31 de ago de 2010

HOMEM EMBRIAGADO EFETUA DISPAROS DE ARMA DE FOGO E VAI EM CANA

fonte: bo de stive

Após receber várias ligações via 190, informando de que um homem estaria efetuando disparos de arma de fogo em frente a um bar, no Bairro Alto.

Uma equipe RONE deslocou até o endereço na Rua Germano Beckert no Bairro Alto, aonde no local, foi abordado várias pessoas dentro e fora do bar, aonde na cintura de um indivíduo foi localizado uma pistola calibre 380 e uma faca.

O indivíduo em visível estado de embriaguez informou que a pistola possuía registro e entregou o documento aos policiais, ao analisar os dados do documento, ficou constatado que se tratava de outra arma.

Em contato com o Senhor Orli e Senhor Antônio, os dois relataram que o indivíduo abordado, por várias vezes foi visto de posse de dois armamentos, efetuando vários disparos para o alto.

A equipe deslocou com o individuo até sua casa e com a autorização de sua esposa foi realizada uma busca do domicilio, porém nada de ilícito foi encontrado.

O individuo e o armamento foi encaminhado ao CIAC Sul.

PROJETO QUE REORGANIZA A ESTRUTURA DA PM É APROVADO EM PRIMEIRA DISCUSSÃO

fonte: alep

Os deputados aprovaram nesta terça-feira (31), em primeira discussão, o Projeto de Lei n.º 305 que propõe a reorganização da estrutura da Polícia Militar do Paraná. Antes de ser votada em Plenário, a proposição que tem como base a mensagem n.º 054/10 do Poder Executivo, recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) - que analisa a constitucionalidade e legalidade das matérias que tramitam na Casa - na forma de emenda; e também da Comissão de Segurança Pública (CSP).

Além de adequar a nomenclatura e dar nova redação à legislação, o anteprojeto propõe uma nova organização básica da PM. Entre as mudanças propostas acrescenta aos órgãos de direção da corporação o Subcomando-geral, a Corregedoria-Geral, o gabinete do comandante-geral, o Conselho Econômico e Financeiro e as assessorias policiais-militares.

O anteprojeto cria a Diretoria de Desenvolvimento Tecnológico e Qualidade, que desempenhará as atribuições exercidas hoje pelo Centro de Tecnologia da Informação; institui os comandos regionais de Polícia Militar; e já programa a implantação de unidades de Operações Especiais e de Operações Aéreas.

De acordo com o Poder Executivo, a medida tem o objetivo de adequar a legislação básica da Polícia Militar às necessidades existentes hoje na sociedade. Na mensagem enviada à Assembleia, justifica que o anteprojeto faz parte de um projeto maior, de reestruturação da PM do Estado.

“O presente anteprojeto de lei proporcionará a devida atualização na estrutura organizacional da Polícia Militar do Paraná, propiciando uma melhor fluência das atividades administrativas e um implemento na área operacional, cujo reflexo direto é a melhoria dos serviços prestados à comunidade paranaense”, diz o texto da mensagem assinada pelo governador Orlando Pessuti (PMDB).

Ainda, segundo a mensagem, a Polícia Militar do Paraná é uma instituição com 150 anos de existência que tem sua estrutura ditada pela Lei n.º 6.774/76, criada com base no Decreto-Lei n.º 667, de julho de 1969, e que reorganizou as polícias militares e corpos de bombeiros militares dos estados e do Distrito Federal. Ocorre que, conforme o Poder Executivo, desde então, a legislação sofreu diversas alterações, sem alterar seu fundamento, ficando desatualizada à realidade vivida hoje pela sociedade.

O Governo diz ainda que a implementação do anteprojeto não gerará impacto financeiro, já que o aumento do efetivo da corporação será feito com a edição de uma nova lei que será proposta por Pessuti.

Emenda

De acordo com o relator da CCJ, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), a emenda apresentada ao projeto faz ajustes de redação e flexibilização de dispositivos legais, tendo por fundamento maior a existência de dois quadros combatentes da PM, o de oficiais policiais militares (QOPM) e o de oficiais bombeiros militares (QOBM).

O deputado diz ainda que os ajustes de redação determinam que o chefe do Poder Executivo e o próprio Comando-Geral da PM poderão indicar para as diversas funções gerenciais da Polícia Militar, oficiais combatentes de ambos os quadros.

PROJETO QUE AUMENTA EFETIVO DA PM É APROVADO EM PRIMEIRA DISCUSSÃO

fonte: alep

Os deputados aprovaram nesta terça-feira (31), em primeira discussão, o Projeto de Lei n.º 314/10 que fixa o efetivo da Polícia Militar e altera a composição dos fundos de Modernização da PM (FUMPM) e de Atendimento à Saúde dos PM (FASPM) e também muda a Lei de Promoção de Oficiais da PM.

De autoria do Poder Executivo, a proposição aumenta em 4.867 homens o efetivo previsto em lei. Antes de ser votado em Plenário, o projeto recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e da Comissão de Finanças (CF), antes de ser levado para votação em Plenário.

De acordo com o projeto, o efetivo da Polícia Militar do Paraná fica fixado em 26.747 militares. Os quase 5 mil homens distribuídos pelos postos e graduações será ativado de forma gradativa, conforme disponibilidade orçamentária e financeira, segundo a mensagem do Governo.

A mudança da Lei de Promoção de Oficiais prevê a reestruturação da composição da Comissão de Promoção de Oficiais, contemplando a função do subcomandante-geral, do corregedor-geral e dos comandantes regionais; e a alteração quanto ao limite de tempo de serviço para a indicação do oficial à promoção ao posto de coronel.

30 de ago de 2010

VÍDEO: JACK BAUER É POUCO PERTO DESTE POLICIAL

Jack Bauer? Chuck Norris? Não, apenas um policial comum com muita vontade de alcançar criminosos que fugiam numa caminhonete.

Apesar de emocionante e cinematográfico, o vídeo mostra uma situação arriscada que extrapola qualquer sensatez em relação aos procedimentos de segurança.

POLICIAIS MILITARES MORREM EM SERVIÇO

fonte: plantão policial de francisco beltrão/pr

No final da tarde de domingo (29.08) dois policiais foram assassinados durante uma ocorrência policial na comunidade de Nova Terra a cerca de 30 km da cidade de Honório Serpa, na divisa com Clevelândia.


O sargento Flávio Rogério Padilha, 39 anos, desde 1991 na P.M e o soldado Nelson Prebianka, 36 anos, desde 1997 na P.M, teriam deslocado até uma comunidade no interior de Honório Serpa, onde se realizava uma festa.

Neste local teria ocorrido um desentendimento entre algumas pessoas e os policiais efetuaram a detenção de um rapaz e enquanto estavam colocando ele no camburão da viatura o pai do acusado, identificado como Ivandor Ramos, 45 anos, atirou contra os policiais acertando os dois. O Sargento Flávio morreu no local e o soldado Nelson, estava sendo socorrido ao hospital, porém a viatura capotou na estrada e ele morreu antes de dar entrada em casa hospitalar.

Segundo informações colhidas pela P.M os filhos de Ivandor, Juliano e Fernando que participaram do crime também estão foragidos

O autor do duplo homicídio fugiu do local e até agora não foi localizado. Policiais de toda a região foram mobilizados e fazem buscas no intuito de localizar o autor.

O Blogger B.O. de Stive, expressam suas condolências aos familiares.

Estamos de luto!

ESTADOS PREPARAM ESTUDO PARA BARRAR AUMENTO DO PISO SALARIAL NACIONAL DE POLICIAIS

fonte: guilherme barros/blog do lomeu

Na tentativa de barrar o Projeto de Emenda Constitucional que cria um piso nacional para policiais (PEC 300) com base nos salários do Distrito Federal, os estados brasileiros estão montando um banco de dados com os rendimentos várias categorias. O receio é que, se aprovada, a emenda pode causar estragos nas contas estaduais

A iniciativa é do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad) e ficará pronta ainda esse ano.

O presidente do Consad e secretário de Planejamento e Gestão do Rio, Sérgio Ruy Barbosa, explica que o objetivo não é apenas comparar os vencimentos, mas também conhecer os níveis de remuneração para subsidiar decisões relativas à política salarial.

O piso salarial de um policial no Distrito Federal é de R$ 4.129,73, enquanto que no Rio Grande do Sul é de R$ 996,00.

POLICIAL PODERÁ SE APOSENTAR COM 20 ANOS DE SERVIÇO

fonte: blog policial br

Os policiais civis, assim como os demais servidores públicos de todo País, que exercem atividade de risco já podem entrar com pedido de aposentadoria especial no momento em que completarem 20 anos de

atividade policial. A previsão foi dada recentemente pelo Mandado de Injunção 755, ajuizado pelos advogados Roberto Tadeu de Oliveira e Fabíola Machareth, que representam a Adpesp. O voto foi relatado pelo ministro Eros Grau.

O recurso fora ajuizado para garantir um direito negado por omissão do poder público, nesse caso por falta de regulamentação da Constituição. De acordo com a advogada Fabíola Machareth, a Previdência Social publicou no Diário Oficial da última quarta-feira (28/7)uma instrução normativa que só vem a corroborar com a decisão dada pelo Supremo Tribunal Federal anteriormente.

A Instrução Normativa de número 1 estende ao servidor público um benefício que já é concedido aos trabalhadores das empresas privadas, que recebem pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Em 2005, a Emenda Constitucional 47 alterou o parágrafo 4.º do artigo 40 da Constituição e passou a prever a aposentadoria especial também aos servidores. A falta de regulamentação, contudo, fez com que diversos mandados de injunção chegassem ao Supremo. Um deles foi o 755/2007 ajuizado pela Adpesp.

