a proposta, será permitido ao vigilante, quando em serviço, utilizar somente cassetetes de borracha ou de madeira.

O texto estabelece que, durante o transporte de valores, os vigilantes poderão portar revólver calibre 32 ou 38 ou espingarda de calibres 12, 16 ou 20, de fabricação nacional.

A proposta altera a Lei 7.102/83, que estabelece normas paras as empresas de vigilância e de transporte de valores. A legislação atual permite ao vigilante portar armas de fogo em serviço, desde que a arma seja da empresa para a qual trabalha. Esta precisa ter autorização de funcionamento emitida pela Polícia Federal.

De acordo com a autora, a necessidade de proteção dos cidadãos não pode servir de justificativa para o armamento de algumas categorias sem o devido controle da sociedade. Para ela, vigilantes que desempenham suas funções no interior de agências bancárias não têm necessidade de portar arma. Hoje, a empresa que utilizar vigilante desarmado em instituição financeira está sujeita a multa.

"O vigilante que está na recepção de um estabelecimento comercial, no trato direto com um grande fluxo de cidadãos, de forma a lhes oferecer segurança, não pode funcionar como o estopim deflagrador de violências e barbáries", argumenta a deputada.

Tramitação

O PL 7314/10 está apensado Tramitação em conjunto. Quando uma proposta apresentada é semelhante a outra que já está tramitando, a Mesa da Câmara determina que a mais recente seja apensada à mais antiga. Se um dos projetos já tiver sido aprovado pelo Senado, este encabeça a lista, tendo prioridade. O relator dá um parecer único, mas precisa se pronunciar sobre todos.

Quando aprova mais de um projeto apensado, o relator faz um texto substitutivo ao projeto original. O relator pode também recomendar a aprovação de um projeto apensado e a rejeição dos demais.ao PL 4436/08, do Senado, que assegura adicional de periculosidade de 30% sobre o salário de vigilantes que fazem serviço de segurança particular.

A matéria será analisada por comissão especialComissão temporária criada para examinar e dar parecer sobre projetos que envolvam matéria de competência de mais de três comissões de mérito. Em vez de tramitar pelas comissões temáticas, o projeto é analisado apenas pela comissão especial.

Se aprovado nessa comissão, segue para o Senado, para o Plenário ou para sanção presidencial, dependendo da tramitação do projeto, antes de seguir para o Plenário.

Íntegra da proposta:

PL-7314/2010

GOVERNADOR TRANSFORMA A CIA DE CHOQUE EM BOPE

fonte: marcia santos

PAUTA DIA 27 – 10:30H – Governador cria unidades da Polícia Militar e entrega viaturas para a PM, em Curitiba.

O governador Orlando Pessuti assina na manhã desta quarta-feira (27), em Curitiba, a elevação da Companhia de Polícia de Choque da PM para Batalhão de Operações Especiais e a Criação do Grupamento Aéreo (Graer). Durante o evento, que será realizado no Quartel do Comando Geral, também serão entregues 43 viaturas para a própria polícia de Choque e para as Rondas Ostensivas Tático Motorizadas (Rotams).

O Batalhão de Operações Especiais funcionará nos moldes do Bope e terá nova sede em Curitiba. Além disso, o efetivo policial deverá ser no mínimo o dobro do existente hoje. Já o Grupamento Aéreo, que já está atuando, será oficializado e atenderá todo o Estado. A destinação das viaturas e outros detalhes serão repassados no local durante o evento.

Estão previstas as participações, além do governador, dos secretários da Casa Militar Coronel Aurélio Alves Chaves da Conceição, da Segurança Publica coronel Aramis Linhares Serpa, do comandante-geral da PM Coronel Luiz Rodrigo Larson Carstens e outros comandantes de unidades de Curitiba e Região Metropolitana (RMC).

Serviço: Governador cria unidades da polícia Militar e entrega viaturas para a PM, em Curitiba
Data: 27/10/2010
Hora: 10:30h
Local: Quartel do Comando Geral – Avenida Marechal Floriano Peixoto, 1401 – esquina com a Avenida Getúlio Vargas.
Informações: Assessoria de Imprensa da PM – 41 3304 4721

RJ: VIATURA DA PMERJ EM PEGA

fonte: youtube

O vídeo é antigo (2009), mas mostra que existem policiais irresponsáveis o suficiente para sequer merecerem vestir a farda.

Felizmente, a PMERJ puniu os PM’s que emprestaram a viatura a dois amigos para participarem de um pega.

25 de out de 2010

PB: GOVERNADOR EM EXERCÍCIO ASSINA PROJETO DE LEI IDÊNTICO A PEC 300

fonte: pb agora

Paraíba - O Projeto de Lei apelidado de "PEC 300" acaba de ser protocolado na Assembleia Legislativa, na noite desta quarta-feira, (20). O teor do PL trata por parte do Poder Executivo do reajuste dos salários dos policiais militares, civis e do corpo de bombeiros com base na PEC 300, que tramita no Congresso Nacional.

A assinatura do documento estava prevista para acontecer na tarde desta quarta na Assembleia Legislativa, mas, um impasse provocou o atraso e a ida do chefe da Casa Civil do Estado, Inaldo Leitão, até a casa do governador em exercício, Ricardo Marcelo, que havia chegado de uma viagem ao Sertão do Estado, para que ele assinasse a PL.

Com a assinatura, o projeto foi protocolado e encaminhado ao presidente da Assembléia Legislativa, João Henrique, que entendeu por bem estender o expediente para aguardar a chegada do projeto à Casa de Epitácio Pessoa.

O projeto contempla os policiais militares, civis e bombeiros da Paraíba com aumentos nos moldes da Proposta de Emenda Constituicional - PEC 300, proposta que ainda não foi aprovada no Congresso Nacional. A medida também vai contemplar os aposentados e pensionistas do Estado.

Valores

Para elaboração dos projetos, que foram apelidados de “PEC-300”, a equipe econômica e administrativa do Poder Executivo Estadual tomou como base a tabela de vencimento dos policiais de Sergipe, que efetua, por graduações, os seguintes pagamentos:

Coronel: R$ 12.401,62;
Tenete Coronel: R$ 10.784,02;
Major: R$ 9.885,35;
Capitão: R$ 8.599,70;
1º Tenente R$ 7.166,41;
2º Tenente R$ 5.733,13;
Aspirante: R$ 5.512,63;
Subtenente: 4.793,59;
1º Sargento: R$ 4.566,32;
2º Sargento: R$ 4.004,67;
3º Sargento: R$ 3.512,87;
Cabo: R$ 3.193,52;
Soldado 1ª classe: R$ 3.012,75

20 de out de 2010

RONE PRENDE QUATRO E APREENDE COCAÍNA E VEÍCULOS EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

fonte: marcia santos

Quatro homens foram detidos e 1 kg de cocaína e R$ 4 mil apreendidos, além de dois veículos e uma moto, por policiais Militares da Rondas Ostensivas de natureza Especial (Rone), da Companhia de Polícia de Choque da PM, na tarde desta terça-feira (19), em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Os dois carros eram de Santa Catarina (SC) e a moto de São José dos Pinhais.

Segundo informações do sargento Gilberto Silva, Comandante da equipe Rone, que atendeu a ocorrência, policias do Serviço Reservado da Companhia davam conta de que pessoas entregariam drogas em uma determinada rua, na cidade da região metropolitana. “Chegando ao local verificamos que dois homens saíram de um Citroen prata e um deles entregou alguma coisa para um casal. Em seguida, a dupla saiu no carro e o casal em uma moto”, conta o sargento.

No entanto, segundo ele, outras viaturas já estavam nas proximidades e foi possível abordar todas as pessoas a menos de meia quadra do local inicial. “No interior do Citroen havia a chave de um veículo Saveiro. Com eles a PM apreendeu os R$ 4 mil, que segundo a PM, receberam do casal. Questionado, um dos ocupantes disse que vieram em dois carros e o outro estava estacionado a uma quadra dali”, revela o policial. No local indicado, realmente o veículo foi encontrado. “Tudo isso ocorreu em minutos”, completa.

