28 de set de 2011

PR: POLÍCIA FAZ CERCO PARA PRENDER TRIO QUE ATIROU CONTRA PM

fonte: pmpr

Cel Scheremeta
A Polícia Militar do Paraná está em busca de três homens que na noite desta terça (28) atiraram e feriram uma policial militar, atropelaram outro, trocaram tiros com um terceiro PM, e sequestraram um médico, em Curitiba. Além de policiais do 17° Batalhão (RMC), integrantes da 1ª Companhia Independente da Lapa, do grupamento Aéreo, do 1° Batalhão (Ponta Grossa) e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), com a Companhia de Cães, participam do cerco que neste momento está na região da Lapa.

“No Paraná nós não vamos permitir que bandidos saiam ilesos e impunes, de qualquer tipo de crime contra as pessoas, mas principalmente quando atentam contra a vida de policiais, que tem como função defender a sociedade. Tivemos policiais vitimados pela ação malvada e criminosa de bandidos que precisam ser realmente retirados da sociedade, não podemos mais compactuar com isso; trocaram tiros mais vezes em uma mesma noite, e por isso precisam ser encontrados; não vamos permitir que qualquer bandido no Paraná se crie”, garante o Comandante-Geral da PM, Coronel marcos Teodoro Scheremeta.

PR: APÓS BALEAR POLICIAL, CONFRONTO COM POLICIAIS CONTINUA NO PRONTO SOCORRO E MÉDICO E FEITO REFÉM

fonte: márcio barros

Segundo a tenente Aline Canfild, quatro rapazes chegaram com o ferido ao Hospital do Trabalhador.

Quando foram abordados pelos policiais que fazem a segurança do hospital, eles novamente trocaram tiros. Para fugir, renderam um médico que entrava em um Palio cinza e o levaram refém.

A vítima foi abandonada no terminal do Pinheirinho, e o marginal ferido foi deixado no posto de saúde do bairro.

Investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos trabalham no caso.

PR: FESTA NA CASA DO GERENTE DO PARANÁ CLUBE TERMINA COM POLICIAL BALEADO

fonte: sergio silva e bruno henrique


O que era pra terminar em festa acabou em tragédia, na noite desta terça-feira (27). O incidente ocorreu na casa do gerente social e de Marketing do Paraná Clube, Luis Carlos Casagrande, o "Casinha", localizada na rua Frei Francisco Mont Alverne, no bairro Uberaba, em Curitiba.

Tudo estava programado para a festa de aniversário do neto de "Casinha", que reuniu a família para assistir a partida do Paraná Clube contra o Icasa. No momento que Ana Paula Moreira Martinez, de 30 anos, sobrinha do gerente tricolor estacionava o veículo Polo Prata, placa de Curitiba, em frente a casa do tio, ela observou que um desconhecido tentava pular o portão da residência do tio. Ela que trabalha no hospital da PM tentou reagir o assalto e foi baleada três vezes no peito.

O marido de Ana, Sergio Luiz Mezinski, que também é PM e trabalha no Bptran, saia do Polo, pela outro lado do carro, saiu em socorro da esposa e atirou no bandido. Segundo informações, ao menos um dos disparos teriam acertado o marginal na perna.

Na esquina outros bandidos estavam em um carro, fazendo cobertura ao suposto assaltante. Ao verem a reação do casal, tentaram atropelar Sergio Luiz, jogando o carro contra o mesmo, que conseguiu escapar. Os comparsas colocaram o assaltante baleado dentro do carro e fugiram em alta velocidade.

Ana Paula foi encaminhada em estado grave ao hospital Cajuru. Luis Carlos Casagrande, o "Casinha", falou à reportagem Banda B sobre a tragédia. “Era para ser uma festa, aniversário do meu neto. Meus sobrinhos chegaram e a Ana, que trabalha no Hospital Militar percebeu o assaltante tentando entrar aqui em casa e reagiu. O bandido acabou atirando nela. O marido que é policial militar também atirou no marginal e parece que acertou pelo menos um tiro”, atestou Casinha, que se mostrou equilibrado em relação a questão da insegurança na cidade.

“Não se pode culpar a Polícia Militar, pois não existe efetivo para toda a cidade. Hoje, nossa casa foi a escolhida”, afirmou. Casinha ainda falou sobre a sobrinha que foi baleada. “Ela é a alagria das nossas reuniões familiares. Sempre alegre e distribuindo simpatia. Vamos rezar por ela, que possa se safar dessa situação”, disse emocionado.

Segundo informações, uma vizinha afirma ter percebido que o assaltante foi baleado e saiu puxando a perna. Ainda no local, chegou a informação de que uma pessoa deu entrada no Hospital do Trabalhador, com um tiro na perna. A esperança de todos é que a polícia possa deter os autores deste crime.

Fala Thozo:
Toda a equipe do BO de Stive, deseja a policial ferida as mais sinceras melhoras.




Estaremos orando por você!!!

PR: POLICIAIS PARTICIPAM DE MANIFESTAÇÃO EM FRENTE A ALEP

fonte: helton thozolino

Cerca 200 policiais militares e bombeiros participaram da manifestação em frente à Assembleia Legislativa do Paraná, para pedir a implantação da Emenda 29.

Esse foi o saldo!

Pelo grande volume de mensagens que o blogger tem recebido, acreditei que esse número seria bem maior, mas fazer o quê?

PMs de diversas regiões do estado, vão acompanhar a sessão desta tarde na assembleia.

Além da implantação do subsídio como forma de remuneração, o que acreceria cerca de 25 % aos salários da PM, os policiais pedem que o governo faça um novo concurso para contratar dois mil novos policiais militares.

O governo já anunciou que vai chamar os candidatos aprovados nos último concurso, mas devido a ações protocoladas na justiça pela AMAI o chamamento desses candidatos está temporariamente suspenso.

27 de set de 2011

PR: EQUIPE DA RONE SOFRE ACIDENTES E POLICIAIS FICAM FERIDOS EM ESTADO GRAVE

fonte: márcio barros





Quatro policiais militares ficaram feridos, dois em estado grave, no capotamento da viatura ATB-5993, da Rondas Ostensivas de Natureza Espeical (RONE), pertencentes ao BOPE), por volta de 20h de ontem. O acidente aconteceu na Avenida Doutor Dario Lopes dos Santos, atrás da rodoferroviária.

Segundo testemunhas eles estavam em alta velocidade e o motorista perdeu o controle da direção quando passou pelo trilho do trem. A caminhonete capotou várias vezes e parou ao bater em uma cerca, no pátio da ALL.

Os quatro policiais foram atendidos pelo Siate. Os soldados Duarte e Mendes, foram levados ao Hospital Cajuru em estado grave, os outros dois, que não tiveram os nomes divulgados, foram levados para outros hospitais, sem risco de morte.

Um PM do 20.º Batalhão disse que a viatura do Bope foi chamada para dar apoio ao chamado de uma vítima de assalto.

Depois, descobriu-se que o a pessoa que havia acionado a polícia havia se assustado com um bêbado parado na frente do portão da casa. “Ficamos satisfeitos por ser nada de grave, mas por conta de uma informação errada, quatro policiais se envolveram em acidente”.

Fala Thozo:
Toda a equipe do BO de Stive, deseja aos 4 companheiros da RONE as mais sinceras melhoras.


Força irmãos!!!

26 de set de 2011

PR: GOVERNO CRIA GRUPO DE TRABALHO PARA TRATAR A IMPLEMENTAÇÃO DA EC 29

fonte: aen


O governo do estado demonstrou estar preocupado com todas as manifestações em prol a EC29, que vem ocorrendo em todo o estado.

