31 de jul de 2012

PR: PRESIDENTE DA APRA SGT FONTANA SOFRE COM PERSEGUIÇÃO, DEIXE SEU COMENTÁRIO DE APOIO!!!

Sgt Fontana Presidente Licenciado APRA é indiciado em Inquérito Policial Militar acusação (art 166 do CPM, 21 out 1969)

O Sgt. Orélio FONTANA Neto foi INDICIADO EM IPM como Presidente da APRA – Associação de Praças do Estado do Paraná. Tal evento ocorreu mesmo que o Sgt Fontana esteja concorrendo ao pleito eleitoral 2012, como candidato a vereador para a Câmara Municipal de Curitiba.

Entenda o caso: O procedimento investigatório apura os fatos relacionados no Despacho número 631/2012, do Cel. QOPM César Vinícius Kogut, Corregedor Geral da PMPR. Acusação: Refere-se à Ata Notorial expedida pelo Cartório Distrital do Cajuru, em data de 04 de abril de 2012, tendo como teor a matéria “Nota Sobre Regulamentação do Subsídio”, (clique no link e conheça na íntegra a nota que ensejou o IPM http://www.aprapr.org.br/2012/03/30/nota-sobre-regulamentacao-do-subsidio/) veiculada no site da APRA, que segundo o denunciante, que não sabemos quem é, afeta a imagem da Polícia Militar do Paraná.

 Crime imputado: Com base no Decreto Lei número 1.001 de 21 de Outubro de 1969.

 Art. 166. Publicar o militar ou assemelhado, sem licença, ato ou documento oficial, ou criticar publicamente ato de seu superior ou assunto atinente à disciplina militar, ou a qualquer resolução do Governo. Pena: Detenção, de dois meses a um ano, se o fato não constitui crime mais grave.

 Dados do IPM: Inquérito Policial Militar número 004/12 – SJD/BPTran conforme Portaria de IPM número 021/2012, de 15 de junho de 2012 do Comandante do BPTran, publicada no Boletim Interno número 111/2012, de 15 de junho de 2012.

 Cientificação do fato: o Indiciado, Sgto Fontana, foi cientificado do IPM por telefone dia 26 de julho de 2012, às 09:10 hs.

 O Interrogatório do Presidente Licenciado da Associação de Praças do Estado do Paraná, Sgto Fontana ocorrerá dia 30 de julho de 2012 (segunda-feira), às 10h00 min, na sala da SJD, do Batalhão de Polícia de Trânsito.

fonte: vanessa fontana

Um comentário:

  1. Pasmem, pois sou coisa pequena é incrível mas fui escolhido a bola da vez pela "máquina de repressão política do governo estadual" que aí está devido minhas opiniões, parecidas com ás suas e igual á outras de companheiros estado afora! Enfim me relegaram como lhe relegaram á condição de ser mais um (a) que leva a pecha ou ficará com a marca "de pertubadores do atual sistema neoliberal de poder político perseguidor" que quer dominar o estado!" Hoje (03/08/2012) através "de uma livre e espontânea pressão" fui oficialmente "convidado" a me justificar em Termo de Declaração na ALI - Agência Local de Inteligência (P2) do Batalhão que estou lotado sobre o significado e sentido (Desculpem a redundância!) das minhas palavras em site na internet! E na documentação a mim "apresentada" há coisas do tipo: "... ferir a imagem da PMPR..."; "...ferir os princípios da hierarquia e disciplina..."; "...irregularidade praticada por militar estadual..."; "...policial militar apontado pela COGER de ter procedido de forma irregular ao manifestar-se em site...," "...contra a pessoa do Governador do Estado; No Paraná qualquer semelhança com "o totalitarismo autoritário ditatorial", terá sido mera coincidência! Ou seja, há um ditado que diz: “pessoas têm a capacidade de mudar o comportamento, mas a índole, jamais mudarão!”. Assim é com os perseguidores, aqueles que acham que convencerão, que o demoverão, que mudarão a forma de pensar das pessoa pela pressão gratuita e inexplicável. Eles são perseguidores natos, jamais mudarão, nem mesmo a possibilidade de melhorarem sua imagem política, os fazem pensar diferente. Eles simplesmente acham que devem “caçar” quem não reza sua cartilha. O atual Governo carrega essa pecha, a de quem não tolera discordância ou crítica política. Ou seja, se não é governo está fadado à perseguição. Essa gestão está ganhando fama pelo fato de "caçar as pessoas acintosamente" (Não conseguem ser mais discretos a hipocrisia já não consegue esconde-los) que não compactuam com o pensamento, digamos assim, não muito convencional do gestor e dos seus assessores. Quem não “fala bem” e ou não comparece aos eventos do governo, “impera uma tal listinha da GESTAPO, KGB, SNI ou como queiram chamar a "tropa de olheiros" em cargo de comissão ou não, que foi instituída para desconstruir personalidades, onde seu nome poderá ser ou estar incluído”, e assim a pessoa viverá o drama de ser sumariamente perseguido por algum administrador do atual governo.
    Já tive a oportunidade de entrar em contato e marquei agenda com o Dr. Marinzon Albuquerque da AMAI para ás devidas ações e defesas judiciais, também parecidas e usadas para lhes proteger contra ás arbitrariedades e perseguições do governador e de seus assessores! Saiba que há muitos funcionários e companheiros que estão também sendo perseguidos!

    ResponderExcluir

As regras dos comentários são as seguintes:

- Serão rejeitados textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional;

- O comentário precisa ter relação com a postagem;

- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.


* Os comentários são liberados da moderação, com um prazo de 24 horas, os administradores do blogger exercem outros trabalhos e não possuem tempo integral de dedicação ao blogger, desculpem mas só assim é possível.

Aos chorões que acham que temos algo contra a Policia Civil ou determinada OPM, nós só publicamos o que está na mídia com fonte e tudo, não inventamos matérias e não é nossa intenção colocar uma instituição contra a outra, então antes de mandar comentários denegrindo os administradores do Blog, verefique a fonte no final da matéria.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...