Com o casal a PM apreendeu meio quilo de cocaína, que havia sido adquirida minutos antes, segundo o policial. Ainda de acordo com ele, a garota admitiu ter mais cocaína em sua residência. “No apartamento encontramos mais meio quilo de cocaína, uma balança de precisão e tabletes de maconha, que somados resultaram em 130g”, conta o Sargento.

Foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil local Danilo Pivotti, de 65 anos; Eudo Alves da Silva, de 33 anos; Arquimedes Ricardo Machado, de 20 anos e Vanessa Carolina Mendes, de 18 anos. A droga, o dinheiro e os materiais apreendidos também foram enviados à Delegacia.


Quarteto foi preso ontem, após vender meio quilo de cocaína

DEPUTADOS APROVAM REDAÇÃO FINAL DE PEC QUE IMPLANTA SUBSÍDIO PARA POLICIAIS

fonte: alep

Os deputados aprovaram nesta quarta-feira (20) a redação final da Proposta de Emenda à Constituição, a PEC 64, que determina a implantação do subsídio como forma de remuneração dos policiais militares e civis do Estado. Para entrar em vigor, a PEC precisa agora ser sancionada pela própria Assembleia Legislativa, de acordo com o regimento interno da Casa. Neste caso, a proposta não é avaliada pelo governador do Estado, Orlando Pessuti (PMDB), como acontece com os demais projetos que tramitam na Assembleia.

DILMA CONCORDA COM VETOS AO NOVO CÓDIGO FLORESTAL E PROMETE PISO SALARIAL PARA POLÍCIAS

fonte: o globo

SÃO PAULO. Às vésperas da reunião sobre o apoio do PV no 2º turno, a candidata Dilma Rousseff (PT) enviou uma carta a Marina Silva na qual se compromete a vetar itens polêmicos do novo Código Florestal, como a anistia aos desmatadores e a redução das áreas de reserva legal e preservação permanente. A petista assinala concordância com a agenda verde relativa à Educação, Seguridade Social, Política Externa, Gastos Públicos, Reformas Tributária e Política, mas faz ressalvas pontuais, como na moratória à criação de usinas nucleares e a supressão de IPI para veículos elétricos e híbridos.


O texto de Dilma também revela pontos de seu programa de governo que ainda são desconhecidos, como a iniciativa de enviar uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) para criar um piso nacional salarial para os policiais. A petista também promete criar um "Sistema Único de Segurança Pública".

"Sobre o Código Florestal, expresso meu acordo com o veto a propostas que reduzam áreas de reserva legal e preservação permanente, embora seja necessário inovar em relação à legislação em vigor. Somos totalmente favoráveis ao veto à anistia para desmatadores", escreve Dilma.

Esses pontos são alvo de disputa entre ambientalistas e setores do agronegócio, que agora pressionam a candidatura do adversário, José Serra (PSDB).

Na segurança, Dilma deixa clara a urgência com a qual pretende aumentar os salários das polícias, com um "pacto" entre os governos federal, estaduais e municipais:

"A necessidade indiscutível de um piso nacional de remuneração para policiais tem de ser objeto de um pacto entre a União, os Estados e os Municípios. Essas e outras questões deverão ser objeto de uma PEC a ser enviada no menor prazo possível, consultados os entes federativos".

Dilma diz também que concorda com o controle de gastos públicos _ o tema de ajustes fiscais é recorrente na campanha _ mas afirma que as despesas com pessoal devem ser excluídas.

"Consideramos necessário afastar-nos de um conceito conservador de custeio que traz embutida a noção de Estado mínimo. A eficiência do Estado está ligada à qualificação dos servidores públicos. Daremos prioridade ao provimento de cargos com funcionários concursados", diz o texto.

14 de out de 2010

VÍDEO: RONE ATUANDO NA REGIÃO OESTE DO PR

fonte: ministeriocasaiscvel

Vídeo amador que mostra as viaturas RONE, preparando-se para atuar na região oeste do PR.

A missão era cumprimento de mandados de prisão a traficantes e roubo de cargas.

RONE: VÍDEO INSTITUCIONAL

fonte: youtube

STJ: É LEGAL A PRISÃO EM FLAGRANTE BASEADA EM TESTEMUNHO EXCLUSIVO DE PM'S

fonte: stj

Para o auto de prisão em flagrante ser válido não é necessário constar testemunhos civis. Ou seja, é legal a prisão em flagrante embasada no testemunho exclusivo de policiais militares. A decisão é da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A defesa sustentou que a prisão seria formalmente nula, já que a acusação fora feita pelo policial que conduziu o preso à delegacia e os outros dois testemunhos dos fatos também seriam policiais.

O desembargador convocado Celso Limongi, relator do habeas corpus, citou jurisprudência do STJ para concluir que o auto de prisão em flagrante independe de testemunhas civis para ter validade. O relator também afastou a apreciação das alegações da defesa que não foram examinadas pelas instâncias ordinárias relativas à liberdade provisória. As informações são portal do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

PAUTA DIA 14 – 16H30: PESSUTI CRIA 4.º COMANDO REGIONAL DA PM EM PONTA GROSSA

fonte: aen

O governador Orlando Pessuti assina nesta quinta-feira (14) o decreto de criação do 4.º Comando Regional da Polícia Militar de Ponta Grossa. O Comando ficará responsável por centralizar e coordenar o controle administrativo e operacional das unidades de Telêmaco Borba, Guarapuava, União da Vitória, Lapa, Irati e Ponta Grossa.

Durante o evento, serão entregues duas ambulâncias, para atender os policiais militares e bombeiros da região, além de sete viaturas.

PAUTA DIA 14 – 12H30: GOVERNADOR CRIA COMPANHIA DA POLÍCIA MILITAR EM IRATI

fonte: aen


O governador Orlando Pessuti assina nesta quinta-feira (14) o decreto de criação da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar de Irati. Durante o evento, será entregue uma viatura para atender a nova unidade.

A criação da Companhia possibilitará maior autonomia à polícia de Irati, que é vinculada ao 1º Batalhão da Polícia Militar de Ponta Grossa.

A partir das 10h, o secretário da Segurança Pública, coronel Aramis Linhares Serpa, participará de uma audiência pública com autoridades e sociedade civil para apresentar os dados referentes à segurança do município.

GOVERNADOR PESSUTI LIBERA RECURSOS PARA SEGURANÇA EM MARINGÁ

fonte: aen

00">

O governador do Paraná, Orlando Pessuti, criou nesta quarta-feira (13), em Maringá, o 3o Comando Regional da Polícia Militar do Paraná e a 4a Companhia da PM em Sarandi, segundo maior município da região metropolitana de Maringá. “É mais uma ação firme e forte em favor da segurança pública”, afirmou o governador.

Pessuti também anunciou processo licitatório para construção do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e oficializou convênio que viabiliza aumento no número de bombeiros, que atuam no aeroporto, bem como aquisição de mais um caminhão especial para prevenção e combate de incêndios no local.

A criação do 3o Comando Regional da PM e da 4a Companhia de Sarandi fazem parte das 25 ações que serão feitas no Paraná para reestruturar a polícia. O 3o Comando atenderá as regiões de Maringá, Paranavaí, Campo Mourão, Cruzeiro do Oeste e Umuarama. “São duas importantes conquistas, já reivindicadas há mais de 34 anos”, disse o comandante Geral da Polícia Militar, Rodrigo Larson Carstens.