Prova disso foi a tentativa de acalmar os ânimos, divulgando a noticia que estaria criando está semana o grupo de trabalho, que tem a finalidade de regulamentar a EC29.

O que me chamou a atenção na noticia postada no site do governo, foi de não ter, nenhum nome desse tal grupo de trabalho divulgado, me pareceu o famoso "CTRL+C e CTRL+V" de alguns meses atraz, quando o governador Beto Richa, divulgou estar criando o grupo de estudos.

Mas que nada verdade até agora não saiu do papel, vamos ver o que vai dar está semana.

O grupo de trabalho recebeu do governador Beto Richa a missão de elaborar um anteprojeto de lei para regulamentação da emenda, que visa, dentre outros aspectos, instituir o pagamento de salários na forma de subsídios e a formação superior dos membros da Polícia Militar como requisito de ingresso.

...

O prazo definido pela Resolução é de 60 dias, e nesse prazo o grupo analisará as providências orçamentárias, o impacto financeiro e as alterações funcionais necessárias à implantação da medida. O relatório final do trabalho será apresentado ao governador para a decisão final sobre todos os detalhes do anteprojeto de lei.pec

Leia mais...

PR: LADRÃO INVADE BANCO, MAS É PRESO PELA RONE

fonte: márcio barros


Um homem foi preso em flagrante por policiais da RONE, pertencente ao  Batalhão de Operações Policiais (BOPE), minutos depois de arrombar uma agência da Caixa Econômica Federal, na Avenida Winston Churchill, no Pinheirinho, às 19h30 de sábado. O que chamou a atenção da polícia é que Fernando Bueno Scherer, 25 anos, fugiu levando apenas malotes onde estavam guardadas as armas e os coletes balísticos dos vigilantes, e não tentou arrombar os cofres onde fica o dinheiro do banco.

Segundo o tenente Ralfh, o rapaz entrou tranquilamente, pegou os malotes onde estavam quatro revólveres, dois coletes balísticos e quando estava fugindo, o alarme disparou. Policiais do Bope que estavam nas proximidades chegaram rapidamente, fizeram a abordagem e encontraram com Fernando todo o material, que logo em seguida descobriram que havia sido furtado do banco. ‘Fomos até a agência e encontramos a porta da sala de segurança arrombada. A Polícia Civil que vai cuidar do caso deve investigar se ele realmente só queria as armas e os coletes, possivelmente para vender no mercado negro, ou utilizar em outras ações criminosas, ou se queria também o dinheiro, mas como o alarme disparou deixou e foi embora.‘, explicou o policial.

Fernando, que já tinha passagens pela polícia, foi encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac) e autuado em flagrante pelo crime.

DEDICAÇÃO E RESPONSABILIDADE NÃO EXIGEM TEMPO DE SERVIÇO

fonte: rosuilson cardoso


Conheço excelentes profissionais que, apesar de possuírem muitos anos de serviço prestado à instituição e de terem idade superior àquela tida como imprescindível para o exercício da atividade policial em determinadas Unidades, se mantêm permanentemente empenhados e vibrantes nas ocorrências que se envolvem durante a execução do serviço, além de cônscios da importância da função que desempenham para a preservação da ordem pública.

Por outro lado, também conheço integrantes dos órgãos de segurança pública que mal ingressaram nas suas fileiras e já se mostram cansados, apáticos e indiferentes aos problemas e soluções afetas ao seu objeto de trabalho.

Dedicação e responsabilidade não se medem por idade ou tempo de serviço prestado. Estes são requisitos essenciais e sempre presentes no bom profissional, independente da percepção de benefícios de ordem financeira (gratificações, horas-extras ou diárias) ou da externação de reconhecimento institucional (elogios ou recompensas do serviço) que, diga-se de passagem, são sempre bons de serem recebidos, mas que não podem (ou não deveriam) se constituir no objetivo final ou único das ações empreendidas.


Difícil, no entanto, é conseguir manter motivado um profissional que, já se vendo desmerecido, agora se sente ultrapassado, pois, em razão da sua idade ou tempo de serviço (como se estes fossem fatores negativos), não consegue sequer participar de um processo seletivo para preenchimento dos claros existentes em determinadas Unidades.

Afinal, qual é o objetivo a ser atingido quando se estabelece esse tipo de medida?

Se existem mais candidatos do que vagas ociosas (como em qualquer processo seletivo), que os critérios de seleção sejam muito mais objetivos e carreados de isonomia (avaliação intelectual; avaliação médica; teste de aptidão física; teste de habilidade específica; sindicância social etc.) do que amparados em análises subjetivas que carecem de justificativa científica ou fática.

Permitir que os policiais militares interessados e que se julgam capacitados a fazer parte do efetivo de uma Unidade Especializada ou de serem mobilizados para outro órgão de atuação nacional participem do processo seletivo sem qualquer impedimento de ordem temporal (idade ou tempo de serviço), além de atender aos princípios da administração pública, sobretudo o da eficiência, se constitui num mecanismo de estímulo ao contínuo aperfeiçoamento e respeito aos anseios de profissionais que buscam alcançar suas conquistas e objetivos através de méritos próprios e justos.

22 de set de 2011

RJ, VÍDEO: A DITADURA DO TRÁFICO

fonte: youtube

A matéria abaixo mostra a crueldade de traficantes de uma favela do Rio de Janeiro, que aplicam punição severa e degradante a mulheres que supostamente teriam denunciado suas práticas à polícia. Mesmo havendo uma grávida entre as vítimas, todas elas são atingidas com um tiro na mão por servirem de “X9″ (denunciantes).

21 de set de 2011

PR: POLICIAIS MILITARES DO 20° BPM, MANDAM 2 PARA A GAVETA E LIBERTAM REFÉNS NO BOQUEIRÃO

fonte: marcia santos


Aproximadamente dez pessoas feitas reféns por homens armados em uma fábrica de pães foram libertadas por policiais militares do 20° Batalhão da Polícia Militar (20° BPM), que também impediram o roubo ao estabelecimento, na tarde desta terça-feira (20), na Rua Anne Frank, no bairro Boqueirão em Curitiba. A dupla, que atirou contra os policiais, entrou em óbito.

“Conseguimos salvar estas vidas porque nossa equipe estava em patrulhamento pelo local quando a informação foi repassada via 190; rapidamente ela ao local, em tempo de salvar estas vidas, e impedir, quem sabe, uma tragédia”, avalia o Capitão Anderson Mendes Araújo, Supervisor do 20° BPM. “O preparo e a agilidade de nossos policiais também foram decisivos”, ressalta o oficial.

Segundo as informações da equipe, ao chegar ao local a equipe policial encontrou um grupo de vítimas ajoelhadas no escritório, que informou o local onde a dupla estava, o andar de cima. “Segundo informações passadas para nós pelo proprietário da panificadora, quando a dupla entrou no local e viu a existência de um cofre determinaram que ele abrisse; no entanto, como ele ficou nervoso, não conseguiu e pediu para ir ao andar superior para chamar sua mulher que poderia abrir o equipamento”, relata.

O homem, inclusive, teria sido ameaçado de morte. “No momento que subiram, a PM chegou ao local; o homem que ficou vigiando os reféns viu a equipe policial e também subiu para avisar o comparsa, que já estava descendo com o casal sob a mira de uma arma de fogo”, relata o soldado Fernando de Campos, que juntamente com seu companheiro de trabalho, o também soldado Roberto de Souza, atendeu a ocorrência.