Atualmente, a lei estadual está derrogada na parte em que exige 30 anos de contribuição e idade mínima. Basta, portanto, cumprir o requisito de 20 anos de efetivo exercício da atividade policial, dispensando, pois, os demais requisitos.

Por fim, o advogado Roberto Tadeu explica que os interessados, que se encaixam nessas especificidades, devem entrar com pedido administrativo para requerer a aposentadoria especial. Caso seja negado, ele deverá recorrer ao Judiciário.

RONE PARTICIPA DO CUMPRIMENTO DE ORDEM JUDICIAL NO INTERIOR DO ESTADO

fonte: aen

Polícia Militar cumpre ordem judicial e desocupa fazendas no interior do estado.

A Polícia Militar do Paraná está em processo de desocupação de duas fazendas, na manhã desta sexta-feira (27), no norte do estado. Trata-se da Fazenda Palheta que teve parte reintegrada nesta quinta-feira (26), e da Fazenda Itaverá, onde o processo começou hoje. Na quinta-feira também foram reintegradas as fazendas Canaã e Santa Lina.

A Polícia Militar está cumprindo uma determinação judicial repassada pela Secretaria de Segurança Pública. Foram empregados nesta ação 700 policiais militares de diversas unidades do estado, sob o comando do 15º Batalhão da PM, de Rolândia.

Nesta quinta-feira (26) três homens que estavam com mandados de prisão em aberto foram detidos nos assentamentos pela Polícia Militar. Foram detidos Celso Damaceno Machado, um dos líderes dos manifestantes, que possuía mandado aberto por roubo. Ele foi detido durante a invasão de um grupo de pessoas, vindas da Fazenda Itaverá, à prefeitura de Alvorada do Sul. O prefeito da cidade acionou a Polícia Militar que foi agredida quando chegou ao local. Também foram detidos Cláudio Fernandes, por sequestro e cárcere privado, e Josmar Schopiam por não pagamento de pensão alimentícia.

“Os manifestantes atiraram foices, pedaços de pau e pedras, entre outros objetos contra a PM que reagiu usando balas de borracha, atirada me em membros inferiores como coxa, canela, calcanhares”, disse o tenente coronel Luiz Carlos Menezes Deliberador, comandante da Operação. Três viaturas foram danificadas e dois policiais feridos.

Durante a defesa policial, cinco manifestantes ficaram feridos, quatro por bala de festim e um por mordida de cachorro. As pessoas foram atendidas por médicos, no local.

Claudio Fernandes, fugiu e se escondeu em outro assentamento, na cidade de Alvorada do Sul, próximo da Vila Gandi, onde foi localizado juntamente com Josmar. “A reintegração até agora foi pacífica e o confronto só houve porque a polícia foi recebida com agressões”, disse o Deliberador.

As fazendas Canaã e Santa Lina (em Porecatu) foram desocupadas nesta quinta-feira (26), assim como parte da Palheta (Alvorada do Sul). A fazenda Itaverá (Alvorada do Sul) deve ser desocupada nesta sexta-feira.

A Fazenda Canaã pertencente ao Grupo Atalla e tem 4 mil hectares. A Santa Lina é de propriedade da Usina Central do Paraná, com 400 alqueires, e está localizada na Água do Tenente, em Porecatu. A terceira propriedade a ser reintegrada, a Fazenda Palheta, também pertence ao Grupo Atalla

RONE PARTICIPA DA CAÇADA AOS ASSASSINOS DO DELEGADO EM SC

fonte: banda b

Policiais se embrenham na mata e caçam assassino de delegado.
Eles trabalham com cães farejadores e equipamentos sofisticados. Meta é encontrá-lo ainda hoje!

A caçada ao quarto fugitivo, que é suspeito da morte do delegado José Antonio Zuba Oliva, prosseguiu durante toda a madrugada e permance sendo feita agora pela manhã. São cerca de 200 policiais que cercam toda a região de mata em Pirabeiraba, Santa Catarina, desde ontem (26) pela manhã. Durante a madrugada foram feitas rondas na região mas, por medida de segurança, os policiais deixaram a mata fechada.

Agora pela manha, os polciais voltaram a embrenhar no mato. Eles usam cães farejadores e quipamentos de alta tecnologia, como um aparelho que consegue medir o calor da temperatura no ambiente e identifica se há a presença de alguma pessoa em meio ao matagal. De acordo com Rodrigo Brown de Oliveira, delegado-adjunto do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), que assumiu as investigações, existe uma grande chance do fugitivo conhecido como Paulo "Tutancamon" (foto), estar ferido. "Com o passar das horas, diminuem as chances dele e aumentam as nossas", afirmou.

Um dos suspeitos do crime, Francisco Diego Vidal Coutinho, 20 anos, está preso em Curitiba. Outros dois, Paulo Aparecido Alves de Abreu, o “Gauchinho”, e Felipe “Tex”, que usava uma carteira de habilitação em nome de André Nascimento Gomes, foram mortos no confronto em Santa Catarina, quinta-feira (26) pela manhã.

Refém

A mulher de 62 anos que foi baleada na troca de tiros entre os bandidos e a polícia ontem pela manhã, na chácara onde vive com a irmã, de 89 anos, permanece internada no Hospital São José, em Joinville. Cordula Graper Piske foi baleada com três tiros e seu estado de saúde é grave mas estável.

27 de ago de 2010

RONE APREENDE ADOLESCENTE COM MAIS DE 80 KG DE MACONHA

fonte: márcio barros

Um adolescente de 16 anos, foi apreendido por volta das 22h20 de anteontem, na esquina da Avenida Juscelino Kubitschek com a BR-277, na Cidade Industrial. Ele dirigiu o Tempra placa BGU-7272, desde de Foz do Iguaçu, carregado com pouco mais de 80 quilos de maconha no porta-malas.

Segundo o cabo Sinkes, da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), denuncia anônima informou sobre o carregamento da droga e deu características do carro. “Fizemos campana e assim que ele passou posto da Polícia Rodoviária Federal o abordamos”, explicou o policial.

Contrato

O rapaz contou que foi contratado para trazer a droga para Curitiba, mas não sabia quem ia efetuar o seu pagamento e nem quem receberia a encomenda. “O garoto não falou muita coisa, apenas disse que dirigiu os mais de 700 quilômetros sem nenhuma abordagem”, completou. O rapaz, o carro e a droga foram encaminhados para a Delegacia do Adolescente.

RONE PRENDE UNIVERSITÁRIO QUE ROUBOU ARMAS DO FORUM DE SJP

fonte: paraná on-line

Bruno e mais quatro foram detidos pela Rone.

Um jovem de classe média, estudante de direito em uma universidade particular em São José dos Pinhais, teve a aula interrompida pela polícia, na noite de ontem.

Bruno Marciano de Andrade, 18 anos, foi preso por policiais militares da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), suspeito de furtar armas do Fórum, onde trabalha como estagiário e vender para marginais.

Também foram presos Marciel Ângelo de Oliveira, 21, Denílson Jacinto Alves, 20, Luciano dos Santos Bueno, 22, e Diego Rocha de Araújo, 20. Com eles foram apreendidas cinco pistolas, quatro revólveres e R$ 5.500,00, que Bruno disse ser da venda de algumas armas.

Segundo o tenente Arnaldo, da RONE, denúncia anônima informou que, em uma casa no bairro Ouro Fino, havia várias armas. “Fizemos a abordagem na casa de Marciel e lá também estavam os irmãos Diego e Denílson. Com eles encontramos seis armas”, explicou o tenente. Em seguida, os policiais foram até a casa de Luciano, no Jardim Cruzeiro, onde apreenderam mais três armas.

Confissão

Os rapazes confirmaram que tinham conseguido as pistolas e os revólveres com Bruno, que furtava as armas de inquérito policial, no Fórum de São José dos Pinhais, onde trabalha há algum tempo.

“Ele aproveitava a facilidade de locomoção dentro de todos os departamentos e pegava as armas que estavam apreendidas. Bruno confirmou o crime e disse que já fazia isso há algum tempo e que o dinheiro apreendido com ele era proveniente do pagamento de algumas armas”, detalhou o tenente Arnaldo.

25 de ago de 2010

RONE PRENDE TRIO SUSPEITO DE COMETER ASSALTO CONTRA FARMÁCIA, EM CURITIBA

fonte: pmpr

Três homens foram detidos no bairro Tanguá em Curitiba, no final da tarde desta segunda-feira (23), suspeitos de cometerem roubo pouco tempo antes contra uma farmácia na rua Nossa Senhora de Nazaré, no bairro Boa Vista, também na capital. Uma arma de fogo com 23 munições intactas e um carregador foram apreendidos. A ação aconteceu após uma denúncia anônima ao 190.


“Nós tivemos as informações de que os suspeitos teriam fugido em um carro Corsa branco com placas de São Paulo e de que estariam indo em direção ao Jardim Paulista, em Campina Grande”, afirma tenente Antônio Carlos dos Santos, comandante da equipe da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) que realizou a operação, da Companhia de Polícia de Choque. O carro suspeito foi localizado quando a equipe policial se deslocava para o local informado na denúncia.

“Os suspeitos foram localizados no interior de uma lotérica na Rua Arlete Antonio da Silva, no bairro Tanguá. Junto a eles foi encontrado uma pistola calibre 380, com as munições”, disse. Francisco Padilha Stefanes, 40 anos, Edson Padilha, 30 anos (foragido da Colônia Penal Agrícola) e Morgan Aguiar, 33 anos (que já possui passagem por roubo e receptação) foram detidos e encaminhados, junto a arma de fogo e o veículo, ao 4º Distrito Policial.