Segundo o comandante, o 3o Comando atuará de forma descentralizada aproximando a Polícia Militar das representações políticas e sociais. O governador Orlando Pessuti destacou que a 4a Companhia de Sarandi, irá dobrar o número de policiais na cidade. O prefeito, Carlos Alberto de Paula, informou que o terreno onde será construída a companhia foi doado pela prefeitura para o governo estadual. “ É o reconhecimento do governo estadual do crescimento e da importância de Sarandi”, afirmou Carlos Alberto de Paula.

Outra ação direcionada a segurança pública anunciada nesta quarta-feira foi a construção do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública. O Ciosp corresponde a um investimento de R$ 1,9 milhão e representa agilidade de atendimento, segundo o comandante geral dos Bombeiros de Maringá, coronel Ferreira. “Todos os órgãos de segurança estarão no mesmo local e isso facilita o trabalho”, disse. O prefeito de Maringá, Silvio Barros, afirmou que a prefeitura vai colaborar para implantação do 3o Comando Regional e do Ciosp.

AEROPORTO - O convênio firmado entre o governo estadual e a SBMG, empresa responsável pela administração do aeroporto de Maringá, altera a categoria do aeroporto de cinco para sete. Isso significa que o aeroporto torna-se apto a receber aviões de carga. Hoje são operados apenas voos comercias. Serão mais 30 bombeiros e um caminhão especifico para combate e prevenção de incêndios em aeroportos que será adquirido via licitação internacional no valor aproximado de R$ 1,5 milhão.

De acordo com o governador, investimentos no aeroporto de Maringá trazem benefícios para todo o Paraná. Ele ressaltou que existe uma negociação com o governo federal para que aeroportos do estado sejam reestruturados.

Pessuti lembrou que com a reestruturação da polícia estadual, 2 mil policiais serão inseridos nos trabalhos de prevenção e combate ao crime no Paraná. “Mil e sescentos policiais militares estão em treinamento e devem começar a agir em, aproximadamente, 30 dias”, afirmou.

13 de out de 2010

ESTAMOS DE LUTO!!!


O blogger B.O. de Stive, lamenta mais um companheiro que tombou no cumprimento do dever.

Essa ocorrência foi mais lamentável ainda, pelo motivo do policial estar atendendo uma ocorrência de pertubação de sossego, ou seja, era uma situação de educação entre vizinhos, do que uma ocorrência policial.

Nossos sinceros pêsames aos familiares e amigos do Soldado QPM 1-0 FABRICIO SBRISSA.

Equipe B.O. de Stive

POLICIAL MILITAR É MORTO DURANTE ATENDIMENTO À OCORRÊNCIA, EM CURITIBA

fonte: marcia santos


A Polícia Militar do Paraná abrirá uma sindicância e um Inquérito Policial Militar (IPM) nesta quarta-feira (13) para apurar os fatos que circundam a ocorrência que resultou na morte de um policial militar (lotado no 13º Batalhão da Polícia Militar – BPM), atendida no final da noite desta terça-feira (12), no Bairro Fazendinha, em Curitiba. Além do PM, um jovem de 22 anos também foi baleado. O autor dos disparos, Benedito Claudemir Delboni, de 47 anos, também foi atingido, e encaminhado pelo Siate ao Hospital.

Os integrantes das equipes que atenderam a ocorrência relataram que os policiais atendiam a um chamado do sistema 190 de que um homem estaria ameaçando os vizinhos com uma arma de fogo, na Rua Pedro Polatti. No momento que conversavam com os moradores, um homem saiu da residência, totalmente embriagado, e atirando com arma de fogo contra os policiais e as pessoas que ali estavam.

“Durante os disparos o policial foi atingido no pescoço e um vizinho, no abdômen; o policial foi levado ao Pronto Socorro pelo companheiro, e o jovem, pelo Siate”, o Aspirante Ricardo Cruz da Silva, do 13º BPM. O autor dos disparos fugiu. O reforço policial foi chamado e uma equipe da Rondas Ostensivas de natureza Especial (RONE), da Companhia de Choque, conseguiu localizar Benedito nas proximidades.

“Tentamos abordagem, mas ele novamente atirou contra a equipe, que revidou”, conta o tenente Arnaldo Luiz Pereira Filho, comandante da Equipe RONE. Um revólver calibre 38, com numeração suprimida, foi apreendido com Benedito, que já respondia por inquérito. A mulher dele, de 42 anos, também foi detida por co-autoria do crime.
 
O homem de 47 anos foi encaminhado ao Hospital Evangélico, mas também não resistiu.


O Comandante-Geral, no uso das suas atribuições legais e com base no que estabelece o Art. 468 do Decreto nº 7339, de 08 de Junho de 2010 – RISG (Regulamento Interno e dos Serviços Gerais da Polícia Militar), declara Luto Oficial na PMPR, na data de hoje, em razão do falecimento do Soldado QPM 1-0 FABRICIO SBRISSA , no município de Curitiba.


Curitiba, Pr, 13 de outubro de 2010

Coronel QOPM Luiz Rodrigo Larson Carstens
Comandante-Geral

RECOMENDAÇÃO

Considerando que o Art. 468 do novo RISG, Regulamento Interno e dos Serviços Gerais da Polícia Militar, estabelece que “O luto oficial na PMPR, em decorrência do falecimento de militares estaduais ativos ou inativos, terá seu procedimento estabelecido pelo Comandante-Geral”, recomendo:

As unidades que possuam mastros de bandeiras deverão hastear a bandeira insígnia de comandante e a bandeira do Paraná a meio mastro, ficando as demais bandeiras hasteadas por completo, no dia de hoje.


Curitiba, Pr, 13 de outubro de 2010


Coronel QOPM Luiz Rodrigo Larson Carstens
Comandante-Geral

12 de out de 2010

HELICÓPTERO AJUDA RONE A PRENDER ASSALTANTES

fonte: aen

Um trabalho conjunto realizado no final da tarde deste sábado (09), entre o Grupamento Aéreo e a Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), da Companhia de Polícia de Choque da Polícia Militar, resultou na detenção de dois homens que haviam cometido roubo contra um estabelecimento comercial, na área central de Curitiba, e empreendido fuga com uma moto. Com eles, foram encontrados dinheiro e arma de fogo.

Foram detidos Diogo Cit dos Santos, de 21 anos (com uma arma de fogo – pistola Taurus 380) e o piloto da moto Gilmar dos Santos Mesquita, de 27 anos (com R$ 500,00 no bolso). Ambos são moradores de Pinhais. Na casa de Gilmar a PM localizou mais R$ 145,00. A dupla, os materiais apreendidos e a moto foram encaminhados à 1ª Delegacia de Polícia civil, em Curitiba.

Helicóptero - “A participação do helicóptero nesta operação foi essencial, pois possibilitou visualizar os suspeitos e orientar a equipe da RONE, que realizou a abordagem e prendeu os dois”, conta o Major Orlando Artur da Costa, Comandante do grupamento Aéreo e que participou da operação. Houve um chamado por meio do 190, dizendo que dois homens haviam roubado uma loja, localizada na Avenida Sete de Setembro, maltratado funcionários, e deixado o local em uma moto Titan Azul.

“Imediatamente, ao receber a informação, seguimos para a loja, coletamos mais informações como as características do veículo e dos suspeitos, bem como o rumo tomado por eles. Prontamente acionamos o helicóptero do Grupamento Aéreo, para nos auxiliar”, explica o sargento Anísio Eliezer Moreira, que comandou a equipe RONE.

O major Artur confirma que as informações repassadas pela RONE facilitaram o trabalho da equipe aérea. “Recebemos a descrição da moto, uma Titan azul, e a informação de que um dos homens usava capacete branco e outro um vermelho, bem como o possível trajeto. Em pouco tempo conseguimos visualizá-los no semáforo da Rua Guabirotuba com a BR 277, sentido Pinhais.

De acordo com o major, a dupla furou o sinal vermelho e o helicóptero acompanhou a motocicleta, sempre passando as coordenadas para a equipe RONE, que deteve os homens em frente à Coca-Cola, na BR 277. Também participaram da operação, policiais do Serviço Reservado.