“Ainda na escadaria na loja, o casal fugiu da dupla armada, a qual recebeu voz de abordagem, e não acatou, atirando contra os policiais, que revidaram, e atingiram ambos”, conta Campos. De acordo com ele, o Siate foi acionado e ao chegar ao estabelecimento comercial constatou o óbito de ambos. “Após esta ação, os policiais retiraram as armas deles, as quais estavam com numeraçao ilegível, e foram apreendidas”, detalha o capitão Mendes.

O soldado Campos lembra que o casal de proprietários estava sendo usado pela dupla como escudo humano. “Com agilidade conseguimos salvar pelo menos três, das dez vítimas, de uma possibilidade de morte, pois caso não conseguissem abrir o cofre, ou não chegássemos rápido, a dupla poderia ter atirado”, destaca Campos. “Se atiraram contra os policiais militares, certamente fariam o mesmo com as vítimas”, completa o capitão.

As armas apreendidas foram encaminhadas ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC/SUL) para providências cabíveis. “O mais importante é que nenhuma das vítimas ficou ferida”, ressalta Campos. A partir de agora, segundo ele, a polícia civil vai investigar o caso.

OS DEZ MANDAMENTOS DO POLICIAL

fonte: danillo ferreira


Toda atividade profissional possui suas características, que expandem ou limitam os aspectos da vida daquele que se propõe a adotar determinada profissão. Neste sentido, a atividade policial é um dos ofícios que mais exige cuidado e adaptação da vida afetiva, familiar e cotidiana de seus adeptos. Por isso, resolvemos fazer um pequeno guia para aqueles que não são policiais entenderem essas limitações, e para os policiais que nos lêem reforçarem ideias que geralmente lhes são passadas desde o curso de formação.

Os Dez Mandamentos do Policial são ensinamentos para cuidar da integridade do policial e daqueles que se relacionam com ele fora ou durante o desempenho de sua atividade profissional:


Policiais que frequentam locais vulneráveis à incidência de crimes estão se dispondo a correr riscos que podem ter fins trágicos. É claro que as coisas podem ocorrer em qualquer local, porém, sabemos bem os bares, lanchonetes e outros estabelecimentos propícios à presença de pessoas envolvidas com o crime. Não é agradável sentar em uma mesa de bar ao lado de um suspeito preso em uma ocorrência por você próprio em outra ocasião. Por isso, independentemente do custo dos lugares que frequenta, procure sempre estabelecimentos onde a honestidade parece ser a característica de seu público.


Todos nós possuímos amigos, mas não necessariamente somos responsáveis pelas suas trajetórias. Assim, é perfeitamente possível que um amigo de infância enverede pelo ambiente do crime, e que passe a ter um estilo de vida incondizente com o que um policial pode admitir para sua própria segurança. Não se trata de “elitismo”, de ter amizades diferenciadas só por ter se tornado policial. Mas, no mínimo, é preciso estabelecer limites para alguns tipos de amigos – principalmente aqueles de ocasião.


Relacionamentos amorosos podem gerar sérios problemas para policiais, a depender de quem seja a pessoa com quem está se relacionando. Considerando o fato de que a atração amorosa não é controlada racionalmente, ou que este controle tem certos limites, é bem possível que um policial se envolva com pessoas que, por sua personalidade ou ambiente familiar e de amizades (e até por seus relacionamentos amorosos anteriores) sejam problemáticas para a convivência. Há casos em que esposas de policiais matam seus maridos por ter conseguido acesso a sua arma de fogo após uma discussão. Policiais que se relacionam com traficantes de drogas etc.


Um professor financeiramente descontrolado terá que dar aulas a mais para tentar voltar à estabilidade. Um policial, com arma de fogo à disposição e investido de sua condição profissional, com todas suas prerrogativas, terá tentações muito mais perversas para complementar sua renda. Certamente, esta não é a única fonte de corrupção de um policial, mas é imprescindível procurar gastar pouco para precisar de pouco, pois as soluções que aparecerão para seus problemas financeiros podem lhe gerar problemas judiciais e vitais. Mesmo com o geralmente parco salário, é preciso se manter na honestidade.


Nem sempre é possível estar observando tudo que está a sua volta. Existem momentos de relaxamento natural do corpo e do raciocínio. Mas o policial não pode se descuidar excessivamente, ou corre o risco de sofrer represálias em decorrência do seu exercício profissional. Se possui o hábito de portar arma de fogo, esta máxima é ainda mais pertinente. Entrou em um ônibus coletivo? Sentou em uma mesa de bar? Está sacando dinheiro no banco? Esteja sempre atento.


O policial geralmente se torna uma referência para a segurança da comunidade em que reside. Assalto nas proximidades? Pede ao policial para resolver. Arrombamento em uma casa? Chama o policial para entrar e ver se há alguém suspeito no interior da residência. Esta “utilidade”, porém, acaba levando o policial a se considerar um xerife de rua, uma espécie de ordenador abusivo de qualquer problema que surja em sua comunidade: algo que levará seus próprios vizinhos a se incomodarem com a postura. As “milícias” são uma extensão desse papel irregular de ditador exercido por um policial.


É comum ver policiais que se envolvem em ocorrências policiais fora de serviço como se de serviço estivessem – como se estivesse na companhia de uma guarnição, com rádio comunicador para requisitar apoio, fardado etc. Outros, fardados e de serviço, excedem suas competências e os limites legais, e abusam do poder que lhes é atribuído. Para ser policial é preciso exercer permanentemente a humildade e a discrição. A arrogância e a petulância podem ser fatais.


Pouca profissões são tão estressantes quanto a atividade profissional. Por isso, se dedicar ao trabalho policial sem ter atividades secundárias de relaxamento e diversão é um tiro no pé, que certamente trará problemas para a saúde. Participe de atividades sociais não policiais, leia livros, assista filmes, jogue futebol, viaje, enfim, pratique atividades que lhe façam se despir da condição formal e tensa que a polícia nos impõe.


É verdade que as polícias não treinam adequadamente seus policiais. Por isso, precisamos nos pronunciar sempre sobre estas carências, pressionar para que a zona de conforto dos responsáveis por dotar os policiais de treinamento não se extenda. Enquanto esta deficiência está ocorrendo, porém, é preciso não descuidar do preparo técnico, mesmo que isso gere custos particulares. Erra consigo mesmo quem não treina por “birra” com a polícia. Não é o governador que enfrentará situações de risco nas ruas. Estar apto para o serviço policial é diminuir os riscos de morte durante a atividade.


Uma coisa é querer fazer o mal. Outra é estar em um ambiente onde alguns elementos lhe levam a cometer um mal. Não são raras as ocasiões em que policiais tidos como pacíficos e moderados acabam se deixando levar pelas circunstâncias da ocorrência, se envolvendo com os fatos, e chegam a abusar do uso da força. O controle das emoções é um dos grandes desafios da atividade policial, e deve ser exercitado cotidianamente, sob pena do policial se tornar uma “bomba” a explodir suas emoções sempre que se depara com ocorrências provocativas.


Com todas essas limitações e cuidados que o policial precisa ter, fica claro porque se justifica qualquer reivindicação de valorização e reconhecimento dos profissionais de segurança pública.

BR: TROPA DE ELITE 2 DISPUTARÁ O OSCAR

fonte: o globo


O filme com a maior bilheteria do cinema brasileiro, que retrata as dinâmicas presentes na segurança pública e nas polícias brasileiras, será o representante do Brasil no Oscar, maior prêmio do cinema mundial. Tropa 2 disputará o prêmio de melhor filme estrangeiro, após desbancar (por unânimidade) filmes como “Bruna Surfistinha”, “Chico Xavier” e “Assalto ao Banco Central”:

RIO – “Tropa de elite 2″ é o indicado do Brasil para concorrer a uma vaga no Oscar 2012. O filme de José Padilha, que consagrou-se como a produção de maior bilheteria da história do cinema nacional, foi o escolhido por unanimidade pela comissão especial de seleção do Ministério da Cultura, entre as 15 produções inscritas, para disputar uma das cinco indicações a melhor filme de língua estrangeira. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira no Palácio Gustavo Capanema, pela secretária do Audiovisual, Ana Paula Santana.