Segundo o tenente, a ação só foi possível por conta da colaboração da população que realizou a denúncia ao 190. “É muito importante que a comunidade denuncie, pois assim a Polícia Militar consegue maior êxito nas ações, como esta realizada pela Rone”, afirma o oficial.

DOIS REVÓLVERES CALIBRE 38 SÃO APRENDIDOS NO SANTA CÂNDIDA

fonte: aen

Em uma casa do bairro Santa Cândida, mais duas prisões por tráfico de drogas na madrugada de hoje. Andrielle Maia, 18 anos, Suellen Miranda de Souza, 20 anos, e Cristiano Marques, 23 anos, foram presos por políciais da RONE. Com o trio foram encontrados, dois revolveres calibre 38, uma arma de brinquedo, 50 pedras de crack, dinheiro e cerca de 10 aparelhos celulares.


O tenente Rocha da Polícia Militar, explicou que todo o material apreendido é resultado do comércio das drogas. "Os celulares foram trocados por drogas, cada pedra é vendida por aproximadamente 10 reais e cada aparelho pra eles valia uma pedra, ou seja 10 reais”. Todos foram levados ao CIAC Sul.

PEC QUE IMPLANTA SUBSÍDIO PARA POLICIAIS É APROVADA EM PRIMEIRA DISCUSSÃO

fonte: alep/pr

Com 49 votos favoráveis, os deputados aprovaram nesta terça-feira (24), por unanimidade, a primeira discussão da Proposta de Emenda à Constituição, a PEC 64, que determina a implantação do subsídio como forma de remuneração dos policiais militares e civis do Estado. Antes de ser votada em Plenário, a proposta recebeu parecer favorável da Comissão Especial de Reforma da Constituição, na forma de subemenda substitutiva geral.

A implantação do subsídio – que agrega várias gratificações a um único salário mensal - era reivindicada pela categoria desde 1998, quando esta forma de remuneração deixou de ser usada no Paraná.

“A remuneração dos servidores militares sob a forma de subsídio é prevista na Constituição Federal, mas o Paraná até o momento não regulamentou este dispositivo constitucional. A aprovação desta PEC, que altera a Constituição do Estado, possibilitará o restabelecimento da legalidade”, disse o Professor Lemos, que liderou o movimento de apresentação da PEC, no ano passado, quando ocupava uma cadeira do PT na Assembleia Legislativa do Paraná.

Embora tenha deixado a vaga em dezembro do ano passado, Lemos acompanhou a votação da PEC nesta terça-feira, junto com dezenas de policiais que lotaram as galerias da Assembleia. Em função do apoio à causa da categoria, os deputados foram bastante aplaudidos pelos policiais.

Para Lemos, a aprovação da proposta resultará na melhoria dos serviços de segurança pública no Estado. “Os policiais terão salário justo e uma categoria mais valorizada”, diz. De acordo com a proposta, para ingressar na carreira todo policial deverá ter curso superior. Além disso, a PEC proporcionará um ganho adicional sobre os vencimentos da categoria, com o salário inicial de aproximadamente R$ 5 mil. Hoje um soldado em início de carreira tem um salário de R$ 1,9 mil, sendo que destes cerca de R$ 400,00 refere-se ao chamado soldo e o restante a gratificações que dependem de vários fatores, entre eles tempo de serviço, cursos e local de atuação, por exemplo.

De acordo com o regimento interno da Assembleia Legislativa, uma PEC precisa ser submetida a dois turnos de votação, com intervalo de cinco sessões. Para ser aprovada, em processo nominal, ela depende de no mínimo 33 votos, nos dois turnos. Depois de aprovada, a proposta retornará à Comissão Especial para elaboração da redação final. Sua promulgação será feita pela Mesa Executiva, composta pelo presidente e pelo primeiro e segundo secretários.

23 de ago de 2010

SUPEITO DE TRÁFICO É PRESO NO UBERABA

fonte: bo de stive

Em patrulhamento no bairo Uberaba, a viatura RONE avistou dois individuos em uma moto, que ao perceberem a presença policial, realizaram uma manobra brusca, vindo a serem abordados.

Na revista pessoal foi localizado no bolso do garupa, identificado como Tiago, uma pequena quantia de "Maconha" e como o piloto da moto, identificado como Adilson, foi encontrado em seu bolso uma bucha de "Cocaína" e dinheiro.

Tiago afirmou aos policiais ter comprado a droga de Adilson, diante do fato a equipe deslocou até a residência de Adilson, na Rua Ivo Toneti no Uberaba.

Na casa de Adilson foi encontrado mais meio tablete de "Maconha". Os dois individuos foram encaminhados ao CIAC/Sul.

RJ: TIROTEIO EM SÃO CONRADO

fonte: globo news

O Rio de Janeiro, vitrine das inconsistências da segurança pública no Brasil, viveu neste sábado mais um episódio de terror que repercutiu internacionalmente.

Troca de tiros, morte e desespero. A aparente naturalidade com que lemos notícias do tipo se tornam menos normais quando tais fatos ocorrem no “asfalto”, e não na favela, onde apenas “eles” são vítimas.

No caso em questão, o tiroteio se deu em São Conrado, e os criminosos chegaram a fazer reféns funcionários e hóspedes dum hotel de luxo.

Justifica-se, pois, a repercussão e a expressão de preocupação da opinião pública.

21 de ago de 2010

3 PISTOLAS, 1KG DE MACONHA E 2 DETIDOS SÃO APREENDIDOS EM PINHAIS

fonte: paraná on-line, rádio banda b

Antônio e Alceu foram detidos no Atuba.



Ao verificar denúncia de tráfico de drogas no Atuba, em Pinhais, policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) prenderam dois homens, na tarde de ontem.

Antônio Gleisson Ribeiro, 22 anos, foi flagrado com duas armas e cerca de 800 gramas de maconha, numa residência na Rua Lourdes Rodrigues. Em seguida, os policiais foram até outra casa, na Rua Rio Atuba, e prenderam Alceu de Almeida, 33, com uma pistola.

O tenente Rocha explicou que sua equipe apurava a denúncia, quando percebeu que, na aproximação da viatura, Antônio correu para dentro de uma residência. "Fomos atrás dele e encontramos duas pistolas, calibres 765 e 380 no quintal. Dentro da casa, estava a droga", disse o tenente.

Mandado

Depois, os policiais localizaram Alceu. Ele também foi detido em flagrante, com uma pistola calibre 765. Além disso, Alceu estava com mandado de prisão em aberto por roubo. Ele negou que tivesse qualquer envolvimento com venda de armas. Os dois foram autuados em flagrante na delegacia de Pinhais.

20 de ago de 2010

PM PRESSIONARÁ DEPUTADOS POR APROVAÇÃO DE PEC

fonte: paraná on-line

Na próxima terça-feira, depois de mais de um ano de insistência dos policiais militares, está prevista a votação, na Assembleia Legislativa, a proposta de emenda constitucional 64/09.

A PEC prevê remuneração por subsídio aos militares, mas já recebeu emendas de adesão da Procuradoria Geral do Estado, Advocacia Geral do Estado, Polícia Civil e da Associação de Delegados.

Em vez de incluir hora extra, tempo de serviço e gratificações, a PEC prevê que o salário tenha valor único, padronizado em todas as classes a partir do salário mais alto. Para os soldados iniciantes, que atualmente recebem R$ 2.300,00, o aumento representaria até 30%.

Concentração

A partir das 13h30, representantes de todas as classes envolvidas se concentram concentração em frente à Assembleia. De acordo com o coronel Elizeu Ferras Furquim, presidente da Associação dos Policiais Militares, a aprovação da PEC representa o cumprimento de um dever esquecido pelo Estado, desde 1998, quando a proposta estava na emenda constitucional 19/98.

PARAÍBA: POLICIAIS QUE ATINGEM META EM PERNAMBUCO GANHAM 14º SALÁRIO

fonte: paraíba em qap

Gratificação por arma apreendida também faz parte da política de segurança no estado vizinho.


O governo de Pernambuco fez um desafio aos policais daquele estado: se atingirem a meta de 12% de redução de crimes violentos e letais em relação ao ano anterior, receberão como prêmio um 14º salário.

E deu certo. De acordo com o secretário da Defesa Social, Wilson Damásio, os números que indicam esses tipos de crime vêm diminuindo a cada ano.

Outro incentivo oferecido aos policiais é a gratificação por arma apreendida. As medidas têm apresentado resultados satisfatórios e tendem a minimizar ainda mais as estatíticas criminais das polícias pernambucanas.

Em entrevista concedida à rádio Campina FM, Damásio revelou um dos "segredos" para combater o crime com mais eficiência naquele estado.

- Policiais motivados e comprometidos com o serviço garantem a eficiência do projeto de segurança - declarou.

18 de ago de 2010

RONE PRENDE QUADRILHA COM ARMAS, COLETES BALÍSTICOS E CARROS ROUBADOS

fonte: paraná on-line

João e Mário estavam no Fiesta e Antônio, no Gol.

Grupo estava bem armado e protegido contra reação.

Três homens foram presos com armas, coletes balísticos e carros roubados, na tarde de ontem, no Sítio Cercado. De acordo com a polícia, João Alfredo Gonçalves, 28 anos, Mário da Silva, da mesma idade, e Antônio Eduardo Svidnitzki, 22, se preparavam para praticar um assassinato no bairro.

Eles foram abordados na Rua David Tows, mas fugiram e foram detidos a algumas quadras dali. Policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) patrulhavam a região, quando suspeitaram dos dois ocupantes do Fiesta placa ATD-2403.