RONE PRENDE ASSALTANTE EM FLAGRANTE COM ARMA E DROGAS

fonte: marcelo vellinho

Tiago: armas e drogas
Identificado como autor de pelo menos dois assaltos a estabelecimentos comerciais, Tiago de Jesus Albuquerque, 25 anos, foi preso em flagrante na tarde de ontem, na Rua Salgado Filho, Jardim Esplanada, em Pinhais. Com ele, a polícia encontrou uma arma, drogas e dinheiro.

“Recebemos denúncia de onde morava um dos envolvidos no assalto a um salão de beleza, ocorrido na tarde de quinta-feira, na Vila Maria Antonieta. Conseguimos abordá-lo e ele confessou o crime”, afirmou o sargento Balles, da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE).

Tiago foi flagrado com uma pistola calibre 765, cerca de 160 gramas de maconha, 104 pedras de crack e uma pedra grande da mesma droga, de 26 gramas. Na casa, ainda foram encontrados R$ 700 em dinheiro e um secador de cabelo, que teriam sido roubados do salão. De acordo com testemunhas, Tiago agiu acompanhado de um comparsa, que não foi localizado.

Reconhecido

O suspeito foi levado à delegacia de Pinhais, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, roubo e posse ilegal de arma de fogo. Ele já esteve preso por roubo e deixou a cadeia há cerca de 15 dias. Na tarde de ontem, vítimas de dois assaltos o reconheceram.

“Ele teria roubado uma loja e o salão de beleza, mas é possível que haja mais vítimas”, afirmou o delegado Fabio Renato Amaro da Silva Junior. Quem reconhecer Tiago pode informar a polícia no telefone 3667-1598.

GOVERNADOR ASSUME COMPROMISSO COM MILITARES E PROMETE PEC 300

fonte: wscom online


Ao aplicar PEC 300 na Paraíba, governador abre precedente para policiais militares de todo o País receberem melhores vencimentos

PARAÍBA - O governador José Maranhão (PMDB) se reuniu, na noite desta sexta-feira (08) com entidades representativas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros da Paraíba e garantiu que vai equiparar os vencimentos da categoria ao que é pago pelo Estado de Sergipe – uma das melhores remunerações do Brasil e a melhor do Nordeste.

Com o envio de um projeto de Lei à Assembleia Legislativa da Paraíba, o governador José Maranhão implantará de imediato quase a totalidade do que prevê a PEC 300, que tramita no Congresso Nacional e é uma antiga reivindicação dos policiais, além de sinalizar o empenho da atual administração em reestruturar a Segurança Pública para os paraibanos. A medida também abrirá um precedente para que a remuneração dos policiais militares e bombeiros de todo o Brasil também seja elevada.

Maranhão destacou que essa luta da categoria, na realidade, existe há muitos anos e que apenas dois Estados aderiram à proposta.

“Primeiro foi Sergipe. Agora, será a Paraíba. Saio na frente porque em Sergipe, do diálogo até a execução, houve uma duração maior. Aqui a decisão do governo em encampar a proposta da PM foi mais rápida. E os representantes da categoria vieram agradecer essa decisão”, acrescentou.

Ele ainda avaliou a reunião como muito produtiva, pois outros problemas vividos pelos policiais militares também foram debatidos.

O subtenente Marcílio Braz, presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos, disse que a expectativa agora é a melhor possível.

“O governador se comprometeu em equiparar os salários – de soldado a coronel – ao que ganham hoje os policiais militares de Sergipe, que é um dos melhores vencimentos do Brasil. A expectativa é que vamos começar 2011 com um bom orçamento e assim vamos trabalhar com mais dedicação”, ressaltou.

O coronel Maquir Cordeiro, presidente da Caixa Beneficente, lembrou que esse pleito já tinha sido levado ao governador que antecedeu Maranhão.

“Mas, dessa vez o governador Maranhão, que já vinha estudando a possibilidade de implantar a mesma legislação que rege os vencimentos dos policiais sergipanos, nos garantiu que vai enviar um Projeto de Lei equiparado para a Assembleia Legislativa do Estado”, observou o coronel, ressaltando que essa foi uma grande conquista.

“Saímos daqui satisfeitos e alcançamos um objetivo que a corporação há muito tempo não conquistava: melhores salários. Saímos daqui conscientes disso. Para chegar aonde chegamos só mesmo com o diálogo que é a base de tudo e é possível com esse governador”, avaliou o vice-presidente do Clube dos Oficiais, coronel Getúlio Bezerra.

A presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, cabo Eliane Santos, também ressaltou o diálogo com o governador Maranhão. “Estou saindo feliz com o espaço que tivemos com o governador. Essa é uma luta antiga e esperamos que dessa vez se cumpra, pois ele tem palavra firme. O saldo é positivo”, disse.

Vale ressaltar que além de Maranhão implantar os novos vencimentos, com base na remuneração dos policiais de Sergipe, também assumiu o compromisso de interceder pela categoria, junto à sua bancada federal em Brasília para que aprovem a PEC 300.

Avanços da Segurança Pública – Em pouco mais de um ano e oito meses de gestão, José Maranhão já conseguiu implantar muitas melhorias para a Polícia Militar. Em 2009 foram capacitados 1.950 policiais, entre formados, capacitados e especializados. Antes mesmo de 2010 acabar já terão passado por treinamentos e capacitações 2.400 homens da corporação. Além disso, o governo do Estado adquiriu 129 caminhonetes para a PM e outros 30 veículos novos para a Polícia Rodoviária Estadual, entre outras melhorias.

PEC 300 – A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 300), que altera a Constituição Federal de 1988, em sua versão original, expressa que a remuneração dos Policiais Militares dos Estados não deve ser inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se também aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e aos inativos.

POLICIAIS PARANAENSES PARTICIPAM DAS GRAVAÇÕES DE TROPA DE ELITE 2

fonte: marcia santos

Todo mundo sabe que o filme brasileiro Tropa de Elite 2 está na tela de todos os cinemas do país. No entanto, o que pouquíssimas pessoas sabem é que cinco policiais militares paranaenses estão no longa-metragem como personagens. Eles participaram de quatro etapas das gravações, todas realizadas nos primeiros três meses deste ano. O tenente Gildo Cézar dos Santos Lima, os cabos Anderson José Vaz e Claudio Roberto Pereira Ramos e os soldados Aurélio e Erlon Franck Krum são figurantes no filme de ação.

Os paranaenses desempenham papéis de policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Rio de Janeiro (RJ), no filme. Eles fizeram parte de um grupo de 80 policiais militares, escolhidos entre 500 inscritos, vindos de todas as instituições militares estaduais do Brasil, e alguns de Portugal e até do Uruguai. As gravações foram feitas no Caveirão (Batalhão de Operações Especiais – BOPE), no bairro Laranjeiras, Zona Sul do Rio de Janeiro, e no Morro Dona Marta.

A participação dos policiais paranaenses foi por meio do Centro Avançado em Técnicas de Imobilizações (CATI), uma escola de treinamento brasileira, localizada no Espírito Santo (ES), e que fez parceria com a produção do filme, a Globo Filmes. “A idéia de utilizar policiais foi para dar maior veracidade à atuação e treinamento técnico e específico aos atores”, conta o tenente Lima. Os policiais paranaenses conviveram intensamente com Dudu Nobre (Cantor), que também fez papel de policial, e André Ramiro (ator), que fez o papel do Capitão Matias.

“Além de ser gratificante para cada um pessoalmente, em contato com policiais militares de todo o país, ouvimos comentários positivos em relação à Polícia Militar; é o respeito que a PM conquistou em todo o Brasil. Ouvimos muitos elogios referentes à Corporação paranaense”, afirma. A escolha de cinco paranaenses, enquanto outros estados, como o Rio de Janeiro (sede do Bope), tiveram apenas um para o filme, mostra o potencial da PM do Paraná.