“Tropa” disputou a indicação ao Oscar com “Assalto ao Banco Central”, “Bruna Surfistinha”, “As mães de Chico Xavier”, “Estamos juntos”, “Família vende tudo”, “Federal”, “A antropóloga”, “Vips”, “Histórias reais de um mentiroso – Vips”, “Lope”, “Malu de bicicleta”, “Mulatas! Um tufão nos quadris”, “Quebrando o tabu” e “Trabalhar cansa”.

Leia mais…

Parabéns por mais este reconhecimento aos responsáveis por Tropa 2, um filme que conseguiu traduzir para o público geral boa parte das problemáticas que só os trabalhadores da segurança pública e certos setores sociais compreendiam. Se Tropa 2 ganhar o Oscar, será uma boa exibição da insegurança brasileira (com suas corrupções e desmandos políticos) para os entusiastas da Copa 2014 e Olimpíada 2016 em todo o mundo.

RS: POLICIAIS MILITARES AVALIAM PROPOSTA DO GOVERNO

fonte: correio do povo


A questão salarial dos funcionários de nível médio da Brigada Militar terá mais um desdobramento hoje à tarde, durante reunião entre a Associação Antônio Mendes Filho (Abamf), dos soldados, e da Associação dos Sargentos, Tenentes e Subtenentes da BM (ASSTBM). Ambas fizeram assembleias nas suas regionais e a decisão sobre a proposta deve ser apresentada hoje à tarde ao Governo. Os sargentos, tenentes e subtenentes devem rejeitar a proposta, pois ela não é linear.

A ASSTBM divulga hoje o resultado das suas 13 assembleias. O presidente da instituição, Aparício Santellano, adiantou que a rejeição é grande, em função de haver aumentos diferenciados. A Abamf, até a última sexta-feira, tinha aprovado a proposta em seis regionais do interior, e rejeitado uma na Capital.

Durante o Desfile Farroupilha, com a presença do governador Tarso Genro, ocorreram manifestações dos PMs. A Associação dos Oficiais da BM entregou uma carta aberta a Tarso afirmado que os oficiais não têm envolvimento com os protestos no RS.

VÍDEO: BOM DIA BRASIL DA TV GLOBO, REVELA O CUSTO DOS PARLAMENTARES BRASILEIROS

fonte: youtube



Até que ponto nossas instituições governamentaischegarão? Se tornarão absurdas até que deixemos de ser tão pasmos? 


Os parlamentares brasileiros custam em média mais 10 milhões de reais por ano (cada). 


Você acha que eles valem quanto custam, ou está só sendo feito de otário como todos nós?

O vídeo parece ter sido gravado de uma edição do jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo. 

20 de set de 2011

PR: EM CAMPO MOURÃO, A PM MANDA DOIS PARA A GAVETA E SALVA REFÉNS

fonte: youtube

Em Campo Mourão, por volta das 8:00 da manhã dois bandidos invadiram a residência de Moacir Coelho, que fica atrás de seu restaurante.

Um dos bandidos dominou o empresário com uma arma apontada para sua cabeça, e ameaçando o empresário, dominou todos os funcionários que estavam chegando para o trabalho. Já o outro invadiu a casa e dominou a mulher e mais uma criança.

Entretanto, um dos funcionários que chegava percebeu a presença dos bandidos e chamou a polícia, que por coincidência passava pela rua naquele momento.

Os policiais entraram no restaurante e deram de cara com o bandido apontando a arma para a cabeça do empresário e em um momento de descuido o policial conseguir atingir o bandido no peito.

O outro, percebendo a chegada da polícia tentou fugir a pé, mas foi alcançado e ao reagir acabou atingido.

Chegou a ser atendido, mas morreu logo após dar entrada no pronto Socorro.

Um dos bandidos tinha 23 anos e o outro, apenas, 15 anos e todos os dois com uma extensa ficha policial.


Fala Wellington:
De tudo que passou no vídeo, o destaque foi para o discurso do comerciante que sabiamente demonstrou o que todo cidadão está sentido na pele, os marginais com um monte de direito e o cidadão de bem, refém das leis.

Ele também lembrou de agradecer aos policiais que o resgataram, é isso que motiva a policia a continuar trabalhando mesmo com todo o descaso do governo.

Parabéns aos companheiros de Campo Mourão.

SP: PROMOTOR ACONSELHA POLICIAL A MELHORAR A MIRA

fonte: folha.com


"Bandido que dá tiro para matar tem que tomar tiro para morrer. Lamento, todavia, que tenha sido apenas um dos rapinantes enviado para o inferno. Fica aqui o conselho para Marcos Antônio: melhore sua mira..."

O texto é do promotor Rogério Leão Zagallo, do 5° Tribunal do Júri de São Paulo.

Foi escrito numa manifestação na qual pediu, em março deste ano, o arquivamento do inquérito que investigava as circunstâncias em que o policial civil Marcos Antônio Teixeira Marins havia matado um homem que, ao lado de um comparsa, teria tentado roubar o carro que dirigia.

Na versão do policial civil, a dupla tentou atirar nele, motivo pelo qual reagiu.


"O agente matou um fauno que objetivava cometer assalto contra ele, agindo absolutamente dentro da lei", escreveu o promotor em sua manifestação, comparando o suspeito morto no episódio ao ser da mitologia romana meio homem meio animal.

As polêmicas observações feitas por Zagallo são alvo agora da Corregedoria do Ministério Público. O procurador-geral de Justiça do Estado, Fernando Grella Vieira, não quis comentar o caso.

O pedido pelo arquivamento da apuração das circunstâncias da morte do suspeito foi aceito pela Justiça.

Dessa forma, o policial civil não foi processado por homicídio doloso --quando há intenção de matar.

Zagallo disse à Folha não ter interesse em falar publicamente sobre o texto. "O que eu tinha para me manifestar sobre esse caso está escrito no documento. Não quero mais falar sobre isso", disse.

Fala Wellington:
Enquanto o Supremo, joga no lixo todo o repúdio que o cidadão sente pela marginalidade, elaborando ou melhor, destruindo o código penal.

Um Promotor mostra que tem brio e coloca no papel o que ele e todo cidadão de bem pensam.

Parabéns!!!

19 de set de 2011

VÍDEO: NOVO FUZIL IMBEL IA2, CALIBRES 556 E 762

fonte: forte.jor.br, youtube

Esse fuzil tem a “missão” de substituir o FAL nas unidades do Exército Brasileiro e tudo indica que também irá substituir os fuzis G33 da Força Aérea, além dos FAL e M16 da Marinha e Corpo de Fuzileiros Navais.

O fuzil IMBEL IA2 fará uso de polímero no guarda-mão, punho e coronha.