Na tentativa de abordagem, os indivíduos aceleraram e fugiram. "Percebemos que o Gol placa NLE-4174 dava cobertura e iniciamos perseguição aos veículos", contou o tenente Serpa, da Rone.

Colisão

Na rua de trás, o Fiesta colidiu, e Mário e João foram detidos. Ambos vestiam coletes à prova de balas e, no carro, os policiais encontraram duas pistolas calibres 380 e 9 milímetros, a última de fabricação israelense. O veículo era roubado. O Gol foi abordado próximo dali e Antônio, que também vestia colete, foi preso.

"Descobrimos que eles estavam preparados para matar um comerciante, jurado de morte no bairro. Após o crime, eles iriam abandonar o Fiesta e entrar no Gol, que não tinha alerta de roubo", explicou Serpa. Os policiais foram até a residência de um dos suspeitos, no Conjunto Caiuá, Cidade Industrial, e localizaram outro carro roubado, a Parati, AIZ-0893.

Os três foram encaminhados à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), onde foi apurado que João já contava com antecedentes criminais. Os veículos, as armas e os coletes também foram apreendidos.

VOTAÇÃO DA PEC 64/09 NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA (24)

fonte: amai

Prezados Companheiros

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Nelson Justus, assumiu o compromisso com o presidente da AMAI, Cel Elizeu Ferraz Furquim, de colocar em votação a PEC 64/09.

A proposta, também conhecida como a PEC do Subsídio, trata da adequação do texto da Constituição Estadual para que a remuneração dos policiais e bombeiros militares seja realizada pela forma de subsídio.

Dia: 24 de agosto de 2010 (terça-feira)
Local: Plenário da ALEP
Horário: Sessão Plenária

Portanto, em nome da AMAI e das demais Associações de Policiais Militares e Bombeiros Militares, participantes do Fórum de Entidades, solicitamos a todos que:

1. Entrem em contato com os seus deputados estaduais, principalmente os mais próximos, e compromissados, solicitando que ele se faça presente dia 24 de agosto, na Assembleia Legislativa, para o necessário “quórum” e votação.

2. Se organizem de forma regional através de suas associações, na sua OPM e BM, visando mobilizar o maior número de Policiais Militares, Bombeiros Militares e familiares na Assembleia.

A presença massificada será extremamente importante, bem como, é fundamental que se tenha quórum para votação.

A concentração terá início às 13 horas, na Praça Nossa Senhora da Salete, Centro Cívico, com a participação dos policiais e bombeiros militares, familiares e amigos.

Participem!

APÓS INVASÃO NA NOITE DE TERÇA-FEIRA, MANIFESTANTES DEIXAM CONGRESSO

fonte: g1

Policiais e agentes penitenciários não conseguiram a votação de projetos. Sessão foi cancelada e trabalho na Câmara só retornará depois do pleito.

Os manifestantes que invadiram o salão verde da Câmara dos Deputados na noite de terça-feira (17) decidiram deixar o local nesta quarta-feira (18) e de forma “pacífica”. Policiais, bombeiros e agentes penitenciários prometem a realização de uma greve das categorias durante a eleição, em outubro.

O indicativo é de uma paralisação de 48 horas nos dias 2 e 3 de outubro. A decisão foi tomada depois que a Câmara cancelou a sessão que faria nesta quarta-feira (18) e decidiu só retomar a votação de propostas após as eleições.

Representantes das categorias protagonizaram uma invasão na noite de terça-feira. Eles cobram a votação de projetos de interesse de suas categorias. A primeira proposta cria um piso salarial nacional para policiais e bombeiros. A proposta já foi aprovada em primeiro turno, mas por alterar a Constituição tem de passar por nova votação antes de seguir para o Senado Federal. A segunda proposta transforma os agentes penitenciários em polícia penal. Esta proposta também precisa de dois turnos e sequer entrou na pauta de votação.

Diante da manifestação e da falta de acordo para votações, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP) decidiu cancelar a sessão desta quarta-feira (18) pondo fim aos chamados “esforços concentrados” na Casa. Com isso, não haverá mais sessão deliberativa até as eleições.

Após serem informados da decisão pelo 1º vice-presidente, Marco Maia, os representantes das categorias fizeram uma rápida assembléia e decidiram aprovar um indicativo de greve para os dias 2 e 3 de outubro.

Francisco Rodrigues, do sindicato de agentes penitenciários do Rio de Janeiro, afirma que a intenção não é de “boicotar” as eleições, mas de chamar a atenção da população para a causa. Ele nega que a invasão tenha contribuído para a não votação das matérias.

“Isso é falta de vergonha na cara. Eles não vão votar porque não tem compromisso com a segurança pública. Se chegassem aqui e dissessem que iriam votar nós sairíamos até de joelhos”, afirmou Rodrigues.

CÂMARA CANCELA SESSÃO E "ESFORÇO CONCENTRADO" FRACASSA APÓS INVASÃO. ERA UMA VEZ A PEC 300...

fonte: g1

Medida foi tomada por questões de segurança, diz assessoria.

A Câmara dos Deputados não terá mais sessão para a votação de projetos até as eleições. A medida foi tomada depois da invasão do salão verde da Casa, que aconteceu na terça-feira (17).

Os manifestantes continuam no local e a sessão da tarde desta quarta-feira (18) foi cancelada. Com isso, o “esforço concentrado” prometido pela Casa fracassou novamente. Desde julho, quando entrou em recesso, o plenário da Casa não aprovou nenhum projeto.

A assessoria do presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP), atribuiu o cancelamento a questões de segurança. Segundo a assessoria, durante a invasão, servidores da Casa teriam sido agredidos pelos manifestantes e não haveria segurança para realizar a sessão no plenário. Contribuiu também para o cancelamento a falta de acordo entre os líderes sobre a pauta.

A manifestação na Câmara é realizada por policiais, bombeiros e agentes penitenciários. Eles cobram a votação de projetos de interesse de suas categorias. A primeira proposta cria um piso salarial nacional para policiais e bombeiros. A proposta já foi aprovada em primeiro turno, mas por alterar a Constituição tem de passar por nova votação antes de seguir para o Senado Federal.

A segunda proposta transforma os agentes penitenciários em polícia penal. Esta proposta também precisa de dois turnos e sequer entrou na pauta de votação.

O 1º vice-presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), afirmou que a decisão de cancelar a sessão foi tomada após consulta aos líderes partidários. Segundo ele, o cancelamento se deveu à soma da falta de acordo com os problemas causados pela invasão. Ele recebeu líderes dos manifestantes para comunicar a decisão de cancelar o “esforço concentrado”.

“A confusão corroborou para isso acontecer. Já não tinha uma vontade dos líderes nem qualquer acordo para voltar nenhuma matéria”, afirmou Maia.

Medidas Provisórias

Com a decisão de não realizar votações até as eleições a Câmara fará com que três medidas provisórias percam a validade. Elas tratam de um aporte de R$ 80 bilhões para o BNDES e das Olimpíadas de 2016.

O líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP), já afirmou na terça-feira que não haveria problemas em “perder” as MPs. Além de um decreto convalidando as ações já feitas, é possível fazer novas MPs tratando dos temas das que perdem a validade, ainda que não se possa manter o mesmo texto.

PEC 300 - POLICIAIS E AGENTES INVADEM SALÃO VERDE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

fonte: g1


Dezenas de policiais, bombeiros e agentes penitenciários invadiram na noite desta terça-feira (17) o salão verde da Câmara dos Deputados. O espaço dá entrada para o plenário da Casa e a invasão aconteceu após resistência da segurança da Casa.

Os profissionais cobram a votação de projetos de interesse de suas categorias e prometem passar a noite na Casa. As duas propostas estavam entre as possibilidades de votação do “esforço concentrado” da Câmara, mas diante do fracasso do regime não houve evolução.

A primeira proposta cria um piso salarial nacional para policiais e bombeiros. A proposta já foi aprovada em primeiro turno, mas por alterar a Constituição tem de passar por nova votação antes de seguir para o Senado Federal.

A outra proposta transforma os agentes penitenciários em polícia penal. Esta proposta também precisa de dois turnos e sequer entrou na pauta até agora.

O presidente da Confederação Brasileira dos trabalhadores da polícia civil, Jânio Gandra, afirmou que os manifestantes irão passar a noite no salão verde e podem ficar mais tempo. “Vamos ficar aqui até amanhã, até depois, até a gente se cansar para demonstrar para a sociedade a irresponsabilidade dessa Casa”. Ele afirma que na confusão durante a invasão seguranças da Casa teriam usados arma de choque contra os policiais.

Gandra afirma que a manifestação não é violenta e que os manifestantes foram tratados como “bandidos”. Ele afirma que caso haja uma ordem judicial para a retirada não haverá reação. “Se a polícia vier nós não vamos reagir. Vamos ficar parados”.

O G1 procurou a assessoria da Presidência da Câmara. Segundo a assessoria, o presidente Michel Temer (PMDB-SP), que não compareceu na Casa nesta terça, ainda não foi informado da invasão. Por isso, a Casa ainda não decidiu que medida tomar.

16 de ago de 2010

CONVITE, NÃO DEIXE DE PARTICIPAR!

APRA- ASSOCIAÇÃO DE PRAÇAS DO ESTADO DO PARANÁ

Site : www.aprapr.org.br email : apra@aprapr.org.br Tel 41 8433-5498

COMPANHEIROS TRABALHADORES, POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES!

CONVITE

Venha! Compareça!