O soldado Aurélio, da Força samurai, um dos cinco participantes, concorda que o convite eleva o nome da Polícia Militar do Paraná, além de trazer uma satisfação individual. “Na verdade, não traz bagagem somente para minha carreira, entendo que acrescenta muito, inclusive, para a PM paranaense”, diz. “Foi uma experiência única ter participado deste filme, principalmente, com grandes atores brasileiros, de renome internacional; algo que levamos para a eternidade”, acrescenta.

Também mostra, segundo Aurélio, o nível de treinamento dos militares estaduais paranaenses. “De 500 policiais, foram selecionados 80 e, destes, cinco do Paraná, para nós isto é gratificante”, frisa. As cenas gravadas pelos paranaenses são: dentro do Caveirão (orientações do Coronel Nascimento), no morro Dona Marta (entrada na favela) e no cemitério (morte de um integrante do Bope).
Também garante que não vai esquecer a experiência vivida no Rio de Janeiro o soldado Frank, terceiro integrante do grupo. “Só quem vive uma situação como estas consegue mensurar o que traz de diferente em nossas vidas. Conhecemos pessoas e locais diversos, os bastidores de uma grande produção, além de conviver com outros policiais militares e poder trocar experiências”, revela. Para ele, é uma vivência única.

Para participar, os policiais deveriam ter curso de Operações Especiais em seus currículos, e atuarem ou terem atuado em grupos especiais ou de elites em suas corporações. “Todos deveriam ter passado por treinamentos específicos e atuado em grupos táticos, e eu trabalhei 14 anos, dos 19 que tenho de polícia, na Companhia de Polícia de Choque e hoje estou na Rondas Tático Móvel (Rotam); meus companheiros também vivenciaram isso”, conta o cabo Cláudio.

Antes das gravações, segundo Cláudio, os policiais participaram de treinamentos com o Bope, como progressão em favelas, corridas, abordagens e outras ações específicas dos grupos táticos. “Passamos por uma seletiva, e todos os paranaenses obtiveram excelentes resultados. Além disso, todo policial que atua nestes grupos quer conhecer o Bope e a Rota, de São Paulo, por exemplo; e nós conhecemos um deles agora”, revela. “Quando fiquei sabendo que fui escolhido foi uma surpresa e uma alegria ao mesmo tempo, mas sempre me aperfeiçoei e fiz diversos cursos”, disse Cláudio.

Mesmo nunca tendo atuado como ator, o cabo Anderson conta que não foi difícil participar das gravações. “Somente colocamos em prática aquilo que faz parte de nossa rotina, o trabalho policial; a experiência nova foi atuar, saber como funciona por trás das câmeras, e repetir várias vezes a mesma coisa até ficar perfeito”, enfatiza. Para ele, também surpreendeu a visão que os outros estados têm da Polícia Militar do Paraná. “Somos muito respeitados lá fora”, garante Anderson. O policial paranaense também destacou a integração dos profissionais de segurança pública de várias regiões do país.

INÍCIO – Antes das gravações os policiais militares escolhidos passaram três dias no Rio de Janeiro, aprendendo sobre o Bope e passando por treinamentos específicos, além de dividirem conhecimentos locais com os outros policiais. Este primeiro treinamento foi somente entre policiais. “Não foi tão difícil de organizar, pois todos os policiais envolvidos possuíam treinamento parecidos”, conta Lima.

Em seguida, os policiais tiveram contato com os atores e receberam treinamentos de como se comportar diante das câmeras, com parte do elenco. “Tivemos contato com os atores, passamos orientações e aprendemos também”, diz Aurélio. “Foi uma experiência interessante. Repassamos tudo o que podíamos sobre nossas experiências para os atores, como por exemplo para André Ramiro”, diz Frank.

O cabo Cláudio disse que foram alguns dias para que os atores e os policiais ficassem afinados como mostra o filme. “Fomos para lá em todas as filmagens, participamos, viajamos juntos. O companheirismo aumentou mais ainda nesse grupo. Fizemos amizade com o pessoal da Força Tática de São Paulo, que nos apoiou, pois eles já conheciam o Rio de Janeiro”, destaca Lima. Este policial também fez em novembro um teste de dublê.


APRENDA COM OS ANTIGÕES

fonte: desconhecido

Após alguns anos de serviço, uma das coisas mais importantes que fiz foi ouvir e observar os policiais mais antigos ou experientes.

O termo ANTIGO é relativo, pois pode significar alguns anos a mais de serviço ou a experiência prévia trazida de outra força policial. Mas mesmo assim esses policiais sabem das coisas.

Então, o segredo é ouvir os policiais experientes, acreditar nas histórias que contam e colocar seus ensinamentos em prática na sua própria vida. “Quando você estiver chegando, tire o cinto de segurança!”; “Eu só atiro quanto tenho certeza!”; “Se puder beber, comer e descansar; beba, coma e descanse. Você não sabe quando poderá fazer isso de novo!”; “Policial não trabalha sozinho!”; “Calma! Ele vai continuar traficando, então a gente prende ele depois!”; “Algeme pra trás!”; “Não vá fazer m... hein!” e “Polícia não foi feita pra ajudar ninguém, mas no mínimo para atrapalhar!” são algumas frases que ouvi destes policiais.

Portanto, o que eu aprendi a partir disso abrange desde técnicas de sobrevivência até regras de comportamento que talvez tenham salvo minha vida em ocasiões que eu sequer percebi.


Não acredite em ninguém
Provavelmente, uma das coisas mais importantes que aprendi nesses anos é que as pessoas mentem. E não importa se são avós, pais, filhos, esposas, maridos, irmãs, irmãos, vizinhos, amigos, trabalhadores, desempregados, ateus, crentes, testemunhas ou mesmo suspeitos, pois todos eles mentem. Apesar de não mentirem sempre, com certeza todos eles mentem quando você conversa com eles.

Criminosos sempre mentem. Sempre. E eles vão lhe encarar direto nos olhos, transparecendo seriedade e inocência, e você será tentado a acreditar neles. Não acredite, porque eles estão mentindo.


Observe as mãos
Se um suspeito for lhe atacar, ele vai usar as mãos. Então, algeme qualquer um que transmita a impressão de que vai dar mais trabalho, mesmo que ele não goste disso. “Minha segurança em primeiro lugar, depois o sentimento alheio!” foi o que ouvi de alguém. Certa vez um preso me disse que eu não precisava algemá-lo porque ele iria se comportar. Bem, eu o algemei e disse que aquilo era para a segurança dos policiais e não pra dele. Ele não gostou nada, mas o fato é que eu ainda estou vivo, e aproveitando cada dia de sol. Lembre-se, quem diz como o trabalho policial deve ser feito é você e não o preso.

“As mãos matam!”. Foi o que disse um professor de tiro da Academia Nacional de Polícia. Então, observe as mãos constantemente já que você estará correndo risco até que consiga controlar as mãos do criminoso. Além disso, nenhuma academia de polícia ensina como algemar presos pela frente; e se o mundo inteiro algema criminosos para trás, você deve fazer o mesmo.

Sempre trave sua algema. Se ela não dispõe de um sistema de trava, então você deve descartá-la. Por quê? Porque todo delinquente é mentiroso, chato e folgado. Por isso, se sua algema não estiver travada, ele vai reclamar que ela está apertando até que você o algeme para frente. O problema é que algemado para frente, o bandido pode fugir, lutar contra você ou sacar sua arma.

Se você estiver entrevistando um suspeito e ele olhar para um lado, depois para o outro, e então sobre os seus ombros, provavelmente ele está procurando um lugar para onde correr. Algeme-o antes que ele fortaleça esta ideia e tome uma decisão.

Não adquira o hábito de colocar suas próprias mãos nos bolsos ou cruzar os braços na frente de um suspeito. Isso pode transmitir a impressão de que você é relaxado ou negligente. Além disso, você pode precisar dessas mãos para se defender. Então, é preciso que elas estejam disponíveis logo.