Principais características:

  • Família de fuzil em 2 Calibres: 5,56 e 7,62mm;
  • uso de polímero no guarda-mão, punho e coronha;
  • a luva isolante (em cor avermelhada) entre o cano e o guarda-mão podendo ser vista na imagem de detalhe do cano do 5,56. A luva também está disponível no 7,62;
  • os zarelhos para fixação de bandoleira do 5,56 diferente do 7,62. Neste último, o zarelho é rotativo e preso no cano. No 5,56, é preso junto ao guarda-mão e localizado em ambos os lados do corpo da arma (em forma de borboleta);
  • os trilhos Picatinny para fixação de acessórios diversos;
  • a coronha do 5,56 (foto com detalhe) retrátil e rebatível;
  • nova ergonomia do punho com um ângulo bem diferente do usado no FAL e PARAFAL;
IA2 - 762

IA2 - 556

17 de set de 2011

RS: BONECO DE PM COM SUPOSTA BOMBA, ISOLA CENTRO DE PORTO ALEGRE

fonte: terra

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado e retirou o material por volta das 8h, liberando o tráfego na área central da cidade


Um boneco de um policial militar com uma suposta bomba foi encontrado em cima de um viaduto na rua Duque de Caxias, centro de Porto Alegre (RS), na manhã desta quinta-feira. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado e retirou o material por volta das 8h, liberando o tráfego na área central da cidade. A polícia vai analisar o boneco para saber se havia artefatos explosivos.

Cerca de 20 policiais foram acionados após a denúncia de que havia ameaça de bomba. A Polícia Militar não sabe quem deixou o boneco no local, mas suspeita de protesto, já que desde agosto vem acontecendo uma série de manifestações de PMs, que cobram melhores salários

BA: POLICIAIS MILITARES DA BAHIA COMEÇAM A SE MOBILIZAR POR MELHORES SALARIOS

fonte: danillo ferreira, aopmba.com.br


Existem indícios de que a Polícia Militar da Bahia começa a se mobilizar em prol de uma reivindicação salarial. Dois sinais confirmam tais suspeitas: primeiro, a Associação dos Oficiais da PMBA (Força Invicta) emitiu uma nota em seu site cobrando do Governo do Estado incremento salarial, após a promessa da Secretaria de Segurança Pública de criar uma premiação a ser concedida pelos policiais que atingirem metas de redução de crimes:

Com relação à matéria publicada na edição do dia 08 do corrente mês, sob o título “Polícia boa será premiada com 14º salário em 2012″, a Associação dos Oficiais da Polícia Militar, apesar de concordar com a assertiva atribuída ao Exmº Sr Cel PM Castro, Comandante Geral da PMBA, de que a valorização do homem não parte somente com o dinheiro, evidencia que o profissional de segurança pública precisa ter uma remuneração digna para desempenhar as sua atividades com um maior comprometimento e não apenas uma promessa de uma premiação para se atingir metas estabelecidas pela SSP como se a redução dos índices criminais estivesse apenas ligada ao esforço do contigente policial que, por sinal, já está no limite do ser humano.

Aliado a isso, precisamos que o atual Governo da Bahia, que chegou ao poder com o apoio maciço dos servidores públicos, inclusive dos militares estaduais, demonstre – ainda em 2011 – a tão falada valorização para com a nossa classe que, diuturnamente, trabalha em prol da sociedade baiana, com o risco da sua própria vida.

Leia a nota no site da AOPM-BA…

Outro indício da mobilização é a convocação, pela Associação de Praças (ASPRA), de uma assembleia a ocorrer no próximo dia 24 de setembro, às 14h00, no Ginásio dos Bancários, em Salvador-BA. Segundo os organizadores do evento, que já possui blog e é chamado de “Movimento Polícia Legal”, os seguintes temas serão debatidos na oportunidade: Cumprimento da Lei de Anistia, Salário em forma de Subsídio (já com reajuste), Plano de Carreira (Praças e Oficiais), Implantação do Código de Ética.

As manifestações e mobilizações são pertinentes? Sem dúvida. Os policiais militares da Bahia não ganham um salário justo, correspondente com a função que desempenham, proporcional às necessidades elementares que um policial não pode deixar de suprir, principalmente moradia em localidade menos vulnerável ao crime, transporte próprio e sustentável para se dirigir ao trabalho ou a suas atividades não profissionais. Cuidados com a saúde física e psicológica, exigência imposta pelo serviço estressante e desgastante. Lazer, educação para os filhos, saúde, alimentação. A profissão policial, além disto, mais que qualquer outra, deve ser reconhecida por um elemento chave: a exposição ao risco de morte. Se a vida não tem preço, vale, pelo menos, conceder a quem a expõe voluntariamente a uma causa coletiva os elementos básicos de sobrevivência. É o mínimo a se exigir.

Para além dos programas que geram popularidade imediata, e até esperança de melhoria a curto e médio prazo na população, através de slogans, cores e propagandas, é preciso admitir que reconhecer o trabalho dos policiais, principalmente e primeiramente com uma política salarial adequada, possui efeitos imediatos no acatamento e atenção a preocupações profissionais mais sofisticadas. Como disse a humilde e célebre professora Amanda Gurgel, dizer que “não podemos ser imediatistas” a um grupo que possui “necessidades imediatas” é um contrasenso. É rechaçar o fundamento básico de toda gestão de pessoas, a batida e conhecida pirâmide das necessidades de Maslow:


Em poucas palavras, a solução das complexidades exigem a solução do simples primeiramente. Os policiais militares baianos têm o direito de exigir reconhecimento e valorização, como sugerem as entidades já citadas. Para resultados efetivos, entretanto, tais manifestações não podem se resumir à minoria, pois o silêncio pode ser confundido com satisfação e normalidade. Outras lideranças devem interagir com essas vozes aparentemente isoladas, e cobrar do governo diálogo e atenção. Como afirma o senso comum, “quem não chora, não mama”.

PR: CURITIBA TEM O MÊS MAIS VIOLENTO DO ANO

fonte: apra

Capital registrou 79 assassinatos em agosto – 52% a mais do que no mês anterior. Chacinas e brigas elevaram o número de homicídios


O mês passado levou Curitiba a atingir o seu pico de violência em 2011. A capital registrou 79 assassinatos (média de 2,6 por dia), 52% a mais do que em julho, segundo balanço da Delegacia de Homi­­cídios. Em agosto, Curitiba registrou uma taxa de 54,1 assassinatos para cada grupo de 100 mil habitantes, índice quase quatro vezes e meia maior que o considerado aceitável pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os números não levam em conta as lesões corporais seguidas de morte, confrontos com a polícia e latrocínios. Somando esses casos, a capital teve 90 mortes violentas em agosto e uma taxa de 61,6 óbitos para cada 100 mil habitantes.

Para o ex-secretário nacional de Segurança Pública coronel José Vicente da Silva, as estatísticas comprovam “uma ineficiência da gestão de segurança no Paraná”, cujo reflexo maior é sentido em Curitiba. O especialista avalia que há falhas graves, principalmente na prevenção ao crime.

“Quando você reduz [o número de homicídios], é porque você previne. Se não há redução, é porque está havendo erros no processo [de prevenção]”, afirma. O trabalho preventivo é de atribuição da Polícia Militar, mas, por meio de sua assessoria de imprensa, a corporação informou que só se manifestaria após avaliar os dados.

A delegada Maritza Haisi, chefe da Delegacia de Homicídios, diz que agosto teve duas particularidades que ajudam a entender a escalada das mortes. Uma delas são os homicídios múltiplos (quando mais de uma pessoa morre em um mesmo evento). Foram seis duplos homicídios e uma chacina (com quatro pessoas executadas). Outro aspecto são as brigas em saídas de casas noturnas, responsáveis por sete assassinatos. “Apesar do trabalho de investigação, isso não foi suficiente para fazer frente a esse aumento”, lamentou a delegada.

Para Vicente da Silva, esses fatores não são capazes de dar a medida exata do problema. Agosto superou meses como janeiro e fevereiro que, historicamente, registram mais homicídios por causa do calor e do maior consumo de bebida alcoólica. “A tendência deveria ser de queda em agosto.”