Dia 23 Segunda-Feira ás 09h00min, na Rua Nossa Senhora da Luz 2143, á reunião dos trabalhadores da Polícia Militar, com o candidato a governador Osmar Dias, agendado pelo Dep Federal Wilson Picler PDT, lá apresentaremos as propostas da Associação de Praças-APRA, na pessoa do Sr. Sub Ten. Brás ao qual propôs:

* ADICIONAL NOTURNO;
* HORA EXTRA
* VALE ALIMENTAÇÃO
* FARMÁCIA DENTRO DO HPM, GRATUÍTA!
* CORREÇÃO DA DISTORÇÃO SALARIAL!

COMPANHEIRO,

CHEGOU Há NOSSA HORA E NOSSA VEZ! VENHA TRAGA SEUS AMIGOS E COLEGAS, PRECISAMOS DE PRAÇA LÁ, PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA DA PM QUE NÓS PRAÇAS SEREMOS OUVIDOS! DEPOIS NÃO ADIANTA RECLAMAR...,

PRECISAMOS DE 50 PM/BM NO LOCAL

JUNTO SOMOS FORTES!!!

DATA: 23 de agosto
LOCAL: Rua Nossa Senhora da Luz nº. 2143 bairro-Hugo Lange.
HORÁRIO: 09h00min
TRAJE: Cívil

SGT ORÉLIO FONTANA NETO
PRESIDENTE APRA

POLÍCIA MILITAR REALIZA OPERAÇÃO CONTRA O TRÁFICO

fonte: paraná on-line

150 policiais vão as ruas.

A Polícia Militar do Paraná (PM) realiza, pelo menos até amanhã, uma operação especial presencial de repressão ao tráfico de drogas e porte ilegal de armas nos bairros mais violentos de Curitiba.

Desde o início da tarde de ontem, equipes da PM e da Ronda Ostensiva de Natureza Especial (RONE) estão percorrendo ruas do Cajuru, Cidade Industrial, Sítio Cercado e Tatuquara, com objetivo de abordar pessoas suspeitas e reduzir o índice de violência nessas regiões.

A operação conta com cerca de 150 policiais por turno (de seis horas cada), 35 viaturas, 13 motos e um helicóptero da PM. O balanço final da operação será divulgado na segunda-feira pela PM.

De acordo com o coronel Luiz Rodrigo Carstens, da PM, o trabalho será intensificado de acordo com o dia, hora e local onde mais acontecem mais delitos e crimes.

“Nos baseamos em estudos da PM e relatos da própria comunidade desses bairros. Vamos reprimir qualquer tipo de delito durante esses dias de operação”, afirma.

O foco dos policiais envolvidos ficará voltado à repressão dos criminosos. “Vamos abordar qualquer elemento suspeito com objetivo de apreender e coibir a presença de drogas, armas e violência nesses bairros. Trata-se de uma operação muito dinâmica”, diz.

Ao mesmo tempo em que acontece a operação, o efetivo diário da PM será mantido. “A operação não irá interferir no trabalho diário da PM”, ressalta. Na tarde de ontem, a equipe de reportagem acompanhou uma ronda feita pela Rone no Tatuquara.

Com apenas algumas voltas pelo bairro, a equipe o cabo Claudio Sinkes já abordou um rapaz suspeito. “Ao entrar nas ruas menores avistamos o rapaz dirigindo um veículo suspeito. Paramos e, ao realizar revista, verificamos que ele estava dirigindo com a habilitação vencida”, diz.

Mesmo não envolvendo drogas ou armas, o rapaz teve que responder pelo seu comportamento. Para Sinkes, esse tipo de operação é importante, pois “atinge as regiões mais problemáticas desses bairros mais violentos”, diz.

RONE PRENDE SUSPEITOS DE TRÁFICO E ROUBO DE CARROS

fonte: paraná online

Diego, Dirlei, Juvenil e Agenor foram levados à DFRV.

Quatro suspeitos de envolvimento em furtos e roubos de carros e tráfico de drogas foram detidos na tarde de ontem, no Cajuru. Com o grupo, a polícia apreendeu dois veículos, um revólver calibre 38, crack e cocaína.

Foram presos Agenor Coutinho da Luz, 70 anos, o filho dele Dirlei Coutinho da Luz, 42, Diego da Silva Andrade, 21, e Juvenil Cândido Ferreira, 47. A prisão foi realizada por policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), após denúncia anônima.

Na garagem da residência, na Rua Leonardo Gelinski, de propriedade de Agenor, os policiais localizaram o Gol placa ADD-9073, furtado, e um Santana roubado, com as placas adulteradas.

“Na casa encontramos uma balança de precisão, uma pedra grande de crack e R$ 600 em dinheiro”, contou o tenente Leal. Na residência de Dirlei, os policiais apreenderam 51 buchas de cocaína, 102 pedras de crack, R$ 3,2 mil em dinheiro e o revólver. Além de pai e filho, foram presos Diego e Juvenil, que estavam nas casas. Os quatro foram conduzidos à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).

13 de ago de 2010

DUPLA É PRESA COM R$ 4 MIL DE ASSALTO EM ABORDAGEM POLICIAL

fonte: rádio banda b

Em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Dois assaltantes foram presos após assaltarem um escritório no centro da cidade.Paulo Ricardo Rodrigues, 30 anos, e outro assaltante, identificado apenas como Jordan, estavam na região da Colônia Faria, quando os Políciais Militares da RONE e da P2(Serviço Reservado), detiveram os dois para uma abordagem policial.

Na ação, policiais desconfiaram que a dupla poderia ter assaltado algum comércio, já que com os eles foram encontrados R$ 4 mil em dinheiro."Esse dinheiro que foi roubado era para pagar funcionários da empresa", disse o tenente Antônio à reportagem da Banda B.

Após chegarem o boletim de ocorrência do assalto, os dois foram encaminhados para Delegacia de São José dos Pinhais.

Crime

Pouco menos de uma hora, outra ocorrência foi atendida pela Polícia Militar do 17º Batalhão. O jovem Bruno Ricardo, 19 anos, foi assassinado com vários tiros na rua Luiza Hunnelge Nester, bairro Nossa Senhora de Fátima. A vítima seria viciada em drogas e possivelmente esse seria o motivo do assassinato, de acordo com a polícia. A Delegacia local vai investigar o caso .

PRESO APÓS ASSALTAR PANIFICADORA NO UBERABA

fonte: paraná on-line

Um homem foi preso por policiais militares da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) minutos depois de, com dois comparsas, assaltar uma panificadora na Rua Sargento Luiz Gonzaga Martins Ribas, Uberaba, por volta das 15h de ontem. Dois bandidos conseguiram fugiram, e o preso, que não teve o nome divulgado, foi levado para o 7.º Distrito Policial (Vila Hauer).

De acordo com o tenente Rocha, os três assaltantes saíram da panificadora, quando um cliente chegava com a família. Eles levaram o veículo do freguês e fugiram por algumas quadras até cruzar com uma viatura, que patrulhava a região.

“O motorista passava por vias preferenciais e pelos buracos, sem frear. Quando fomos fazer a abordagem eles fugiram”, contou o tenente. Logo em seguida, os marginais bateram o carro no muro de uma residência e fugiram a pé. Um deles foi pego em seguida.

DUPLA É PRESA COM CRACK E COCAÍNA NO BAIRRO ALTO

fonte: paraná on-line

Diego Henrique Sanches, 23 anos, e Paulo Henrique Silva, 20, foram presos em flagrante na tarde de ontem, por tráfico de drogas. Eles foram flagrados com um quilo de crack e meio quilo de cocaína, no Bairro Alto.

Um dos detidos possuía uma espécie de caderneta, mostrando a quantidade de drogas que movimentava em sociedade com o outro preso. Uma equipe da Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (Rone) passava pela Rua Antônio Cândido Cavalin, quando suspeitou de Paulo.

De acordo com o tenente Serpa, o rapaz correu para um caminho entre casas, depois de perceber a viatura. Os policiais foram atrás e pegaram o suspeito entrando numa residência. Ele carregava a cocaína.

Pedras

Na casa, a equipe flagrou Diego embalando pedras de crack e apreendeu um quilo da droga. O tenente recolheu a caderneta, mostrando que a dupla vendia cerca de mil pedras de crack e buchas de cocaína por dia. A dupla movimentava cerca de R$ 40 mil por mês. A contabilidade estava anotada no papel. Paulo e Diego foram levados ao 5.º Distrito Policial (Bacacheri).

RONE APREENDE 20 KG DE MACONHA E DETÉM QUATRO PESSOAS QUE VINHAM DE SC

fonte: pmpr


Denuncias anônimas feitas pelo sistema 181 Narcodenuncia, levou a Polícia Militar a prender quatro pessoas, e apreender uma menor de idade, que transportavam 16 quilos de maconha em um veículo e uma moto, vinda do estado de Santa Catarina (SC) para o Paraná (PR). A apreensão foi realizada próximo à Pontifícia Universidade Católica (PUC), na BR 376, em São José dos Pinhais (RMC).

Parte da droga estava acomodada em uma mochila e o restante no porta malas do veículo. Foram detidos Luiz Cezar Ossani, de 50 anos, Fernando César Ferreira, de 21 anos, José Martins, 21 anos, José Martins, de 44 anos, Gilvane José Mastey, 36 anos (com passagem anterior por tráfico) e uma menor de 14 anos, foi apreendida. As prisões e apreensão foram realizadas pela Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), da Companhia de Polícia de Choque.

Segundo o tenente Antônio Carlos dos Santos, comandante da equipe Rone que realizou a operação, depois de recebida a denúncia a equipe seguiu para a BR376, que liga o Paraná e Santa Catarina. “Quando avistamos um veículo e uma motocicleta com as características recebidas na denúncia, imediatamente realizamos a abordagem”, informa.