Faça uma busca pessoal. Faça outra busca pessoal
Em 28/05/2009 um policial civil foi assassinado e três foram feridos durante a condução de um preso. O preso foi detido pela Polícia Militar por estar embriagado e perturbando a ordem.

O suspeito foi levado à delegacia da Polícia Civil e colocado numa cela. Ao ser retirado do local, ele tirou um canivete da cueca e golpeou os policiais.

O investigador O.S. foi atingido no ombro e morreu em seguida; a escrivã A.G. recebeu dois golpes, um na cabeça e outro quase no pescoço; o policial M.M. foi gravemente ferido no abdômen e a investigadora M.S. também foi ferida.

O preso só foi contido quando a policial R.M.M. atirou na perna dele. Ao que tudo indica, as buscas pessoais realizadas pelas polícias foram mal conduzidas ou não foram feitas.

Portanto, se outro policial lhe entregar um preso, faça uma nova busca pessoal antes de assumir a custódia, mesmo que você tenha acabado de ver aquele policial fazer isso.

Faça uma busca pessoal em qualquer pessoa que esteja perto o suficiente para manter contato físico numa situação que pode se tornar crítica ou se você tiver a menor suspeita sobre algo.

Se você não se sente à vontade em “apalpar” alguém, você ainda pode realizar uma busca pessoal minuciosa. Assim, leve o suspeito até um cômodo reservado (cela, quarto, etc.) e mande que ele retire toda a roupa, mas uma peça de cada vez que deve ser entregue na sua mão. Reviste cada peça de roupa. Ordene que o suspeito, ainda nu, se agache de frente e de costas. Mande que ele levante os braços e depois as solas dos pés. Ordene que ele esfregue os cabelos com as mãos, depois abra a boca e ponha a língua para fora.

Dê uma geral em qualquer pessoa que entre na viatura, mesmo que seja aquele informante que já ajudou a polícia centenas de vezes. Afinal, informantes também são criminosos. Faça o mesmo ao colocar ou retirar um preso da cela. Reviste os bancos e o cubículo da viatura antes e depois de colocar um custodiado dentro do carro. É quando você pode achar drogas, lâminas, anotações, celulares, armas, etc.

Armas e equipamentos
Sua arma deve estar pronta, envolvida por um coldre de qualidade ou por suas mãos, e de mais ninguém. Dedo fora do gatilho. Já falei sobre isso em outros artigos.

Leve um carregador sobressalente. Se puder leve dois carregadores reservas. Conheço um policial que disparou 15 tiros contra dois assaltantes armados. Num piscar de olhos o policial ficou sem munição, mas por sorte os criminosos também ficaram sem munição. Você provavelmente deve conhecer casos semelhantes. Então, aprenda com as experiências dos outros.

Só atire quando tiver certeza de que é para salvar sua vida ou a de outra pessoa. Armas foram feitas para incapacitar pessoas, e muitas vezes até isso é difícil. Tiros não param aviões, automóveis ou motocicletas a não ser que você acerte o condutor – o que normalmente não é uma ideia razoável. Tiros também não abrem portas, sendo provável que o projétil atravesse a porta e acerte um inocente. Já vi esse tipo de ocorrência duas vezes!

Tenha sempre à mão um canivete tático dobrável e um alicate multifuncional. Certa vez, durante uma operação de DRE, aquela velha camionete D-20 de cor azul teve o cabo do acelerador quebrado numa estrada entre os municípios de “São Ninguém” e “Lugar Algum”. Mas foi o alicate multifuncional e um pedaço de arame de um antigão que nos tirou dali. Ele olhou para mim sorrindo e disse: “É pra isso que eu carrego estas coisas!”

Em algumas situações você pode levar alternativas menos letais, como um spray de pimenta, um bastão retrátil. Um bastão é o melhor substituto para a coronha de uma arma e para as mãos. Imagine que você precise quebrar o vidro de um carro para socorrer alguém. Sem esta ferramenta, talvez você se sinta forçado a quebrar a janela usando objetos que não foram desenvolvidos para tal fim.

Isso me lembra uma orientação muito importante: proteja suas mãos. Como são elas que vão salvar sua vida, você não deve fazer com elas aquilo que deve ser feito com uma ferramenta. Não ponha as mãos nos bolsos de um suspeito porque você pode ser ferido por lâminas ou agulhas.

Compre uma caixa de luvas de látex para procedimentos (luvas cirúrgicas). A caixa com 100 unidades custa cerca de R$ 15, o que é pouco pela proteção oferecida contra a imundice e o mau cheiro que normalmente são encontrados nas casas de pessoas investigadas. Recentemente, recebi um e-mail de um colega (que ganha R$ 7.500,00 por mês) dizendo que não iria comprar um kit de limpeza de arma (que custava R$ 20,00) porque isso era tarefa da União. Espero que ele compre pelo menos a caixa de luvas que custa 25% menos!

Cuidado com objetos que parecem inofensivos
Pessoas desesperadas podem atacá-lo com qualquer objeto à mão, especialmente na cozinha, no gabinete ou no cartório. Portanto, tenha cuidado com canetas, grampeadores, ferramentas, tesouras, facas, garrafas, etc. Lembre-se, observe as mãos e as algeme se suspeitar de algo.

Luzes
Compre uma lanterna de qualidade. Ser capaz de ver bem é tão importante quanto estar armado. Jamais compre estas lanterninhas xing ling que são vendidas nas feirinhas de importados. Compre logo uma lanterna Surefire, Streamlight, Fenix, Blackhawk, Inova, Ultrafire ou Pelican para situações táticas. Tenha sempre uma Mini Maglite 2AA ou Police para buscas diversas (o que economiza a bateria e a vida útil da lanterna tática) e uma lanterna de bolso 1AAA afixada no chaveiro do seu carro para as emergências.

Isso pode parecer um exagero, mas infelizmente tudo que depende da energia elétrica cedo ou tarde falha ou apaga.

Cuidado ao dirigir a viatura ou perseguir alguém a pé
Não dirija como um doido e ziguezagueando pelas ruas, mesmo numa situação de emergência. As pessoas demoram a ouvir as sirenes, a entender o que está acontecendo e o que devem fazer. Com uma viatura é muito fácil você chegar num cruzamento antes que os outros motoristas percebam. E se você se envolver num acidente, sua missão acaba aqui porque você não poderá ajudar ninguém se estiver incapacitado. Portanto, mantenha-se na faixa da esquerda, pois é isto que manda o código de trânsito e é o que os outros motoristas esperam que você faça.

Se você estiver perseguindo um criminoso a pé e notar que seus colegas sumiram, pare – eles terão dificuldade para encontrá-lo caso você precise de ajuda. Se você estiver perseguindo um criminoso e de repente ele sumir, pare – talvez ele tenha preparado uma emboscada.

Portanto, não banque o herói. Haverá outra chance para você prendê-lo algum dia ou ele será morto por um desafeto. De qualquer modo, você vence.

Entrevistando suspeitos
A primeira coisa que você deve fazer ao entrevistar algum suspeito é evitar perguntas idiotas. Isso parece óbvio, mas mesmo assim cito algumas perguntas que já foram feitas. Prepare-se! “O que você comeu hoje?”, “Você está armado?”, “Onde está a droga?”, “Este documento é falso?”, “Você vai fugir?”, “Esta arma é sua?”, “Por que você não diz a verdade?”.

O segundo aspecto numa entrevista é deixar que o suspeito fale. Quanto mais ele fala, mais mentiras ele conta. Ouça o que ele diz, tome nota e confira as informações. Se forem falsas, simplesmente diga ao suspeito que ele está mentindo e que você sabe disso.

