25 de jun de 2012

PR: DOIS POLICIAIS MILITARES SÃO ASSASSINADOS NA GRANDE CURITIBA


Casos ocorreram em um intervalo de pouco mais de seis horas. Um dos assassinatos ocorreu na capital e o outro, em Colombo, na região metropolitana.

Em duas ocorrências distintas, dois policiais militares foram mortos a tiros na Grande Curitiba. Um dos casos ocorreu na capital, ainda na noite de sexta-feira (22), quando um policial militar da reserva foi assassinado. Seis horas depois, outro policial foi encontrado morto, desta vez em Colombo, na região metropolitana. Em ambas as ocorrências, os autores dos crimes estão foragidos.

Em Curitiba, Altamir Carneiro, de 49 anos trafegava em um Polo, por ruas do bairro CIC. Quando ele estava próximo ao cruzamento da João Bettega com a General Potiguara, o carro dele foi abordado por homens que estavam em outro veículo. Os bandidos abriram fogo contra Carneiro, que foi atingido por pelo menos três tiros, que o feriram na cabeça, clavícula e braço.

Segundo informações da Polícia Miliar (PM), Carneiro chegou a ser socorrido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma de Emergência (Siate) e encaminhado em estado grave ao Hospital do Trabalhador. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. A PM confirmou que Carneiro era policial militar da reserva.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios (DH). Segundo informações da unidade, um delegado e policiais atenderam o local do crime e fizeram os primeiros levantamentos. Não há informações sobre a prisão de suspeitos. Mais detalhes sobre o caso devem ser divulgados na segunda-feira (25).

Morto ao lado do carro

Em Colombo, um homem de 37 anos foi encontrado morto ao lado de um Marea, na Rua Maria Aurora Budel, no bairro Guaraituba. Segundo a PM, ele foi atingido por pelo menos nove tiros. A delegacia que atendeu o caso informou que ele foi rendido em Curitiba e levado para o local onde foi morto. A vítima foi identificada como Geciel Roberto da Luz, policial militar que estava lotado no 20º Batalhão da PM.

No instante em que foi abordado, Geciel estava sem farda. A arma que ele portava – e que pertencia à corporação – foi levada pelos assassinos. Por isso, uma das suspeitas é de que o policial tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). “Por estar com uma quantia grande de dinheiro e sem a farda, a suspeita é de que os ladrões queriam roubá-lo e quando souberam que era policial militar, o mataram”, disse o tenente Araújo.

fonte: gazeta do povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As regras dos comentários são as seguintes:

- Serão rejeitados textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional;

- O comentário precisa ter relação com a postagem;

- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.


* Os comentários são liberados da moderação, com um prazo de 24 horas, os administradores do blogger exercem outros trabalhos e não possuem tempo integral de dedicação ao blogger, desculpem mas só assim é possível.

Aos chorões que acham que temos algo contra a Policia Civil ou determinada OPM, nós só publicamos o que está na mídia com fonte e tudo, não inventamos matérias e não é nossa intenção colocar uma instituição contra a outra, então antes de mandar comentários denegrindo os administradores do Blog, verefique a fonte no final da matéria.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...