Em seguida, foi realizada uma vistoria no veículo Pálio preto com placas de Mangueirinha (PR), e na moto com placas de Foz do Iguaçu. “A maioria dos tabletes de maconha estavam no porta-malas do automóvel, mas o restante estava na mochila que a menor, passageira na motocicleta, levava nas costas”, explica o tenente. Ainda segundo o policial, os dois veículos seguiam viagem juntos, o que facilitou a abordagem.

Os detidos, os veículos, a menor e a maconha apreendidos foram encaminhados para a delegacia de São José dos Pinhais para que as medidas cabíveis fossem tomadas. “Esta apreensão demonstra o quanto é fundamental a colaboração da comunidade nas denúncias relacionadas ao tráfico de entorpecentes”, lembra o tenente Antônio. “E o mais importante é que as denúncias podem ser feitas sem identificação pelo telefone gratuito 181”, completa.

PRONASCI - CICLO 20

fonte: mj

A partir do dia 13/08/10 estarão abertas as inscrições para o ciclo 20 dos cursos do PRONASCI (veja a relação dos cursos).

Fique ligado! A participação nos cursos é um dos requisitos para receber a bolsa formação que é paga aos alunos que recebem salário bruto abaixo de R$ 1.700,00.

Quem deseja se inscrever deve acessar o endereço http://senaspead.ip.tv/ e, quando a página abrir, clicar no link: 3) acesso a ficha de inscrição.

ACUSADO DE TRÁFICO É PRESO NA ZONA ZUL DE CURITIBA

fonte: aen

No Capão Raso, Romário de Oliveira, 19 anos, foi preso nesta terça por tráfico de drogas por policiais das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone). Ele tinha consigo 49 pedras de crack, embaladas para venda.


De acordo com o delegado Gerson Machado, do 11.º DP, a quantidade da droga tipifica o crime de tráfico. Oliveira foi levado para o Centro de Triagem II, onde aguarda decisão da Justiça.

AUMENTO SALARIAL DA PMGO

fonte: gabinete cívil de goiás

A Polícia Militar de Goiás, PMGO, é mais uma dentre as instituições policiais militares brasileiras que estão perseguindo, com algum êxito, a dignidade salarial para seus profissionais.

Clique para ver a nova tabela salarial, que consta na Lei Estadual nº 17.091, de 02 de julho de 2010. Por lá, eles quase estão chegando aos patamares hoje reivindicados na PEC 300…


11 de ago de 2010

SP: PRINCIPAIS RUAS COMERCIAIS VÃO TER ''BICO'' DA PM

fonte: estadão

Kassab quer ampliar convênio em que policiais de folga trabalham no combate a ambulantes.

O número de policiais militares que fiscalizam o comércio ambulante da capital paulista durante a folga deve aumentar no próximo mês. O prefeito Gilberto Kassab (DEM) afirmou, ontem à tarde, que planeja aumentar o valor pago aos PMs pelo dia de trabalho da Operação Delegada (conhecida como "bico oficial") e expandir o programa para todas as ruas com comércio intenso.

Hoje, cerca de 4 mil policiais patrulham vias da Sé, no centro, Santana, zona norte, Santo Amaro e Vila Mariana, zona sul, Lapa e Pinheiros, zona oeste, e recebem R$ 113 por dia. A cidade tem cerca de 25 mil policiais militares que podem aderir à operação, que reduziu cerca de 37% a ocorrência de crimes de roubo e furto no centro, segundo a Secretaria da Segurança Pública.

A comparação é entre junho e julho de 2009 e 2010 nas Ruas Aurora, Santa Ifigênia e Timbiras. "A operação melhorou o comércio, trouxe mais segurança e tranquilidade para os consumidores", avaliou Kassab. "Vamos continuar sendo muito duros com o comércio irregular", disse o prefeito, sem revelar o nome de ruas que receberão o projeto.

"Os resultados da operação têm se mostrado muito eficientes", disse o governador Alberto Goldman (PSDB). "Se for acompanhado de operações urbanísticas e de saúde, pode mudar de vez regiões como o centro."

Informalidade. Outro objetivo da Operação Delegada é evitar que os PMs trabalhem como seguranças particulares. O "bico" não-oficial é proibido pela corporação. "(Na operação) o policial tem um complemento na sua renda, trabalhando fardado, armado e com segurança", afirmou o coronel Álvaro Batista Camilo, comandante-geral da PM.

Quem adere ao "bico oficial" pode trabalhar até dez dias por mês para a Prefeitura, em turnos de oito horas. Somados aos 15 dias em que entra na escala da PM, em turnos de 12 horas, o policial tem com cinco dias para ficar em casa.

Pelo menos outras 12 cidades do Estado procuraram a PM para fazer parcerias semelhantes, entre elas Santo André, São Caetano do Sul e Ribeirão Pires, no ABC paulista, Bertioga e Santos, no litoral, e Bauru e São José do Rio Preto, no interior. "As prefeituras precisam fazer leis que possibilitem a Operação Delegada, como São Paulo fez, e temos de ver se os policiais estão dispostos a trabalhar", diz Camilo.

PESSUTI ANUNCIA DURANTE ANIVERSÁRIO DE 156 ANOS DA PM PAGAMENTO DA 3ª FASE DO SALÁRIO DOS MILITARES ESTADUAIS

fonte: site da pmpr

O governador Orlando Pessuti anunciou o pagamento da terceira fase da reestruturação salarial dos policiais e bombeiros militares, implantada em abril deste ano, e dividida em quatro etapas. O anúncio foi feito durante a Parada Militar em comemoração aos 156 anos da corporação, realizada na noite desta terça-feira (10), no Quartel do Comando Geral, em Curitiba. “Já foram pagas as duas primeiras parcelas e, agora, em agosto, estamos na terceira etapa de implantação desse ajuste salarial”, informa Pessuti.

Ainda de acordo com o governador os pagamentos estão sendo possíveis graças a “forma eficiente com que vem sendo conduzidas, não só a Administração Geral do Estado, mas principalmente a arrecadação da Secretaria da Fazenda, que permite a nós, nesse momento, assumirmos esse encargo de cerca de mais R$ 9 milhões na folha de pagamento em benefício da Polícia Militar do Paraná”. Ele afirmou ainda que está estudando as possibilidades para a implantação da quarta fase até o final do ano.

“Sem duvida, este avanço salarial é uma motivação, um incentivo, para que os militares estaduais trabalhem cada vez melhor, não precisando em seu horário de folga realizar outras atividades, arriscando além da vida alheia a sua própria, visando suplementar seus salários”, diz o Secretário da Segurança Pública, coronel Aramis Linhares Serpa, ao destacar as conquistas salariais.

O Comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Luiz Rodrigo Larson Carstens disse que a reestruturação na lei salarial é uma mudança significativa para os militares estaduais. “Nós tivemos uma mudança na base de cálculo no mês de abril, avanços no mês de maio e junho. E das quatro fases, a terceira foi anunciada hoje. Isso vai trazer bastante motivação a toda a corporação, além do compromisso de ela continuar fazendo o melhor possível pela segurança do cidadão paranaense”, garante. Para ele, as melhorias salariais são decorrentes do “o apoio do Governo do Paraná à Segurança Pública”.

HOMENAGEM – Durante a cerimônia de aniversário, Pessuti foi homenageado pela corporação e recebeu uma placa, das mãos do Comandante-geral, como policial e bombeiro militar honorário. “Homenagear a Polícia Militar e Bombeiro Militar é muito importante, mas ser homenageado por eles é realmente motivo de muito orgulho, principalmente para nós que acompanhamos a trajetória destas pessoas”, afirma. “Eu guardarei com muita satisfação essa homenagem que recebo nos 156 anos da Polícia Militar do Paraná”, completa.

O comandante-geral também destacou que as comemorações de aniversário são significativas para o estado e para a corporação. “Foi magnífico; estamos mantendo firmes as nossas tradições, valores, incentivando as futuras gerações, e fazendo com que o policial se sinta valorizado acima de tudo e, que lá na linha de frente, ele possa traduzir isso em respeito às leis e prestação de serviços com qualidade à sociedade”, elogia.

Para o coronel, o policiamento comunitário é hoje a prioridade da Polícia Militar do Paraná, por meio do qual os integrantes da corporação interagem com a sociedade, com os conselhos comunitários, com os clubes de serviços, com o cidadão no bairro, enfim, desmistificam essa idéia de o policial só atuar quando acontece o crime, ou seja, ele passa também a interagir na prevenção, antes que aconteçam os fatos.

Durante a cerimônia foram realizadas duas atividades: A entrada de três bandeiras, com guardas bandeiras montados em cavalos brancos, os quais entregaram os símbolos ao Governador, ao Secretário da Segurança e ao Comandante-geral. Após este ato, as bandeiras foram incorporadas à tropa a pé. Também houve apresentação do grupo Alfa Crucis, comandado pelo major Adonis Nobor Furuusshi.

A história de luta pelas causas do Paraná, travada pela Polícia Militar, foram destacadas pelo coronel Serpa. “Nós falamos que o policial é o único funcionário estadual que faz um juramento de defender o estado, a lei, as instituições, os poderes e a população com o sacrifício da própria vida. São os policias que estão de serviço diariamente, toda semana, todo ano, 24 horas em defesa da sociedade e, muitos deles, já perderam a vida cumprindo esse juramento e defendendo o povo do Paraná”, ressalta.