PR: TRIO ATIRA NA SAÍDA DE CASA DE SHOWS E ACABA PRESO PELA RONE

fonte: Jadson André, Bruno Henrique

A quinta-feira (15) quase amanhecia quando tiros foram disparados em frente à casa de shows Rancho Brasil em Curitiba. Testemunhas viram a ação dos atiradores e anotaram a placa do carro usado para fuga. A polícia foi acionada e iniciou as buscas. Ninguém ficou ferido e a informação era de que os responsáveis estavam num Palio de cor verde.

Depois de trafegar pela avenida Comendador Franco (Av. das Torres), os policiais militares da RONE, entraram com a viatura na rua Waldemar Loureiro de Campos e encontraram o carro suspeito.

Sem que pudessem reagir, os três ocupantes desceram e foram revistados. Com eles foram encontradas duas armas: um revólver calibre 38 e uma pistola 380, ambas com a numeração raspada. O sargento Couto da RONE, disse que o motorista estava sóbrio, mas os outros dois apresentavam sinais de embriaguez.

NOITADA

“Segundo disseram, os tiros foram disparados por motivo torpe, estava bebendo na casa de shows e talvez possam ter se envolvido em alguma desavença. Atiraram para finalizar a noitada”, resumiu o policial. Ele salientou o perigo desse tipo de atitude. “O dia começava e pessoas que seguiam ao trabalho poderiam ter sido baleadas de graça”.

O trio foi levado até o Ciac-Sul (Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão), no bairr Portão, onde foram autuados pela ação criminosa.

PR: BANDIDOS FAZEM SEIS REFÉNS NO CAMPINA DO SIQUEIRA

fonte: janaina monteiro



Três assaltantes foram presos depois de tentar roubar uma mansão e fazer seis reféns, no fim da manhã de ontem, no Campina do Siqueira. Uma das vítimas conseguiu enviar uma mensagem de texto avisando sobre o assalto e a polícia cercou o local, com várias viaturas e o helicóptero da Polícia Militar. Jian Carlos Meireles de Paula, 23, Diego Mafra, 18, soldado do Exército, e seu irmão Ruhan Pereira da Silva, 20, foram encaminhados ao 9.º Distrito Policial (Santa Quitéria) e reconhecidos como autores do crime.

De lá, foram transferidos para a Delegacia de Furtos e Roubos. A dona da casa, uma arquiteta de 42 anos, contou, na delegacia, que chegava do passeio matinal com o filho de 20 anos, que tem problema de saúde, por volta das 10h45, quando ocorreu o assalto. Os bandidos armados desembarcaram de um carro preto e renderam o chaveiro, que havia acabado de trocar a fechadura do portão da residência, na Rua Jornalista Nelson Luiz Ribas de Oliveira, Jardim Esplanada. O trabalhador foi rendido e os marginais entraram na casa, fazendo reféns a dona da residência, o filho, uma técnica em enfermagem, uma fonoaudióloga e a empregada.

LIMPA

Enquanto um dos bandidos mantinha os reféns numa saleta, sob ameaça de uma arma de fogo, os outros dois faziam a limpa na parte superior da casa, eles pegaram joias, mil dólares e R$ 4 mil em dinheiro. Os assaltantes juntaram vários equipamentos e aparelhos eletrônicos, como duas televisões LCD de 52 e 42 polegadas e notebooks, no Uno da fonoaudióloga. “Eles me chamaram para digitar a senha do cofre e diziam que se tivesse uma arma eu estaria ferrada”, disse a arquiteta. “Pedi para que não levassem o notebook onde tinha as fotos do meu filho e me devolveram o equipamento”.

Apesar do risco, uma das vítimas enviou, por celular, a mensagem “a casa está sendo assaltada” para o irmão da dona da casa. A polícia foi acionada e cercou a região. Os bandidos carregavam os produtos no veículo, depois de pouco mais de meia hora na casa, e perceberam que estavam sendo caçados. Eles escalaram muros das casas vizinhas. O primeiro a ser preso por policiais do Pelotão de Motos do 12.º Batalhão da PM foi Jian.

TELHADO

Os comparsas se esconderam numa residência a poucos metros e, conforme testemunhas, ficaram debaixo da cama. Um vizinho contou que a dona dessa casa conseguiu sair a tempo com um dos filhos. O outro chegou a escalar o telhado para tentar fugir dos bandidos. A dupla se preparava para fugir no carro da vítima quando foi capturada por policiais das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) que fizeram uma varredura na região sem que nenhum disparo fosse efetuado.


Com Ruhan e Diego, foram apreendidas duas pistolas, uma calibre 9 milímetros, de fabricação israelense, e outra 380. De acordo com o tenente Nunes, os três marginais seriam da Vila Sandra e teriam cometido outros assaltos no Campina do Siqueira, além de ter envolvimento com a onda de violência que acomete a vila.

Após a prisão, a polícia foi até a casa de um deles e encontrou objetos de roubo de outras residências, conforme informou o tenente Nunes.  A Polícia Civil informou que nenhuma arma foi encontrada com Jian, mas ele foi reconhecido como autor do crime. Ruhan já tinha passagem por assalto e furto. Diego estava lotado na 5.ª Companhia de Comunicação e Blindados do Exército, segundo o superintendente do 9.º DP, Valdir Bicudo.

PR: CONCURSO PELA METADE ATRASARÁ ADMISSÃO DE PMS

fonte: apra

Provas discursivas de candidatos feitas em 2009 até hoje não foram corrigidas. Universidade pede mais dinheiro para concluir processo

O governador Beto Richa autorizou ontem a contratação imediata de 2 mil policiais militares, 500 bombeiros e 695 policiais civis como parte do programa Paraná Seguro, anunciado no mês passado. Mas, no caso de PMs e bombeiros, a intenção de efetivar rapidamente os candidatos aprovados no concurso público realizado em 2009 esbarra em um problema. A Universidade Estadual de Londrina (UEL), contratada sem licitação para aplicar o teste seletivo, não terminou a correção de todas as provas discursivas.

Apesar de ter recebido R$ 1,1 milhão na época, a UEL pediu agora mais R$ 204 mil ao governo do estado para terminar as correções e outras etapas do processo. O pedido ainda está em análise na Casa Civil, segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública. Ao todo, 68.310 candidatos se inscreveram. Cerca de R$ 3,6 milhões foram arrecadados com o pagamento das inscrições.

Os detalhes desse novo gasto com o concurso já vencido e renovado em abril deste ano pelo governador foram explicados pelo comando-geral da Polícia Militar em ofício enviado no último dia 25 ao secretário de Segurança, Reinaldo de Almeida César. O documento solicita a liberação dos R$ 204 mil para que a UEL conclua o processo. O ofício da PM relata que será necessário convocar todos os candidatos suplentes (275 PMs e 51 bombeiros) e corrigir as provas discursivas de mais 10.233 candidatos que foram deixadas de lado na época do concurso para preencher as outras vagas (1.725 PMs e 449 bombeiros).

16 de set de 2011

VÍDEO: POLICIAL É LINCHADO POR MANIFESTANTES

fonte: youtube

Não sei como este policial chileno acabou ficando sozinho numa ocorrência de controle de distúrbios civis.

O fato é que foi praticamente linchado pelos “manifestantes”, com um ímpeto surpreendentemente irracional.

O destaque do vídeo é que o policial foi salvo pelo agente químico expelido pela viatura.

13 de set de 2011

RS: GOVERNO CEDE E APRESENTA PROPOSTA A POLICIAIS

fonte: correio do povo

Pela proposta, servidor da BM receberá R$ 300,00 em duas parcelas, outubro de 2010 e abril de 2012.