Quando você tiver alguém sob sua custódia, jamais comente assuntos relacionados à investigação. Não diga como você chegou até ele, nem revele qualquer informação que possa ser utilizada por ele para aperfeiçoar suas técnicas criminosas. E jamais conte o que ele fez de errado para que você conseguisse pegá-lo. Isto dificulta o trabalho da polícia depois. Recentemente, um preso reclamou que a polícia havia entrado muito cedo em sua casa. O policial respondeu que na verdade a polícia estava no local às 05h30, mas que ela só poderia entrar no local a partir das 06h. O policial ainda disse que era costume aguardar alguns minutos pra que todos os relógios marcassem este último horário. Em outra ocasião, um policial disse ao preso que tinha sido muito fácil prendê-lo porque ele foi desatento e não percebeu que estava sendo seguido. Infelizmente, alguns policiais querem mostrar que são bons profissionais, e acabam revelando informações que não deveriam.

Dê atenção ao instinto
Sempre use o bom senso. Sempre. E se você sentir que há algo errado, simplesmente acredite que há algo errado. Mantenha este foco mental até ter certeza se está tudo bem.

Sempre confie na sua intuição. Sempre. É o acúmulo das experiências que fazem sentido para você e que está trabalhando de modo subconsciente para mantê-lo a salvo. Isso me leva ao item “Não acreditem em ninguém”.

Abra seus olhos
Saiba que não existem presos “tranquilos” ou “gente boa”. As unidades prisionais espalhadas pelo país estão repletas de ladrões, assaltantes, homicidas, latrocidas, estelionatários, falsários, sequestradores, torturadores, estupradores, traficantes, etc. E nenhum deles é “gente boa” ou “tranquilo”. Se você ainda tem alguma dúvida, basta perguntar às vítimas!


Dos direitos dos presos
O artigo 42 da Lei 7.210/84 diz o seguinte: “Aplica-se ao preso provisório e ao submetido à medida de segurança, no que couber, o disposto nesta Seção.” A expressão NO QUE COUBER implica dizer que o preso não tem direito a tomar cafezinho, comer pão de queijo, fumar um cigarrinho, perambular pela delegacia como se fosse um funcionário ou ficar abraçadinho com a namorada.

10 de out de 2010

VÍDEO: ESSE MOTORISTA NÃO MERECIA SER PRESO

fonte: youtube

PERSISTÊNCIA DOS HOMENS DA RONE, TERMINA EM UMA CALIBRE 12 APREENDIDA

fonte: b.o. de stive

Após uma ocorrência policial envolvendo os homens da RONE, aonde acabou com uma marginal morto(clique para ler a matéria).

Os policiais da RONE foram informados que o elemento que entrou em óbito possuía uma espingarda calibre 12, a qual utilizava para a pratica de roubos e sequestro.

Esse armamento não foi apreendido com os marginais na data da ocorrência e após identificarem o marginal morto e localizaram o endereço de sua residência, em seguida, foi localizado o endereço de sua namorada no municipio de Piraquara.

Informações davam conta de que a namorada do marginal, sabia do armamento e o estava guardando, porém, como as informações não eram muito claras e não existia nenhum indício os policiais não solicitaram nenhum mandado de busca na residência da mesma.

Foi quando a P2 do Choque começou a investigar a mulher, após alguns dias descobriram que provavelmente ela estaria guardando o armamento, porém a mesma teria sumido do bairro.

Com determinação e empenho os policiais não desistiram e passados alguns dias, rondando a casa da mulher e regiões próximas, a mesma foi localizada e abordada.

De pronto modo a mulher informou que não estava com armamento, mais que sabia aonde o mesmo encontrava-se e prontificou-se levar a equipe RONE até o local.

No endereço informado tratava-se de um terreno baldio e o armamento estava enterrado, a mulher informou que sabia do armamento, mais não tinha a certeza de que ele estaria lá, por isso não informou as autoridades antes.

O armamento e a mulher foi encaminhado a D.P. de Piraquara.



7 de out de 2010

BLOGGER RÁDIO PATROA, UMA NOVA OPÇÃO!!!

Estou divulgando um novo blogger denominado "Rádio Patroa".

A idéia da autora é mostrar a visão das mulheres de policiais, que sofrem junto com seus maridos, todas as dificuldades que encontram no dia-a-dia.

Nessa profissão que é tão desvalorizada tanto pela sociedade, politicos e os próprios oficiais da coorporação.

Fica a dica e vale a pena conferir: http://radiopatroapmpr.blogspot.com/

GOVERNO DE SÃO PAULO AMPLIA "BICO OFICIAL" DE PM'S

fonte: blog da renata

O governo de São Paulo vai ampliar a contratação de policiais militares nos chamados "bicos oficiais", quando os policiais trabalham em seu horário de folga para o próprio poder público. O objetivo é criar "bolsões de segurança" em várias regiões da capital e do interior, com o reforço do policiamento, informa reportagem de Rogério Pagnan, publicada nesta quinta-feira pela Folha

Hoje 14 regiões da cidade, entre elas a 25 de Março e a avenida Paulista, tiveram o policiamento reforçado. Até o final do ano, serão 20.

A Secretaria da Segurança Pública afirma que, por conta da chamada "atividade delegada", o total de furtos caiu até 70% em algumas regiões, caso da 25 de Março.

Por regra, um PM trabalha 12 horas seguidas e folga 36 -salário inicial de R$ 1.800. No "bico oficial", pode trabalhar até 96 horas por mês, ganhando R$ 1.200 a mais.

OU SEJA, AO INVES DE PROPICIAR UM SALÁRIO MAIS DIGNO, COMO SE PROPUNHA A SEPULTADA PEC 300, O GOVERNO DE UM ESTADO RESOLVE MATAR MAIS AINDA O POLICIAL DE TRABALHAR. ONDE ESTÁ A DIGNIDADE OFERECIDA AO CIDADÃO POLICIAL?
 
QUE BENEFÍCIO É ESTE ONDE O PM NOS SEUS RARÍSSIMOS MOMENTOS DE FOLGA, TEM QUE TRABALHAR MAIS AINDA PARA GANHAR MAIS MÍSEROS R$ 1.200.00. COM CERTEZA O PM DE SÃO PAULO AINDA VAI PROCURAR MANTER O BICO TRADICIONAL, PELO MENOS NESTE ELE PODE AINDA LIVREMENTE PROGRAMAR SEUS RAROS MOMENTOS DE LAZER COM A FAMILIA.

DIA DAS CRIANÇAS TEM "CAVEIRÃO" DE BRINQUEDO NO RIO

fonte: g1

Brinquedo possui adesivos estilizados parecidos com símbolo do Bope. Bonecos de policiais armados vêm junto com o carro.
 
Em uma loja de departamentos de Bangu, na Zona Oeste do Rio, o locutor anuncia repetidamente um brinquedo um tanto diferente. O que era o símbolo da ocupação policial nas favelas agora é uma miniatura. O carro blindado do Bope, conhecido como caveirão, virou brincadeira de criança.

Com direito a seteiras espalhadas no veículo (pequena abertura que evita que os policiais fiquem com o cano das armas para fora), portas que podem ser abertas, bonecos de policiais armados com réplicas de fuzil e adesivos com uma caveira estilizada, o brinquedo tem o nome de ROTB, uma sigla para Roma Tático Blindado. A miniatura tem tido bastante procura. Pelo menos é o que garante Valtency Martins, chefe de departamentos da loja.

“Por dia estamos vendendo de 10 a 12 unidades e muita gente liga e pergunta sobre o caveirão. E isso sem propaganda. As pessoas vêem e querem comprar”, contou Valtency.

Para aumentar ainda mais as vendas, o gerente da loja de departamentos, Cosme da Silva, pretende vincular o brinquedo ao filme Tropa de Elite 2, longa que estreia este mês nos cinemas.

“Temos pedido para o locutor citar o filme. Ainda mais agora que vai estrear. Tenho certeza que a demanda irá aumentar ainda mais depois que o Bope voltar a ficar em evidência”, disse o gerente.
 