REESTRUTURAÇÃO - Na primeira fase, houve a incorporação de todas as gratificações permanentes da carreira de policial militar ao soldo, que é o vencimento base da categoria, isto é, o vencimento que serve de referência a aplicação de vantagens proporcionais, como adicional por tempo de serviço, ou para a aplicação de reajustes gerais, lineares. Já sobre esse novo soldo, na segunda fase, foi aplicado o reajuste de 5%, pago a todos os servidores estaduais.

Na terceira fase, há um aumento salarial real concedido aos policiais militares em que a média é de 9%, aplicado a todos os milicianos, dos mais modernos ao mais antigos, ativos e inativos e, inclusive, pensionistas. Ao final da implementação (quarta fase), com as correções a serem aplicadas, o soldo de um policial em início de carreira (soldado de primeira classe), por exemplo, chegará a R$ 2.289,57, sem os adicionais de tempo de serviço.

Além disso, se este soldado tiver curso superior, o seu salário inicial sem adicional de tempo de serviço será de R$ 2.564,57. Antes da reestruturação salarial este mesmo soldado de primeira classe recebia R$ 1.873,54. A reformulação atual encerra um gradativo trabalho de reorganização da carreira colocado em prática pelo atual governo.

Em 2003, dois meses depois que assumiu, o atual governo iniciou a implementação de modificações na remuneração previstas em legislação do ano anterior. Em 2006, uma reformulação salarial dos militares, que beneficiou, sobretudo os postos iniciais, foi implantada. Em 2007, 2008 e 2009, reajustes gerais foram aplicados.

6 de ago de 2010

MAIS UMA ARMA APREENDIDA EM PIRAQUARA

fonte/autor: rone em foco

Em patrulhamento de rotina pelo bairro Vila Fuck no município de Piraquara, policiais miliatres da RONE, avistaram um elemento em atitude suspeita em uma esquina.

Aonde ao perceber a presença policial o indivíduo dispensou um objeto, situação que motivou a abordagem.

O indivíduo foi identificado com Jair da Silva, 20 anos, os policiais pergutaram sobre o objeto dispensado. Jair fez de conta que não entendeu a pergunta, na varredura atráz do objeto os policiais, lograram êxito em encontrar um revólver calibre 32 da marca Largo.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao indivíduo e encaminhado a DP de Piraquara.

CANDIDATOS A DEPUTADO ESTADUAL, FEDERAL E GOVERNADOR

O blogger está querendo montar uma lista de todos os candidatos militares a Deputado Estadual, Federal e a Governador.

Caso você conheça um envie-nos um link de blogger ou site, com o nome e o número do candidato que postaremos no site.

Obrigado, Equipe RONE em Foco.

SP: VÍDEO, A AGONIA DE UM TIROTEIO

fonte: abordagem policial

A troca de tiros, ou tiroteio, pode ser considerado a situação mais complexa pela qual um policial passa no decorrer da sua carreira.

É um momento evitado através de vários esforços preventivos e técnicos nos procedimentos profissionais.

Quando a troca de tiros ocorre, porém, muitos sentimentos e riscos estão envolvidos, inclusive da perda da vida do policial.

Clique na imagem e veja imagens impressionantes dum tiroteio com policiais da PMESP, caracterizado pela inferioridade numérica dos policiais em relação aos suspeitos, além da utilização de um armamento significativamente inferior pelos PM’s.

MUNDO: VÍDEO, POLICIAL SUECO CHEGOU TARDE PARA A RAVE

fonte: youtube

Policiais que dançam sem motivo aparente tem história por aqui.

O mais novo é este sueco, que decidiu aumentar o volume do som do próprio carro e sair rebolando por aí.

E eu que pensei que esse costume era algo típico do hemisfério Sul.

SP: VÍDEO, SOLDADO QUEIROZ OU MELHOR SOLDADO QUEIROZ "PERIQUITA"

fonte: youtube

No Brasil, o soldado Queiroz, da PMESP, virou uma celebridade da WEB após encenar a “Dança da Periquita“, num vídeo que gerou muita polêmica.

Devido ao grande sucesso ele ataca de candidato a Deputado Federal.

Acesse ao site de campanha.

5 de ago de 2010

DUPLA É PRESA COM CRACK E COCAÍNA NO BAIRRO ALTO

fonte: paraná on-line

Diego Henrique Sanches, 23 anos, e Paulo Henrique Silva, 20, foram presos em flagrante na tarde de ontem, por tráfico de drogas. Eles foram flagrados com um quilo de crack e meio quilo de cocaína, no Bairro Alto.

Um dos detidos possuía uma espécie de caderneta, mostrando a quantidade de drogas que movimentava em sociedade com o outro preso. Uma equipe da Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (Rone) passava pela Rua Antônio Cândido Cavalin, quando suspeitou de Paulo.

De acordo com o tenente Serpa, o rapaz correu para um caminho entre casas, depois de perceber a viatura. Os policiais foram atrás e pegaram o suspeito entrando numa residência. Ele carregava a cocaína.

Pedras

Na casa, a equipe flagrou Diego embalando pedras de crack e apreendeu um quilo da droga. O tenente recolheu a caderneta, mostrando que a dupla vendia cerca de mil pedras de crack e buchas de cocaína por dia. A dupla movimentava cerca de R$ 40 mil por mês. A contabilidade estava anotada no papel. Paulo e Diego foram levados ao 5.º Distrito Policial (Bacacheri).

RJ: STJ DECIDE, HAVENDO DESVIO DE FUNÇÃO O SERVIDOR DEVE RECEBER DIFERENÇAS SALARIAIS

fonte: stj, blog da glaucia


O tenente que exerce função de capitão, comandando companhia ou chefiando seção, por exemplo, deve receber salário de capitão; o soldado antigo que comanda radiopatrulha ou sua equipe na guarda do quartel deve receber como sargento, pois está exercendo função de superior hierárquico.

No âmbito das polícias civis ocorre o mesmo: o papiloscopista desviado para atuar como perito criminal ou o técnico penitenciário empregado como agente de polícia devem ter tratamento isonômico, pois junto com as atribuições vêm maiores responsabilidade e complexidade no serviço. PM´s trabalhando como agentes penitenciários então, nem se fala, já que o desvio é maior ainda: o PM sem brio que veste o colete de outra instituição dentro do presídio têm direito ao salário de agente penitenciário enquanto perdurar o desvio.

ENTENDA A SÚMULA

A súmula é uma síntese do entendimento do Tribunal a respeito de um tema. No caso do STJ, não tem efeito vinculante, mas serve como orientação para as demais instâncias sobre como a questão vem sendo tratada pelos ministros, o que pode abreviar a disputa judicial, já que, quando chegar ao STJ, aquela será a posição final. O relator da nova súmula, que recebeu o número 378, foi o ministro Arnaldo Esteves Lima.

O juiz de 1º grau e os tribunais dos estados, diante de uma demanda proposta pelo policial, tem uma forte tendência a aplicar para todos os casos o que está previsto na súmula, pois sabe que se decidir de forma diferente sua sentença será alterada posteriormente.

Como não é obrigatório que o Poder Executivo cumpra a súmula e como isso gerará grandes transtornos administrativos às polícias, que desviam corriqueiramente seus intergrantes, só vão ter direito à diferença salarial aqueles policiais que ingressarem em juízo pedindo que seja reconhecido o desvio de função e o pagamento da diferença salarial.

Importante ressaltar que o direito ao pagamento da diferença salarial não depende de que exista previsão desse pagamento na lei de vencimentos da respectiva corporação.

PRÊMIO DE R$ 400 PARA O PM QUE MAIS PRENDER CIDADÃOS CORRUPTOS

fonte: blog militar legal

Em 84h,seis cidadãos foram presos no RJ por tentativa de suborno a PMs, o que dá uma média de um a cada 14h, demonstrando que os Policiais Militares aderiram à Campanha "Não saia de serviço sem prender um cidadão corrupto".

Agora,o Blog Militar Legal pagará um prêmio de R$ 400 para o PM que mais prender cidadãos corruptores,além de condecorá-lo com a Medalha Tenente Alberto Mendes Júnior. Caso seja uma dupla,o prêmio será dividido entre eles.

Quem prender um desses elementos perniciosos à sociedade,deverá enviar imediatamente um email para tenente.melquisedec@gmail.com contendo nome completo,graduação,RG, OPM,TRO,DP e RO,além do nome do Preso. No final do mês de Agosto divulgaremos o nome do vencedor.

À caça dos cidadãos corruptores!

1 - Na noite de sábado(31), Everaldo Silva de Carvalho, de 44 anos, foi preso sob acusação de oferecer R$ 1 mil a policiais do 14º BPM (Bangu) após incendiar um veículo na pista lateral da Avenida Brasil, sentido Centro, na altura de Bangu, Zona Oeste. Segundo os policiais, o carro seria do próprio suspeito, que estaria querendo aplicar o golpe do seguro.

2 - Um homem de 23 anos foi preso em flagrante na manhã deste sábado (31) por tentar subornar dois policiais militares no entorno do Shopping Nova América, em Del Castilho, subúrbio do Rio.De acordo com o delegado Sérgio Lomba, da 24ª DP (Piedade), onde o caso foi registrado, o suspeito deixava a Favela do Jacaré de moto, quando foi abordado pelos soldados. Sem capacete e com a documentação do veículo irregular, o homem ofereceu R$100 aos PMs para ser liberado.

3 - Um homem foi preso por PMs do 1º BPM (Estácio) por tentativa de suborno, na tarde deste sábado(31), na Glória, Zona Sul do Rio. Segundo a PM, Marcelo Ferreira Lopes, de 29 anos, foi flagrado com um sacolé de cocaína que havia acabado de comprar no Morro Santo Amaro. Para não ser levado para a delegacia e autuado, ele teria oferecido R$ 30 aos PMs e recebeu voz de prisão. O caso está sendo registrado na 6ª DP (Cidade Nova).