O governo do Estado apresentou, na tarde desta segunda-feira, proposta de abono de R$ 300 para os servidores da Brigada Militar a ser pago em duas parcelas. A reunião com as associações de classe dos funcionários de nível médio da Brigada Militar ocorreu no Palácio Piratini.

A categoria deverá se reunir nesta semana para decidir se aceita ou não a proposta formulada pelo Executivo. De acordo com o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, o Governo propôs o valor de 25% de aumento, em forma de abono, que atingirá de soldados a tenentes. Serão R$ 140 em outubro deste ano e R$ 160 em abril de 2012, perfazendo os R$ 300.

O abono será incorporado ao soldo, cujo calendário será apresentado na próxima quinta-feira.O reajuste beneficiaria cerca de 35 mil policiais, de soldados a tenentes, da ativa e aposentados. A proposta será discutida pelas categorias na quinta-feira (sargentos e tenentes), e na sexta-feira (soldados). O salário de um soldado, após a incorporação do abono, passará de R$ 1.246 para R$ 1.546. Segundo Pestana, o impacto na folha de pagamento será de R$ 150 milhões a R$ 170 milhões.

O governo também se comprometeu a promover os soldados que ingressaram na Brigada Militar até 1997, passando-os a 3 sargento – cargo já extinto -, porém depois esses policiais poderão ascender na carreira. Foram abertas 1,2 mil vagas, que devem estar preenchidas até 2017.O presidente da Associação de Cabos e Soldados, Leonel Lucas, se disse satisfeito com a proposta que, de acordo com ele, contempla o que foi reivindicado pela categoria.

Quanto aos protestos realizados por policiais militares, Lucas afirmou que a Associação Beneficente Antônio Mendes Filho (Abamf) é contrária à atitude e não a apoia. “A gente quer que eles parem, mesmo porque está havendo avanços com o governo do Estado.,” O secretário de Segurança Pública, Airton Michels, considerou a oferta como “um avanço extraordinário” na valorização dos policiais militares. Já o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Sérgio de Abreu, disse que espera que o reajuste compense os policiais e que as medidas apontam para a recuperação da qualidade de vida da categoria.

Ele acrescentou, também, que os protestos realizados por alguns setores da Polícia estão sendo investigados e que os autores serão responsabilizados. Se a categoria aprovar a proposta apresentada, a mesma seguirá para a Assembleia Legislativa em caráter de urgência.

PR: LADRÃO CHAMA TÁXI PARA LEVAR MERCADORIA ROUBADA

fonte: janaina monteiro

Um assaltante usou um táxi para fugir, na manhã de ontem, mas foi capturado por policiais da Rone (Ronda Ostensivas de Natureza Especial). A polícia entrou em contato com o taxista e descobriu onde o bandido havia desembarcado.

No local, foi preso o receptador dos objetos. O assaltante, identificado como Renan Bodziack, 26 anos, foi capturado instantes depois. A polícia tenta localizar o comparsa dele, que teria ficado fora da residência durante o roubo.

Os marginais bateram palmas em frente à casa da vítima, na Rua Rosina Sanson Pereira Pinto, Uberaba, pouco antes das 8h. Ao atender, a moradora, de 81 anos, foi dominada juntamente com o filho, de 52.

O marginal exigiu que a mulher entregasse dinheiro, mas não ficou satisfeito com a quantia e trancou as vítimas no banheiro. Após juntar três televisões, um aparelho de DVD, joias e os R$ 450, o assaltante chamou um táxi pelo telefone das vítimas. Ele se identificou como Fernando e se atreveu a pedir o maior carro da frota, para que pudesse acomodar todos os produtos.

VIZINHOS

De acordo com o tenente Nunes, da Rone, vizinhos anotaram as placas do veículo e os policiais conseguiram entrar em contato com o taxista. O ladrão havia desembarcado na Rua Desembargador Antônio de Paula, Boqueirão.

No local, os policiais encontraram Alisson Adriano Brito Martins, 20 anos, com os objetos roubados, além de uma balança de precisão e certa quantidade de maconha e crack.

Alisson foi encaminhado ao Centro de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) e deverá responder por receptação e tráfico. Ele tem passagem por roubo e cumpriu um ano e meio de prisão.

Segundo o tenente, o rapaz afirmou que apenas guardava os produtos para Renan, que foi preso nas proximidades, escondido num barraco na Rua Doutor Laurindo Abelardo de Brito, no mesmo bairro.

Segundo a polícia, ele foi reconhecido pelas vítimas como autor do roubo. Renan cumpriu três anos de sua pena de 11, por roubo. Há 40 dias, conforme informou o tenente, ele fugiu da Colônia Penal Agrícola de Piraquara (CPA).

PR: ENTENDA PORQUE O ESTADO NÃO PODE COBRAR O FASPM

fonte: apra

Criado por meio da Lei 14.605/2005, o Fundo de Atendimento à Saúde, ou simplesmente FASPM, foi instituído para substituir formalmente o antigo Fundo de Saúde. Seus idealizadores afirmavam que havia a necessidade de modernizar a gestão do sistema de saúde dos milicianos.

A mencionada legislação, em seu art. 3º, faz expressa referência ao art. 63 do Código de Vencimentos (Lei 6.417/73), o qual, por sua vez, determina a cobrança compulsória de 2% do soldo dos militares:

Lei FASPM


Art. 3º. Constituem recursos do FASPM:


d) a contribuição mensal a que se refere o art. 63 da Lei nº 6.417, de 03 de julho de 1973;


Código de Vencimentos


Art. 63. Fica instituído o desconto mensal obrigatório de 2% (dois por cento) do soldo dos Policiais Militares da ativa, reserva remunerada e reformados da Corporação, com a finalidade de assegurar gratuitamente aos contribuintes e aos seus dependentes a Assistência Médico-Hospitalar que não for de responsabilidade do Estado.
A obrigatoriedade da cobrança, talvez juridicamente adequada para a época de criação do Código de Vencimentos (1973), não encontrou respaldo na Constituição de 1988, ou seja, o art. 63 não foi recepcionado pela CF.

Explico:

Ninguém contesta que a finalidade da contribuição é proporcionar a assistência à saúde que não for de responsabilidade do Estado, ou seja, o produto da contribuição se constitui do recurso necessário para complementar aquilo que o Estado, pelas vias ordinárias, não pode suportar, em relação a tratamentos ou técnicas de manutenção da saúde.

Portanto, o pagamento feito pelos Militares ao FASPM, ainda que conpulsório, pressupõe uma contraprestação, correspondente a efetiva assistência à saúde complementar.

O modelo é amplamente utilizado no País, embora possua natureza sui generis, se assemelha aos planos de saúde ou cooperativas de assistência à saúde.

O que difere e macula o sistema dos Militares do Estado do Paraná é o caráter compulsório da vinculação do servidor. Não é levada em consideração a vontade do beneficiário, afastando assim a incidência das normas de direito privado na relação.

Ao Militar estadual não é dada a opção de escolher se adere ao FASPM ou não, se quer ter a sua disposição o atendimento complementar ou se se satisfaz com o atendimento realizado pelo SUS e pelo SAS.

Leia mais no site da APRA.

PR: RICHA AUTORIZA CONTRATAÇÃO DE NOVOS POLICIAIS CIVIS, MILITARES E BOMBEIROS

fonte: aen

Nesta quarta feira, o governador Beto Richa autoriza nesta quarta-feira (14) a contratação de 2 mil novos policiais militares, 500 bombeiros e 689 policiais civis. Os novos membros das corporações foram aprovados em concursos públicos realizados em 2009, para a Polícia Militar, e em 2010, para a Polícia Civil.