PESSUTI CRIA NOVAS ESTRUTURAS DA PM E DOS BOMBEIROS NO SUDOESTE

fonte: aen

Instalação dessas unidades é uma reivindicação de vários anos da população local


O governador Orlando Pessuti anunciou nesta sexta-feira (1º) à noite a criação do 21.º Batalhão da Polícia Militar e do 5.º Subgrupamento de Bombeiros Independente em Francisco Beltrão (Sudoeste do Paraná). A instalação dessas unidades é uma reivindicação de vários anos da população local.

À tarde, Pessuti já anunciara a criação do 4.º Subgrupamento de Bombeiros Independente de Pato Branco. “Essas ações significam a melhoria da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros na região”, disse Pessuti. O governador lembrou que, com a criação de um novo batalhão, a estrutura da PM se transforma em vários aspectos.

“Com a descentralização, melhora o atendimento à população. Ao estruturar uma nova unidade, dobramos ou triplicamos o efetivo de policiais em serviço. Portanto, estamos certos de que, ao criarmos o 21.º Batalhão da PM em Francisco Beltrão, incrementamos a segurança pública do Sudoeste”, falou. “A comunidade paranaense é quem ganha com tudo isso, além da própria corporação.”

Acompanharam o governador na solenidade o secretário da Segurança Pública, coronel Aramis Linhares Serpa, o comandante-geral da PM, coronel Luiz Rodrigo Larson Carstens, o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Geraldo Domaneschi, o comandante do Policiamento do Interior (CPI), coronel Sérgio Filardo, além de comandantes dos batalhões de área, outras autoridades civis e militares.

No evento realizado no Parque de Exposições de Francisco Beltrão, também foram entregues dez viaturas e duas ambulâncias aos batalhões da região. As viaturas serão utilizadas pelas Rondas Tático Móvel (Rotam) de cada unidade – três no 6.º BPM de Cascavel), dois no 3.º BPM de Pato Branco, três no 14.º BPM de Foz do Iguaçu e dois no 19.º BPM de Toledo.

As ambulâncias foram entregue ao 14.º e ao 3.º BPM, para atender, quando necessário, policiais militares e seus dependentes nas questões referentes que necessitem de atendimento de saúde.

“Essa foi a primeira entrega de viaturas às Rotam. Em breve, serão substituídos todos os veículos destinados a esse serviço no Estado”, disse o comandante-geral da PM. Ele lembrou que, com a criação do 21.º Batalhão, a estrutura da PM em Pato Branco será transformada.

“Hoje, o 3.º BPM atende 42 municípios. Com a mudança, passará a atender 15 municípios. Os outros 27 ficarão sob a responsabilidade do 21.º Batalhão. Com isso está sendo resgatado um compromisso de muito tempo com a população do Sudoeste”, explicou.

O 21.º BPM atenderá Francisco Beltrão, Ampére, Barracão, Bela Vista da Caroba, Boa Esperança do Iguaçu, Bom Jesus do Sul, Capanema, Cruzeiro do Iguaçu, Dois Vizinhos, Enéas Marques, Flor da Serra do Sul, Manfrinópolis, Marmeleiro, Nova Esperança do Sudoeste, Nova Prata do Iguaçu, Pérola do Oeste, Pinhal de São Bento, Planalto, Pranchita, Realeza, Renascença, Salgado Filho, Salto do Lontra, Santa Izabel do Oeste, São Jorge do Oeste e Verê.

“A esta unidade caberá a execução do policiamento ostensivo e preventivo, voltado à preservação da ordem pública, e repressivo, em caso de sua perturbação”, informou Carstens. O 5.º SGBI vai trabalhar na prevenção e combate de incêndios, busca e salvamento e ações de defesa civil. A unidade representa uma expressiva ampliação do contingente de atuação do Corpo de Bombeiros, e uma consequente melhoria dos serviços prestados à comunidade”, falou.

O 5.º SGBI atenderá Francisco Beltrão, Marmeleiro, Enéas Marques, Renascença, Dois Vizinhos, Boa Esperança do Iguaçu, Cruzeiro do Iguaçu, São Jorge do Oeste, Verê, Salto do Lontra, Nova Prata do Iguaçu, Nova Esperança do Sudoeste, Santo Antônio do Sudoeste, Pranchita, Pinhal de São Bento, Barracão, Flor da Serra do Sul, Bom Jesus do Sul, Manfrinópolis, Salgado Filho, Capanema, Planalto, Bela Vista da Caroba, Pérola do Oeste, Realeza, Ampére e Santa Izabel do Oeste.

“A descentralização se deve à sensibilidade do governador Orlando Pessuti, que sancionou as leis de Organização Básica da PM e de Fixação de Efetivo”, enfatizou o comandante-geral da PM. “Também não podemos esquecer o trabalho do secretário Aramis Serpa e das secretarias de Administração e Previdência, Planejamento e Fazenda, além da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e de outros órgãos governamentais envolvidos no processo.”

PATO BRANCO – O governador também anunciou a criação do 4.º Subgrupamento de Bombeiros Independente de Pato Branco. Ele será desmembrado do 4.º Grupamento de Cascavel, emancipado as ações do Corpo de Bombeiros da região. “Tínhamos aqui um subgrupamento dependente das estruturas de Cascavel e de Toledo, que agora passa a ser um subgrupamento independente”, disse Pessuti.

No futuro, a unidade ganhará mais equipamentos e efetivo, dando melhores condições de atendimento para a região.

“A nova unidade atenderá uma região expressiva do Sudoeste. Essa também era uma reivindicação da população e das lideranças de Pato Branco”, disse o comandante-geral da PM. O Subgrupamento irá atender Pato Branco, Itapejara do Oeste, Vitorino, Bom Sucesso do Sul, Palmas, Coronel Domingos Soares, Clevelândia, Marionópolis, Mangueirinha, Honório Serpa, Coronel Vivida, Chopinzinho, São João, Saudade do Iguaçu e Sulina.

RONE APREENDE 40 KILOS DE MACONHA EM CURITIBA

fonte: aen

Homem foi detido e afirmou que receberia R$ 1.500 pelo transporte da droga


Policiais militares apreenderam 40 quilos de maconha, que eram transportados em uma caminhonete Ranger, em Santa Felicidade, Curitiba. Ananias de Souza Oliveira, 54 anos, foi preso e confessou aos policiais que receberia R$ 1.500 para levar a droga até o Tatuquara, no outro extremo da cidade. A apreensão ocorreu na terça-feira (5), orientada por denúncias anônimas.

Anamias foi detido pela equipe da Rondas Ostensivas de Natureza Especiais (RONE) por tráfico de drogas e possuía passagens por tentativa de roubo e receptação de veículo. A droga foi encontrada separada em 46 tabletes, escondidos atrás do banco da caminhonete, em sacos plásticos pretos. “As denúncias informavam modelo, cor e placa do carro que estaria carregado com maconha”, explicou o soldado Antonio Carlos Mazeppa, da RONE. Ananias foi encaminhado ao 12.º Distrito Policial.

Mazeppa afirmou que a RONE atua na região de Santa Felicidade na coibição do tráfico de drogas. “Combatemos o crime com intensidade, verificando denúncias dentro dos parâmetros legais”. O policial destaca a ajuda das denúncias anônimas no serviço da PM. “As informações que recebemos são de grande valia para os policiais”. As informações podem ser repassadas pelos telefones 181 (Narcodenúncia) e 190.

DESCULPEM-NOS O TRANSTORNO!!!

Após alguns dias fora, não por nossa equipe e sim por motivos do provedor.

Voltamos a plena atividade estaremos atualizando as principais notícias dos últimos dias e mantendo a normalidade que sempre tivemos.

Agradecemos a todos a compreensão e obrigado pela confiança em nosso blogger.

Abraços, equipe B.O. de Stive

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...