4 -Um advogado foi preso em flagrante, na noite de quinta-feira (29), no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio. Segundo PMs do 1º BPM (Estácio), ele teria tentando suborná-los ao ser encontrado com cocaína dentro do carro, acompanhado de uma menor de 17 anos.Para evitar o flagrante de drogas, o advogado teria oferecido R$ 1.500. Os policiais recusaram o suborno e deram voz de prisão por corrupção ativa.A ocorrência foi levada para a 6ª DP (Cidade Nova).

5 - Um rapaz de 18 anos foi preso em flagrante, na madrugada de quinta-feira (29), ao tentar subornar policiais militares. Segundo a polícia, ao ser abordado na Vila da Penha, no subúrbio do Rio, o rapaz, que dirigia sem carteira de habilitação, teria oferecido R$ 19 a policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) e dito que, se liberado, poderia conseguir mais dinheiro.Ele foi levado para a 38ª DP (Brás de Pina). De acordo com o comandante do 9º BPM, tenente-coronel Luiz Carlos Leal, o rapaz foi autuado por corrupção ativa. O carro foi entregue ao pai do jovem, na delegacia.

6 - Na manhã de quarta-feira (28), um mecânico foi preso em flagrante, na Avenida Brasil, na altura da Penha, no subúrbio, ao tentar subornar policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária estadual (BPRV). Ele tinha acabado de bater com o carro num caminhão.O motorista ofereceu R$ 70 aos PMs para a liberação do carro. Os policiais deram voz de prisão ao motorista, que foi levado para a 38ª DP (Brás de Pina).

PEC 300 - TEMER CONFIRMA ESFORÇO CONCENTRADO PARA OS DIAS 17 E 18 DE AGOSTO

fonte: agência câmara

O presidente da Câmara, Michel Temer, confirmou há pouco no plenário que o próximo esforço concentrado foi antecipado para os dias 17 e 18 de agosto, quando serão realizadas seis sessões, entre ordinárias e extraordinárias. Ele apresentou essa proposta hoje pela manhã a alguns líderes e, com a dificuldade de manter o quórum no plenário, decidiu ratificar a nova data.

“Em setembro é que as campanhas vão estar pegando fogo”, disse Temer. A pauta será formada pelas medidas provisórias que trancam os trabalhos e pelas propostas de emenda à Constituição (PECs) 300/08 e 308/04, esta última desde que haja acordo entre os partidos.

A primeira PEC institui o piso salarial dos policiais e bombeiros dos estados, e já foi votada em primeiro turno. A segunda cria a Polícia Penal.

2 de ago de 2010

COMISSÃO APROVA ISENÇÃO DE IPI NA COMPRA DE CARROS POR POLICIAIS

fonte: capitão assumção


"Policiais são alvo de bandidos em transportes coletivos." 
Capitão Assumção


A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou a proposta que concede isenção de IPI aos carros comprados por integrantes dos órgãos de segurança pública. A proposta beneficia policiais federais, rodoviários federais, ferroviários federais, civis e policiais militares e bombeiros, além da Guarda Municipal.

O texto aprovado é um substitutivo ao Projeto de Lei 6256/09, do deputado Major Fábio (DEM-PB), que originalmente previa o benefício apenas para policiais militares e bombeiros com pelo menos três anos de serviço. O substitutivo, apresentado pelo relator na comissão, deputado Capitão Assumção (PSB-ES), incluiu as outras categorias da segurança pública e determinou sua validade a partir do ingresso na carreira.

O projeto foi apresentado para facilitar a compra de veículo próprio pelos profissionais de segurança pública e, assim, garantir maior segurança nos deslocamentos.

Capitão Assumção explicou que todas as categorias estão sujeitas aos riscos inerentes às profissões da segurança pública, podendo tornar-se alvo de bandidos em transportes coletivos, não importando o tempo de serviço. “Nem que seja por um dia, o exercício da profissão de segurança já induz a perigos. Sendo assim, não podemos exigir que a pessoa se exponha por três anos para fazer jus ao benefício”, argumentou.


Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo de tramitação pelo qual o projeto não precisa ser votado pelo Plenário, apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. O projeto perderá esse caráter em duas situações: - se houver parecer divergente entre as comissões (rejeição por uma, aprovação por outra); - se, depois de aprovado pelas comissões, houver recurso contra esse rito assinado por 51 deputados (10% do total). Nos dois casos, o projeto precisará ser votado pelo Plenário. e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ESCLARECIMENTO SOBRE OS VALORES DO CONTRACHEQUE DE JULHO

fonte: amai

Muitos associados procuraram a AMAI, com dúvidas sobre os valores dos últimos contracheques, de junho e julho. Portanto esclarecemos:

A segunda parcela da reestruturação salarial da PMPR deveria ter sido paga em maio, porém, o pagamento só ocorreu no mês de junho, com os valores retroativos à maio. Por este motivo, os policias militares receberam, no contracheque de junho, a revisão dos adicionais e a revisão do soldo.

No mês de julho, o valor foi menor porque não havia o pagamento de retroativos, os quais já foram regularizados no mês anterior. Desta maneira, o valor pago no último contracheque é a valor que cada PM receberá, referente à implantação da segunda parcela da reestruturação.

Ainda não há previsão do pagamento da terceira e quarta parcela. Com relação ao adicional de inatividade, A AMAI ingressará com uma ação judicial para garantir o benefício.

RONE DÁ RASTEIRA NO TRÁFICO DE DROGAS EM CURITIBA

fonte: paraná on-line

No Boa Vista, casal é apanhado com crack e dinheiro trocado. Foi preso em flagrante.


Buscando dar um combate efetivo ao tráfico de drogas, retirando de circulação traficantes que fazem seus pontos de venda em diferentes bairros, equipes da Rondas Ostensiva de Natureza Especial (Rone) tem realizado constante patrulhamento nas mais diferentes regiões de Curitiba. No sábado, em duas abordagens bem sucedidas, quatro traficantes foram presos em flagrante e encaminhados à Polícia Civil, sendo entregues no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac), anexo ao 8.º Distrito Policial, no Portão.

A primeira investida dos PMs resultou nas prisões de Carlos Alberto Dias de Oliveira, 36 anos, e Jacimin Ferreira Machado, 38. Ambos foram detidos na Vila do Sapo, no São Brás, na tarde de sábado. Com eles foram apreendidas 15 pedras de crack e pequena quantidade de maconha, porém o suficiente para configurar que estavam vendendo o entorpecente.

Horas mais tarde, um casal foi apanhado com crack no Boa Vista. Uma equipe da Rone circulava pela Rua Miguel Piekarski, quando viu o casal e fez a abordagem. Margarete Aparecida Woch, 40, e Moacir Cordeiro Pinto, 38, estavam com 131 pedras de crack e dinheiro trocado. A droga estava na bolsa de Margarete. O casal também foi encaminhado para Ciac.

Além do policiamento pelas ruas, a Polícia Militar continua recebendo denúncias pelo 181 (Narcodenúncia), que tem resultado em muitas prisões, não só na capital como na Região Metropolitana e em outras cidades do Estado.

ATAQUE A ROTA, CARROS INCENDIADOS

fonte: abordagem policial


Para os paulistas, as cenas são difíceis de esquecer: veículos incendiados, atentados a quartéis e a policiais. Foi com um ambiente assim que 2006 entrou para a história do País, quando o terror se infiltrou nos noticiários, mediante as ações da facção criminosa denominada Primeiro Comando da Capital, o PCC. Em 1993, mais de uma década antes da tragédia, quando da publicação do que seria o “estatuto do PCC”, o secretário estadual da Administração Penitenciária paulista, afirmara que “Tudo isso não passa de ficção. Em São Paulo não existe crime organizado”.

Ataques do PCC em São Paulo: 3 anos.

Cenas similares vêm ocorrendo na capital paulista neste final de semana, quando o Comandante das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, a ROTA, tenente-coronel Paulo Adriano Telhada, foi alvo de um atentado em frente à sua casa, quando vários tiros foram disparados em sua direção, felizmente, sem qualquer acerto.

Além disso, o quartel da ROTA foi alvo de disparos de arma de fogo um dia depois, onde “Um dos ocupantes do automóvel saiu do carro e tentou lançar um coquetel molotov contra a corporação. Houve troca de tiros e o bandido que estava fora do veículo acabou baleado e morreu. O segundo suspeito continua sendo procurado pela polícia”. Coincidência?

Se sim, a coincidência se torna ainda mais mirabolante quando nos deparamos com a seguinte notícia: Mais de 10 carros são incendiados durante a madrugada na zona leste de São Paulo.

Segundo o O Globo, a postura do Governador Alberto Goldman foi a seguinte:

O Governador de São Paulo, Alberto Goldman, não acredita que ataques à PM sejam coordenados. Ele descarta possibilidade de se repetirem ações como em 2006.

- Forças de segurança estão preparadas para ‘eventualidade’ – diz.
Torcemos para que o Governador esteja certo, ao contrário do secretário de 1993. De qualquer modo, aos policiais de São Paulo fica a recomendação de alerta, pois já foi demonstrado que a polícia é o principal alvo dessa série de coincidências – que, curiosamente, ocorre neste clima pré-eleições. Atacar a ROTA é atacar um símbolo nacionalmente conhecido da Polícia Militar do Estado de São Paulo, o que pode significar algo muito além da atual descrença das autoridades. Vamos aguardar, e torcer.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...