Além de soldados e bombeiros, serão chamados investigadores, papiloscopistas e escrivães. Deste grupo, 375 policiais militares e 51 bombeiros que já fizeram teste seletivo e os exames médicos podem ingressar imediatamente no curso de formação policial.

Só para relembrar a AMAI irá realizar uma reunião dia 28, para analisar o ingresso de ações, visando bloquear essas contratações.

Acho que AMAI está meio atrasada, e Cel. Furquim, depois não querem que a gente fale!!!

12 de set de 2011

PR: PETIÇÃO PÚBLICA SOBRE CARREIRA ÚNICA NA PMPR, ASSINE JÁ!!!

postagem original: wellington willian


Está circulando na internet e e-mails, um link para o site "Petição Pública", esse link leva você até um abaixo assinado que será enviado aos Deputados Estaduais, pedindo apoio para a implementação da "Carreira Única na PMPR".

Não sei quem criou esse abaixo assinado, mas a idéia é boa, assine caso você aprove a idéia e ajude a divulgar.

Para acessar a página, clique aqui.

6 de set de 2011

PR: BANDIDO MORRE AO TROCAR TIROS COM A RONE

fonte: magaléa mazziotti

Bandidos promoveram o terror no centro da capital
A tarde de Sol em Curitiba foi marcada por um tiroteio por conta da fuga de três bandidos, que assaltaram a Churrascaria Central Grill, no Centro, por volta das 14h30 de ontem. Na tentativa de fuga, os assaltantes invadiram um lava-car localizado na Rua André de Barros. Durante a troca de tiros, um dos integrantes da quadrilha morreu, outro fugiu e o outro foi preso.

Participaram da operação duas equipes da RONE pertecentes ao BOPE-PR e outra da PM. O assaltante morto foi Andrew Figueiredo Nogueira, de 31 anos, e com duas passagens pela policia por furto. Segundo o sargento da PM, Orlei Lechiw, o assaltante portava um revólver calibre 38, cinco munições deflagradas e uma intacta.

O outro integrante da quadrilha, que foi pego pela polícia, possui 17 anos. Por esta razão, o menor foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente. A polícia conseguiu pegá-lo nas proximidades da Rua Lourenço Pinto. Ainda de acordo com a polícia, o trio já havia realizado um assalto pela manhã e há tempos vinha cometendo delitos dessa ordem.

PR: ROTAM E GDE DESMANTELAM QUADRILHA DE FALSOS POLICIAIS FEDERAIS

fonte: rádio cultura foz
dica do internauta: gelsomar prestes


Uma ação conjunta de policias do GDE (Grupo de Diligencias Especiais) da Polícia Civil e policiais militares da ROTAM, durante operação que teve início no começo da tarde deste sábado (3) e seguiu até a noite, desmantelaram uma quadrilha acusada de roubos a residências e estabelecimentos comerciais de Foz do Iguaçu.

A operação policial começou após uma tentativa frustrada de assalto na rua Santos Dumont, ainda na tarde de sexta-feira (2), onde os criminosos passavam-se por policiais federais. Com informações de testemunhas, a polícia se deslocou a um comércio de bebidas na Avenida Republica Argentina, onde abordaram 12 pessoas que estavam no local.

Com a permissão do proprietário do estabelecimento foram realizadas buscas na loja e na residência, foram encontradas duas pistolas calibre 9mm, uma Sheroke de fabricação israelense com a numeração raspada e uma Taurus de fabricação nacional, de uso exclusivo das Forças Armadas. Na Taurus, o local onde deveria haver o brasão, estava raspado e marca de tinta.

Na delegacia, as vítimas reconheceram Agnaldo Haedrile (26), Jocimar Pereira Santana (25) e Adimar Martinho (26), como autores da tentativa de assalto na data anterior. Eles foram presos e os demais identificados e liberados. O veículo Golf, Bordo, com placas de Franca - SP, também foi apreendido por ter sido usado na prática do crime. Com a exibição das imagens dos presos as autoridades esperam que novas vítima compareçam a delegacia para reconhecimento.

RS: PROTESTOS DE POLICIAIS CHEGAM A CAPITAL

fonte: zero hora, blog capitão assunção

Os protestos de policiais militares por melhores salários chegaram à Capital na madrugada desta quinta-feira. Uma série de pneus foram queimados na Avenida Mauá, esquina com a Rua Carlos Chagas, no centro de Porto Alegre, por volta de 2h30min.

Segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), duas faixas laterais ficaram bloqueadas no local e o Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas. Foram encontradas duas faixas com manifestações dos oficiais. Em uma delas, os dizeres: "Governador: chega de esmola. Salário digno já".

A onda de bloqueios de rodovias com pneus em chamas aumentou a tensão em torno da negociação salarial entre governo e a entidade que representa os soldados da Brigada Militar.

Depois de apoiar sete protestos e acertar uma trégua, a Associação Beneficente Antônio Mendes Filho (Abamf), entidade que representa servidores de nível médio da BM, perdeu o controle sobre os incendiários que voltaram a trancar estradas.

Na sexta-feira, em reunião no Piratini, o presidente da Abamf, Leonel Lucas, empenhou a palavra, garantindo o fim das manifestações, pelo menos, até o próximo encontro com o governo, agendado para a tarde de quarta-feira.

CONFIRA OUTROS ATAQUES

Um protesto interrompeu parcialmente o trânsito em uma rodovia do Estado. Na madrugada de quarta-feira, em Rosário do Sul, na Região Central, pneus foram queimados no km 471 da BR-158 (Rosário do Sul-Santana do Livramento). Das 3h20min às 4h, os veículos que passaram pelo local tiveram de usar o acostamento para seguir viagem.




Em Alegrete, na Fronteira Oeste, o protesto ocorreu no Km 571 da BR-290. A rodovia não chegou a ser bloqueada, mas pneus também foram queimados. Já na BR-471, em Santa Vitória do Palmar, na Região Sul, o bloqueio ocorreu na noite de segunda-feira.





Na madrugada de segunda-feira, em Lajeado, os bombeiros precisaram ser chamados às 2h20min, no km 337 da BR-386. Sobre parte da via queimavam 10 pneus, obrigando os veículos a trafegarem em meia-pista. Ao lado dos pneus, uma faixa estendida falava do salário dos policiais militares no Vale do Taquari, remetendo o protesto aos outros feitos no Estado, que reivindicam aumento salarial aos policiais.



Logo depois da meia-noite, em Santiago, na Região Central, no km 402 da rodovia Santiago — São Borja (BR-287). Os pneus colocados no centro da pista foram queimados, deixando no entanto, passagem pelas laterais para os veículos.





Na madrugada da última quarta-feira, três rodovias gaúchas foram alvo de queima de pneus. A autoria das manifestações é atribuída a policiais militares em campanha salarial.



O fogo produzido pela queima de pneus às margens da rodovia Erechim — Concórdia (BR-153) também surpreendeu os motoristas que passavam pela via às 4h30min desta quarta-feira. Ao lado, uma faixa de protesto reclamava do salário pago aos policiais militares.
 
A rodovia Ivoti — Novo Hamburgo (BR-116) ficou interditada por uma hora, no km 232, em Estância Velha. Os pneus, espalhados por toda a extensão da rodovia pegaram fogo desde as 5h da manhã. Ao lado dos pneus, uma faixa estendida fazia referência ao piso salarial nacional dos policiais militares.
 
 
 
 
Em Santa Rosa, no noroeste do Estado, pneus foram incendiados por volta das 23h de terça-feira. O fogo provocou bloqueio da ERS-344, no km 46, saída para Giruá. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o trânsito ficou interrompido por cerca de 1h30min. Na entrada da cidade, uma faixa alerta para os baixos salários recebidos pelos policiais militares no Estado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...